Escolha uma Página

Começa a temporada de neve nos Estados Unidos

A temporada de neve nos Estados Unidos está aberta e vai até meados de abril de 2015. Se você gosta ou tem o sonho de esquiar, agora é a hora! Além de deslizar pelas montanhas geladas, os resorts são verdadeiros centros de entretenimento, com restaurantes, shows, atrações infantis, spas, casas noturnas.

neve

Estações de esqui têm escolas para ensinar iniciantes no esporte (Foto: Larry Pierce)

Conheça cinco lugares bacanas para a prática do esporte em terras americanas.

>>> Jackson Hole Mountain Resort
Onde fica: Em Teton Village (Wyoming)
O que tem: apontado pela revista “Forbes” como o melhor resort de esqui dos Estados Unidos, o Jackson Hole Mountain tem 1.261 metros verticais de terreno sem obstáculos e mais de 10 km² de pistas de esqui e de snowboard, para todos os níveis.

>>> Aspen Snowmass

aspen

Aspen é a estação de esqui mais famosa dos EUA (foto: Divulgação)

Onde fica: em Aspen (Colorado)
O que tem: a mais famosa estação de esqui dos Estados Unidos tem 76 pistas, sendo 48% delas para nível intermediário e 52% para avançado. Com área esquiável de 675 acres, Aspen inaugurou recentemente o The Hideout, um centro de entretenimento somente para crianças.

>>> Deer Valley Resort

Deer Valley Resort

O Deer Valley Resort tem 101 pistas exclusivas para esquiadores (foto: Divulgação)

Onde fica: Em Park City (Utah)
O que tem: exclusivo para esquiadores (não aceita snowboarders), o Deer Valley Resort tem 101 pistas. Quem quiser, pode aprender o esporte lá mesmo, já que conta também com uma escola de esqui para adultos e crianças. Os equipamentos podem ser alugados no local.

>>> Canyons Resort
Onde fica: Em Park City (Utah)
O que tem: a apenas 6 quilômetros do centro histórico de Park City, o Canyons Resort tem 1618 hectares de extensão. A infraestrutura conta com 183 pistas, com destaque para o Orange Bubble Express, que tem assentos aquecidos, além de um parque para crianças de 3 a 6 anos.

>>> Park City Mountain Resort

park city

Park City tem 116 pistas: a maior delas com mais de 5 quilômetros (foto: Divulgação)

Onde fica: Em Park City (Utah)
O que tem: com ótima infraestrutura, o Park City é ideal para esquiadores e snowboarders, pois tem diversos tipos de terrenos. Tem 116 pistas, sendo a maior delas com mais de 5 quilômetros de extensão.

VEJA TAMBÉM:
Gramado ganha parque de neve
Como aproveitar o inverno no Chile

Os 10 maiores pontos turísticos pelo mundo

Todo mundo tem um pelo menos uma viagem bacana no currículo (ou deveria ter!). Mas você sabe quais são os 10 maiores pontos turísticos do mundo? Será que já passou por algum deles? A escolha foi feita pelo site Travel+Leisure depois de um levantamento minucioso a partir de dados oficiais de órgãos governamentais e de turismo. Descubra aqui quais são os locais favoritos do grande público para visitar.

1- Grand Bazaar, Istambul
Visitantes anuais: mais de 91 milhões

grand bazaar_istambul

O Grand Bazaar, em Istambul, é o ponto turístico mais visitado do mundo, segundo pesquisa (foto: Pixabay)

O bazar do século 15 fica em Istambul, na Turquia. Entre os destaques estão cerâmicas pintadas à mão, tapetes, tecidos, joias, entre muitos outros. Ideal para quem gosta de pechinchar, entre uma oferta e outra, não deixe de apreciar o famoso kebab ou uma xícara de café turco.

LEIA TAMBÉM: Atrações gratuitas em Istambul, na Turquia

2- Zócalo, Cidade do México
Visitantes anuais: 85 milhões

zocalo_cidade do méxico

Zócalo, também conhecida como Plaza de la Constitución, é o local mais visitado da Cidade do México (foto: iStock)

Zócalo, também conhecida como Plaza de la Constitución, é uma das maiores do mundo. Marco zero da Cidade do México, ela abriga desfiles militares, eventos culturais e políticos, concertos e exposições. Estando lá, aproveite para visitar a Catedral Metropolitana e o Palácio Nacional, que ficam do ladinho. Próximo dali também está um templo asteca que vale a visita.

