Escolha uma Página
8 passeios imperdíveis em Nova York com crianças

8 passeios imperdíveis em Nova York com crianças

O que fazer em Nova York com crianças? Esta foi a pergunta de uma amiga pra mim alguns dias de viajar com o marido e a filha de 7 anos para a Big Apple!

Eu amo Nova York e já dei algumas dicas legais de passeio neste post aqui, mas agora o roteiro tem que agradar também (e principalmente) as crianças. E, para dizer a verdade, não faltam atrações bacanas para os pequenos por lá.

Há quem pense que Nova York com crianças seja uma roubada, mas eu penso totalmente diferente. Embora não seja uma Orlando com os encantos da Disney, a cidade agrada pais e filhos com atrações culturais, shows, entretenimento, passeios ao ar livre, zoológico, enfim, tudo o que os pequenos gostam em um só lugar.

Mas antes de falar das atrações de Nova York com crianças, preciso dar uma dica importante: não programe muitos passeios para o mesmo dia! Não dá para impor o ritmo de viagem de um adulto para os filhos, senão corre-se o risco de todos ficarem estressados.

Se estiverem cansados, dê uma pausa, volte para o hotel, descanse e continue no dia seguinte.

Se estiverem com fome, leve sempre alguma frutinha ou guloseima para enganar o estômago. E aproveite Nova York com crianças e tudo o que se tem direito! Vamos às dicas!

Passeios em Nova York com crianças

1- Museu de História Natural

IDADE RECOMENDADA: todas

Nova York com crianças Museu Historia Natural

O Museu de História Natural de Nova York, tem ossos de dinossauros e bichos empalhados que parecem reais (Foto: Corn Farmer)

Com tantos museus, é difícil escolher em qual ir primeiro, mas um que tem que entrar na lista de imperdíveis é, sem dúvida, o Museu de História Natural de Nova York, ou American Museum of Natural History (sim, é aquele do filme)! Os bichos empalhados parecem reais, tudo é muito divertido e curioso.

Se estiver em Nova York com crianças (ou mesmo sem elas), vale muito a pena visitar, especialmente se você se interessa pela história da evolução das espécies.

A parte que mostra os bichos marítimos, com uma baleia gigante, é realmente imperdível. Tem também fósseis de dinossauros e muito mais!

Reserve no mínimo uma tarde inteira para conhecer o museu. Se quiser ir mais a fundo, dá para passar o dia inteirinho por lá.

Onde fica: Central Park West & 79th St
Horário de funcionamento:
diariamente, das 10h às 17h45
Preço:
US$ 23 (adulto), US$ 13 (criança de 2 a 12 anos), US$ 18 (estudante e idoso)

 

2- Central Park

IDADE RECOMENDADA: todas

Nova York com crianças Central Park

Nova York com crianças tem que ter parque! O Central Park é o mais legal (Foto: Ep-Jhu)

Nova York com crianças tem que ter parque. E nada melhor do que o maior e mais incrível da cidade: o Central Park. Na verdade, eu precisaria de um post exclusivo para falar tudo que tem de legal lá. O Central Park é imenso! São mais de 3 quilômetros de pura diversão: dá para andar de bike alugada, andar de charrete, fazer um piquenique ou andar sem rumo mesmo.

Entre os pontos que considero mais legais para ir com crianças, especialmente as menores, é o carrossel antigo, de 1871. Ele fica perto da 64th Street. E é simplesmente encantador.

Em seguida, indico o zoológico, aquele que aparece no filme Madagascar. As crianças vão amar!

Nova York com crianças zoo

O zoológico do Central Park é demais para as crianças. Tem que ir (Foto: Meghan Hess)

Lá tem leopardo, leão marinho, pinguins, morcegos, macacos, pássaros, enfim, uma delícia! Para ficar mais fácil localizar o zoo dentro do parque, ele está entre as ruas 63rd e 66th. Funciona diariamente, das 10h às 17h. Preço: US$ 19,95 (adulto) e US$ 14,95 (criança de 3 a 12 anos).

Também não posso deixar de mencionar o passeio de charrete (240 Central Park South, em frente ao FedEx), embora seja um pouco caro, na minha opinião. Uma corrida de 30 minutos custa US$ 110 (para até cinco pessoas, sendo dois adultos e até três crianças). Recomenda-se reservar com antecedência aqui.

Também dá para passear de barco no lago, alugar uma bicicleta ou patinar no gelo (se estiver no inverno). Enfim, minha dica aqui é ir andando pelo Central Park e ir descobrindo a atração que mais agrada suas crianças.

LEIA TAMBÉM: DICAS PARA ECONOMIZAR EM NOVA YORK

 

3- Estátua da Liberdade

IDADE RECOMENDADA: a partir dos 4 anos

estátua da liberdade

Dá até para conhecer a Estátua da Liberdade de graça (Foto: Photorack)

Símbolo de Nova York, conhecer a Estátua da Liberdade é uma obrigação turística! As crianças, especialmente as maiores que já estudaram sobre o monumento na escola, ficam encantadas!

Infelizmente, desde o 11 de Setembro não dá mais para subir em sua coroa, mas dá para vê-la pelos pés! O ingresso incluindo a balsa e a parada até o monumento custa a partir de US$ 25. Mas se você quiser somente observá-la, tem uma balsa gratuita que leva até a Staten Island. Dela, dá para tirar fotos bem legais, sem ter que desembolsar nem um dólar.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no verão de Nova York

 

4- Peça da Broadway

IDADE RECOMENDADA: a partir dos 4 anos

Ir a Times Square (de dia e à noite) é essencial para sentir o espírito nova-iorquino pulsar dentro da gente. E é no seu entorno que está também o distrito de shows da Big Apple.

Assistir a um musical da Broadway é um programaço em Nova York com crianças, mesmo que vocês não falem inglês. Entre os diversos espetáculos em cartaz, recomendo os tradicionais “O Fantasma da Ópera” e “O Rei Leão”. Só de ver a magia do show já vale muito!

Ah, como os ingressos são um pouco salgados, uma dica de ouro aqui é comprar nos quiosques da TKTs, com descontos de até 70%. Mas atenção, são vendidas entradas somente para o mesmo dia, mas vale a pena pela economia. Tem um quiosque bem estratégico localizado na Times Square.

LEIA MAIS: Guia de compras em Miami


5- Empire State Building

IDADE RECOMENDADA: a partir dos 6 anos

 

empire state

Empire State oferece uma vista maravilhosa de Nova York (Foto: Pixabay)

Embora seja um passeio típico dos adultos, o Empire State Building tem que estar no roteiro com as crianças.

Construído em 1931, o prédio ainda figura entre os principais pontos turísticos de Nova York. Sugiro visitar o Empire State Building (25 West 29th Street) ao entardecer, assim você tem a vista da cidade de dia e à noite. Tem duas opções: subir até o 86º andar (US$ 29) ou ao topo, no 102º andar (US$ 46).

O visual lá de cima é incrível!

VEJA TAMBÉM: HOTEL BARATO EM NOVA YORK

 

6- Museu das Crianças de Manhattan

IDADE RECOMENDADA: de 0 a 12 anos

Este foi um achado durante a minha visita a Nova com crianças! O Museu das Crianças de Manhattan não é tão famoso como o de História Natural, mas eu indico de olhos fechados. O espaço é supercultural e quase um refúgio para aquela pausa na agitação, inclusive muito visitado pelos moradores locais.

O Children’s Museum of Manhattan é uma atração fantástica para quem viaja a Nova York com crianças, além de ser muito educativo. Superinterativo, o museu tem exposições para todas as idades, inclusive para bebês.

Uma das atrações que mais me chamou a atenção foi a exposição sobre o mundo muçulmano. Tem um cenário, objetos e até um mercado onde as crianças podem brincar de comprar, vender e comercializar frutas, peixes, especiarias, cerâmica e tapetes. E até aprendem a escrever o nome em 21 idiomas.

Ah, e nem se preocupe com a questão do idioma. As crianças se entendem muito bem umas com as outras, em qualquer língua!