3- Times Square, Nova York
Visitantes anuais: 50 milhões

times square

Na Times Square, turista sente o espírito nova-iorquino (Foto: Pixabay)

Todos os dias turistas lotam o “coração” de Nova York, a Times Square. Luzes, restaurantes, shows da Broadway, megastores, personagens fantasiados, o local tem de tudo. Quem vai a Big Apple tem que conhecer. Programa obrigatório de dia e, especialmente, à noite.

LEIA TAMBÉM: 5 dicas essenciais para curtir Nova York

4- Central Park, Nova York
Visitantes anuais: 40 milhões

central park

Central Park é excelente opção de passeio, seja no calor ou no inverno (Foto: Pixabay)

Outro ponto incrível de Nova York é o Central Park, um oásis em meio ao caos da metrópole. No local, as atrações são as mais diversas possíveis: andar de carruagem, visitar um jardim zoológico, passear de barquinho, patinar no gelo (no inverno), entre muitas outras.

5- Union Station, Washington DC
Visitantes anuais: 40 milhões

union station washington

Union Station, em Washington DC, tem uma arquitetura de encher os olhos (foto: Pixabay)

Empatado com o Central Park, em Nova York, está a Union Station, em Washington DC. Inaugurada em 1907, esta estação de trem transporta cerca de 12 mil passageiros por dia. O atrativo por lá é o estilo arquitetônico do edifício, além de ser também um destino de compras e ponto de partida para muitas excursões.

LEIA TAMBÉM: Monumento é reinaugurado em Washington 

6- Las Vegas Strip
Visitantes anuais: 30,5 milhões
Quem vai a Las Vegas certamente vai passar pela Strip, a rua mais famosa da cidade. Repleta de hotéis com seus tradicionais cassinos, são quatro quilômetros de extensão com atrações incríveis, como as fontes do Bellagio, a montanha-russa do hotel New York e a roda-gigante de 550 metros de altura do Caesars.

bellagio_las vegas

As fontes do hotel Bellagio são uma das atrações na Strip, principal rua de Las Vegas (foto: Passaporte Digital)

LEIA TAMBÉM: Os hotéis mais bacanas de Las Vegas

7- Meiji Jingu, Tóquio
Visitantes anuais: 30 milhões

santuario_Meiji Jingu

O santuário de Meiji Jingu, em Tóquio, tem uma floresta sagrada (foto: Pixabay)

Em sétimo lugar na lista está o santuário de Meiji Jingu, em Tóquio, no Japão. Construído há mais de 100 anos para honrar as almas do imperador Meiji e da imperatriz Shoken, o local é cercado por uma floresta considerada “sagrada”, com mais de 100 mil árvores.

8- Sensoji Temple, Tóquio
Visitantes anuais: 30 milhões

sensoji_tóquio

Sensoji, o templo mais antigo de Tóquio (foto: Divulgação)

Empatado na sétima posição está outro ponto turístico de Tóquio, o Sensoji. O templo mais antigo da capital japonesa é destaque com suas lanternas vermelhas gigantes e um forte cheiro de incenso. Ao redor, visite uma das centenas de casas de chá.

LEIA TAMBÉM: Três países para viajar pagando pouco

9- Niagara Falls, Nova York e Ontário
Visitantes anuais: 22 milhões

Cataratas do Niágara

Cataratas do Niágara fica a 120 quilômetros de Toronto, no Canadá

Na fronteira entre os Estados Unidos e Canadá, as Cataratas de Niágara chamam a atenção com suas cachoeiras enormes. O mais bacana é que, principalmente do lado canadense, as quedas d’água são bem acessíveis. Um passeio superbacana, pertinho de Toronto.

LEIA MAIS: Como fazer o passeio para as Cataratas de Niágara

10- Grand Central Terminal, Nova York
Visitantes anuais: mais de 21 milhões

grand-central-station

Grand Central Station tem restaurantes, lojas e uma arquitetura incrível (foto: Pixabay)

Mais uma atração supervisitada de Nova York é a estação Grand Central Terminal. Vale a pena parar para apreciar o saguão principal com arquitetura clássica do século 18. Lojas, mercado e restaurantes também atraem turistas. Quem quiser conhecer melhor o local, tem tours a US$ 9. Informações neste site aqui.

Decoração de Natal: confira fotos de pontos turísticos enfeitados para a data

O dia 25 de dezembro está chegando e, nesta data, os pontos turísticos ficam ainda mais bonitos com a decoração de Natal. Veja fotos de lugares incríveis no Brasil e no mundo preparados para a comemoração!

 

Berlim: Roteiro de 4 dias na capital da Alemanha

Berlim: Roteiro de 4 dias na capital da Alemanha

Berlim é incrível. Uma cidade histórica e moderna ao mesmo tempo, agitada e cheia de atrações. Para curtir o melhor deste destino, preparei um roteiro de quatro dias na capital da Alemanha. No entanto, se tiver mais tempo, melhor.