Onde fica: 212 West 83rd Street
Horário de funcionamento: de terça a sexta e aos domingos, das 10h às 17h, e aos sábados, das 10h às 19h. 
Preço:
US$ 14 (adulto) e grátis para crianças até 12 anos. Primeira sexta-feira do mês é grátis para o horário das 17 às 20h

VEJA MAIS: CITY TOURS GRATUITOS EM NOVA YORK

 

7- New York Aquarium

IDADE RECOMENDADA: todas as idades

Nova York com crianças - aquario

O Aquário de Nova York hipnotiza crianças de todas as idades (foto: Kimberly Coleman)

A atração não fica exatamente em Manhattan, mas vale a pena o passeio até o Brooklin. Tubarões, raias, tartarugas, leões-marinhos, enfim, tem de tudo no Aquário de Nova York. Sem contar os shows interativos. É muito legal e divertido, dá também para ver a alimentação dos animais.

Onde fica: Surf Avenue & West 8th Street, Brooklin
Horário de funcionamento:
diariamente, das 10h às 16h30
Preço:
US$ 29,95 (adulto), US$ 24,95 (criança de 3 a 12 anos) e US$ 26,95 (a partir de 65 anos)

 

8- Ripley´s Believe It or Not

IDADE RECOMENDADA: a partir dos 4 anos

Ripley’s Believe It or Not! em Nova York é um museu que traz muitas curiosidades sobre o nosso mundo de maneira bem interativa. Embora tenha em outras cidades, este é o maior da rede nos Estados Unidos.

Onde fica: 234 West 42nd Street
Horário de funcionamento:
diariamente, das 10h às 23h
Preço:
US$ 25,60 (adulto), US$ 19,20 (criança de 4 a 12 anos) – compra pela internet

 

VEJA MAIS:
ROTEIRO PRÁTICO DE NOVA YORK – LEIA AQUI

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Que tal nadar com tubarões no Discovery Cove, em Orlando?

Que tal nadar com tubarões no Discovery Cove, em Orlando?

Quase todo mundo tem o sonho de nadar com golfinhos, não é mesmo? Agora, se você tiver um pouco mais de coragem, que tal aprofundar a experiência e mergulhar com tubarões? Pois essa é a novidade do parque Discovery Cove em Orlando.

A experiência de nado com tubarões que está disponível no Discovery Cove em Orlando coloca os visitantes cara a cara com cinco espécies dos predadores, mas não se preocupe: é seguro – pelo menos é o que eles garantem!

A sessão é dividida em duas partes e começa quando os visitantes se encontram com a equipe de instrutores e entram na água. Nesse momento, os monitores ensinam sobre a anatomia dos tubarões e as ameaças que os bichos enfrentam na natureza. Na sequência, todos são convidados a juntarem-se aos tubarões na parte mais profunda do habitat e embarcarem em uma incrível experiência de mergulho.

LEIA MAIS SOBRE O PARQUE DISCOVERY COVE AQUI

Segundo os administradores do Discovery Cove em Orlando, a ideia é educar sobre os mitos dos tubarões e inspirar os visitantes a aprenderem mais sobre a espécie. Como um dos principais predadores, os tubarões têm um papel essencial na manutenção do equilíbrio dos ecossistemas do oceano em todo o mundo, controlando as populações de peixes. Infelizmente, muitas espécies são ameaçadas pela pesca excessiva e caçadas pela sua barbatana, atividades responsáveis pelo desequilíbrio na natureza.

discovery cove orlando tubarao

A experiência de nadar com tubarões custa US$ 85 no Discovery Cove, em Orlando (Foto: Divulgação)

VEJA TAMBÉM: Volcano Bay, o novo parque da Universal, em Orlando

A experiência de nadar com tubarões está disponível no Discovery Cove em Orlando para os visitantes a partir de 10 anos. O custo é de US$ 85 por pessoa. Por cada pacote comprado, o SeaWorld doará 5% da receita ao Guy Harvey Ocean Foundation (GHOF) para apoiar a conservação e pesquisa de tubarões.

Além da experiência de nadar com tubarões, o Discovery Cove em Orlando lançou ainda outra experiência para alimentar arraias, uma oportunidade única que acontece em uma visita muito especial ao The Grand Reef. Guiada por uma equipe do aquário do parque, os visitantes de mais de 6 anos de idade poderão interagir e aprender tudo sobre as espécies de arraias, enquanto alimentam estas criaturas incríveis.

discovery cove orlando arraias

Além de nadar com tubarões, visitantes podem alimentar arraias (Foto: Divulgação)

 

Preços Discovery Cove Orlando

Preço: ingressos a partir de US$ 169 (com refeição inclusa)
Atração para nadar com tubarões: US$ 85 por pessoa
Atração para alimentar arraias: US$ 50 por pessoa
Localização: 6000 Discovery Cove Way Orlando, FL 32821
Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 17h

O número diário de visitantes no parque é controlado. Por isso, é necessário comprar o ingresso com antecedência.

VEJA TAMBÉM: Outlets de Orlando


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Volcano Bay: novo parque aquático da Universal, em Orlando

Volcano Bay: novo parque aquático da Universal, em Orlando

Um paraíso tropical. É isso que a Universal promete com a inauguração do seu novo parque aquático: o Volcano Bay, em Orlando, na Flórida. Inspirado nas ilhas do Pacífico, as quatro áreas temáticas do parque ficam em torno do “vulcão” de mais de 60 metros de altura, cercado de refrescantes cachoeiras, toboáguas e quedas d´água, que dão efeito de lava durante à noite. O local deve ser aberto ao público em junho deste ano, em pleno verão americano.

Uma das coisas mais interessantes deste Volcano Bay é que não haverá filas! Isto mesmo! Todos os visitantes receberão o TapuTapu Wearable, um dispositivo com o qual você é avisado para ir à atração desejada, enquanto se diverte em outros brinquedos. Ah, também não se preocupe porque você não precisará ficar carregando boias pelo parque todo. 🙂

VEJA MAIS: Discovery Cove: o parque aquático com golfinhos na Flórida

O valor do ingresso somente para o Volcano Bay ainda não foi divulgado, mas já é possível comprar o ticket no combo com os demais parques. No site da Universal, o ingresso que permite acesso ao Universal’s Islands of Adventure, Universal Studios Florida e ao Universal’s Volcano Bay custa US$ 294,99 (a partir de 10 anos) e US$ 284,99 (de 3 a 9 anos).

Veja o vídeo de como ficará o Volcano Bay.

 

Confira algumas das atrações do Volcano Bay

Krakatau Aqua Coaster
Quatro passageiros deslizam em um bote através da névoa dentro do vulcão, no escuro, antes de ser lançado em uma cachoeira.

volcano-bay-toboagua-criança

Uma das atrações para a família no Volcano Bay, novo parque aquático da Universal

Ko’okiri Body Plunge
Um descida de tirar o fôlego com queda de 70 graus, a 38 metros de altura, terminando em uma maravilhosa piscina de águas cristalinas.

Kala & Tai Nui Serpentine Body Slides
Junte-se a Kala e Tai Nui no topo do vulcão e desça com um parceiro, ao mesmo tempo, por dois toboáguas entrelaçados.

Punga Racers
A atração é ideal para crianças de todas as idades, uma espécie de corrida deslizando em quatro toboáguas fechados.

Waturi Beach
Ao pé do vulcão Krakatau está a deliciosa Waturi Beach, uma espécie de praia com águas quentes e até ondas de verdade, para nadar, mergulhar ou simplesmente relaxar.

volcano-bay-piscina

Volcano Bay tem atrações para quem gosta de relaxar ou para quem quer adrenalina (Foto: Universal)

Honu ika Moana
Dois emocionantes toboáguas em formato de tartarugas marinhas e baleias.

Tot Tiki Reef
Área infantil de Tot Tiki permite que crianças menores se divirtam em pequenos escorregadores e jatos d’água.

Runamukka Reef
A área Runamukka é para crianças um pouco mais velhas, com seus gêiseres borbulhantes, pistolas de água e escorregadores.

volcano-bay-caverna

Um rio tranquilo que revela um céu mágico estrelado, no Volcano Bay

Kopiko Wai Winding River
Um rio tranquilo com jatos de água que surgem por entre as rochas vulcânicas. Ali fica a Caverna do Stargazer, que revela um céu mágico estrelado.

Ohyah 
Toboágua de descidas agitadas até cair na piscina a 1.20m de altura.