Portão de Brandemburgo, símbolo de Berlim

Portão de Brandemburgo berlim

O imponente Portão de Brandemburgo, símbolo de Berlim

Ah, para facilitar, coloquei o roteiro na ordem de distância, para aproveitar melhor o tempo. Também coloquei endereços, preços de entrada nas atrações e qual a melhor estação para chegar até lá. Além do roteiro, vão também algumas dicas preciosas para economizar na viagem (leia abaixo).

 

Roteiro dia 1: Portão de Brandemburgo, Parlamento Alemão e mais
Roteiro dia 2: Castelo de Charlottenburg, Tiergarten e mais
Roteiro dia 3: Ilha dos Museus, Muro de Berlim e mais
Roteiro dia 4: Potsdamer Platz, Checkpoint Charlie e mais

 

DICA 1. TRANSPORTE: O melhor meio de se locomover em Berlim é de trem (S-Bahn) e metrô (U-Bahn). Eles também servem para conhecer os arredores, como Grunewald, Dahlem e Potsdam. Os ônibus são eficientes, porém lentos em horários de congestionamento.

 

transporte berlim

Em Berlim, o melhor para se locomover é de trem ou metrô

 

DICA 2. ECONOMIA: Se você vai a vários pontos turísticos, talvez valha a pena comprar o Berlin Card, que dá desconto na entrada de diversas atrações.

 

VEJA TAMBÉM: Especial sobre o Muro de Berlim

 

DICA 3. COMIDA: Não deixe de provar a comida de rua de Berlim. Três lanches são imperdíveis: o bradwurst (salsicha branca de vitela com mostarda), currywurst (salsicha branca de vitela com molho curry) e o doner kebap (uma espécie de churrasco grego).

 

DICA 4. CITY TOUR DE GRAÇA: Em Berlim, há um grupo que faz city tour gratuito e se encontra no Portão de Brandenburgo todos os dias. Saídas às 11h e às 14h, em frente ao Café Starbucks. Confira aqui.

 

OUTROS DESTINOS NA EUROPA:
PARIS
BARCELONA
LISBOA
AMSTERDÃ
FLORENÇA

 

Roteiro de Berlim: dia 1 – Portão de Brandemburgo, Parlamento e muito mais

Roteiro de Berlim: dia 1 – Portão de Brandemburgo, Parlamento e muito mais

Na estreia do roteiro de Berlim, nada melhor do que conhecer o ponto turístico mais famoso da capital da Alemanha: o Portão de Brandemburgo. Para o primeiro dia, também indicamos uma visita ao Parlamento Reichstag, à avenida Unter den Linden e ao Museu de Cera Madame Tussauds. Confira.

 

Visite: Portão de Brandemburgo

Portão de Brandemburgo

Portão de Brandemburgo, o grande símbolo de Berlim

 

É o grande símbolo de Berlim, construído entre 1788 e 1791. Faça também uma visita noturna, com o portão todo iluminado. Tire fotos de todos os ângulos e curta muito o entorno do local. Em Pariser Platz (estação Unter den Linden).

 

Visite: Unter den Linden

A bela rua Unter Den Linden em Berlim

A bela e imponente Rua Unter Den Linden em Berlim

 

Esta suntuosa avenida é cheia de bares e restaurantes. A Unter den Linden vai do Portão de Brandemburgo até a ponte do castelo. É lá que está o Neu Wache, um espaço dedicado à memória das vítimas de guerras e ditaduras (estação Unter den Linden). À noite, o lugar recebe uma iluminação especial. Fica lindo!

 

Visite: Reichstag (Parlamento Alemão)

Reichstag berlim

A cúpula do Reichstag tem uma arquitetura moderna

 

Sede do Parlamento Alemão desde 1999, a cúpula do Reichstag é linda, com uma arquitetura moderna, diferente. O melhor de tudo: o passeio é de graça, mas tem de se cadastrar com pelo menos dois dias de antecedência neste link aqui. Vale muito a pena. A vista lá de cima também é bem bacana.

 

Visite: Madame Tussauds Berlim

madame tussaudes em berlin

Não deixe de visitar o Madame Tussaudes em Berlim


Se você tiver tempo e quiser se divertir um pouco, pode visitar o museu de cera Madame Tussauds. Tem estátuas de diversas celebridades da televisão, do cinema e do esporte. É bem bacana. Uma dica: comprando pela internet, a entrada sai com 40% de desconto (€13,50, adulto). Preço na bilheteria: €22,50.

 

IR PARA O 2º DIA DO ROTEIRO DE BERLIM
VOLTAR AO ROTEIRO COMPLETO