Maku Puihi Raft Rides
Atração para toda a família. Seis pessoas escolhem um caminho em um túnel escuro, com sensação de gravidade zero.

Taniwha Tubes
Quatro toboáguas deliciosos que esguicham água nos visitantes quando menos se espera.

LEIA MAIS SOBRE ORLANDO:
Roteiro prático dos parques de Orlando

Outlets de Orlando
Onde ficar em Orlando
– Gatorland: o parque dos jacarés

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Natal em Nova York: atrações para curtir o clima natalino

Natal em Nova York: atrações para curtir o clima natalino

Se você vai passar o Natal em Nova York, prepare-se para curtir muitas atrações bacanas, porque há, inclusive, uma programação especial de fim de ano com patinação no gelo, shows da Broadway e tour pelas ruas enfeitadas da cidade a bordo de um ônibus personalizado.

Dicas para curtir no Natal em Nova York

1. Patinação no gelo em Nova York

No coração de Nova York, pertinho da Times Square está o tradicional Rockfeller Center e sua imponente e famosa árvore de Natal. Outra atração para curtir por lá é a pista de patinação no gelo, o The Rink at Rockefeller Center, que inclusive estará funcionando nos dias 24 e 25 dezembro.

Endereço: 5th Ave between 49th and 50th Streets
Horário: Diariamente, das 8h30 à meia-noite
Preços
– Adulto: de US$ 25 a US$ 32 (dependendo do período da temporada)
– Criança até 11 anos e idoso: US$ 15
– Aluguel do patins: US$ 12
– Aula de patinação: US$ 50

VEJA MAIS: 5 dicas para conhecer Nova York

natal-em-nova-york

A pista de patinação do Bryant Park Winter Village é gratuita (Foto: Divulgação)

Se você não quer pagar muito ou precisa fazer uma viagem mais econômica, mas não quer abrir mão da tradicional patinação no gelo nova iorquina, pode fazer isso de graça na pista do Bryant Park Winter Village, pagando apenas a locação dos patins.

Endereço: 40th and 42nd Streets e Fifth and Sixth Avenues
Horário: Diariamente, das 8h às 22h (aberto até 5 de março de 2017)
Preço: gratuito
– Aluguel do patins: US$ 20

LEIA MAIS: Passeios gratuitos em Nova York

2. Apresentação de Natal

Haverá uma apresentação especial de Natal no Radio City Rockettes, o Christmas Spectacular. A temporada vai até janeiro, mas haverá apresentações em três horários no dia 24 de dezembro e quatro horários em 25 de dezembro.

Veja no vídeo um pouco mais sobre o show.

Endereço: 1260 Avenue of the Americas
Preços: A partir de US$ 40. Recomenda-se comprar com antecedência. Mais informações neste site.

3. Natal de ônibus

Sabe aqueles ônibus turísticos que passeiam por toda a cidade? Então, pense em um veículo percorrendo as ruas “natalinas” mais incríveis de Nova York. É isso mesmo que oferece o The Ride: Holiday Edition, que está de volta este ano, oferecendo tours interativos até 8 de janeiro de 2017, inclusive nos dias 24 e 25 de dezembro. Veja o calendário aqui.

Natal de Nova York

Tour com o ônibus The Ride Holiday Edition percorre principais atrações de Natal de Nova York (Foto: Divulgação)

Endereço: 1200 6th Avenue at 47th Street
Bilheteria: Diariamente, das 10h às 16h
Preço: US$ 79

 
4. Shows temáticos na Broadway
 
Para quem sempre quis assistir a um show da Broadway pode aproveitar para curtir um dos 12 espetáculos especiais de Natal, entre eles Beautiful – The Carole King Musical, Cats, Chicago, The Color Purple, Jersey Boys e Wicked.
 

Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Dica de hotel em Orlando: Celebration Suites at Old Town

Dica de hotel em Orlando: Celebration Suites at Old Town

Nada melhor do que dar indicação testada e comprovada, não é mesmo? Então, se você está procurando um lugar com bom custo-benefício pra ficar, vou dar uma dica de hotel em Orlando que vale a pena: Celebration Suites at Old Town. Tem cozinha, é limpo, tranquilo e confortável.

Na verdade, o Celebration Suites fica em Kissimmee, cidade vizinha a Orlando. Super bem localizado, o hotel é ótima opção para quem quer economizar. Para mim, o principal benefício foi ter uma cozinha no apartamento. Assim, foi possível comprar coisas no supermercado e cozinhar, sem precisar gastar para comer fora todos os dias. Estávamos em quatro pessoas, dois adultos e duas crianças. Então, nos dias mais tranquilos, chegávamos um pouco mais cedo no hotel e cozinhávamos enquanto as crianças tomavam banho.

O legal também é que as crianças se sentiram em casa, porque o apartamento tem cozinha, sala, banheiro e quarto. Na verdade, este apartamento acomodava seis pessoas, porque tem uma cama de casal extra na sala (daquelas que encaixam na parede). É simples, sem luxo, porém confortável.

Veja no vídeo como é o quarto por dentro.

Dica de hotel em Orlando: Celebration Suites at Old Town

>>> Pontos positivos do hotel

COZINHA INTEGRADA
A cozinha do Celebration Suites at Old Town fica dentro do apartamento e ajuda a economizar com alimentação. Vem com diversos utensílios, como pratos, panelas, talheres, copos, além de geladeira, micro-ondas e lava-louças. Uma dica aqui é levar alguns itens básicos do Brasil, como açúcar, pó de café e sal.

dica-de-hotel-orlando-cozinha

Cozinha do Celebration Suites at Old Town vem com utensílios e até lava-louças (Foto: Passaporte Digital)

LIMPEZA
Todos os dias passa o pessoal da limpeza no quarto e trocam as toalhas. Gostei desse quesito, afinal limpeza é o item primordial em qualquer que seja o lugar que você se hospede, desde um hostel a um resort cinco estrelas. 

LAVANDERIA
Outro comodidade importante pra gente foi ter lavanderia no Celebration Suites at Old Twon. Custa US$ 3 para lavar e US$ 3 para secar. Achei bem prático, já que ficamos 15 dias e as roupas limpas já estavam se esgotando.

TV COM CANAIS BRASILEIROS
Essa foi uma das coisas mais legais. Continuei acompanhando minhas novelas e jornais do Brasil porque na TV deles pega alguns canais brasileiros, como Globo e Band. É legal que eles passam no mesmo horário que passaria no Brasil. Por exemplo: a novela das 21h passa às 21h do horário local.

dica-de-hotel-orlando-sala

A sala do apartamento: TV tem canais brasileiros, para se sentir em casa (Foto: Passaporte Digital)

PARQUE DE DIVERSÕES
Ao lado do Celebration tem também um parque de diversões (dá para ir a pé), chamado Old Town, daqueles à moda antiga, com brinquedos mais tradicionais. Meus filhos pequenos adoraram.

parque-old-town-kissimmee

Parque à moda antiga fica ao lado do hotel (Foto: Passaporte Digital)

PISCINA
O hotel tem algumas piscinas. Tinha uma no bloco que eu fiquei, bem bacana para aproveitar com as crianças.

TRANSLADO GRÁTIS PARA OS PARQUES
O Celebration oferece traslado gratuito para os parques da Disney, Universal e Busch Gardens. É preciso fazer reserva no Guest Service (ao lado da recepção).

VEJA TAMBÉM: Gatorland, o parque dos jacarés em Orlando

FUNCIONÁRIOS QUE FALAM PORTUGUÊS
Outro benefício, especialmente para quem não é muito fluente no inglês, é que o hotel tem vários funcionários brasileiros. Uma mão na roda, não é?

ESTACIONAMENTO À PORTA
O hotel tem muitas vagas de estacionamento, muito prático para quem está alugando um carro em Orlando.

 

>>> Pontos negativos do hotel

CHUVEIRO
Se puder citar um ponto de melhoria seria o chuveiro do banheiro, que é muito baixo e fica um pouco desconfortável para tomar banho. Mas esquenta normalmente, o que é o mais importante! rs…

WI-FI
Uma coisa que dificultou um pouco foi que o Celebration cobra a parte pelo wi-fi nos quartos: US$ 5,25 o dia, US$ 14 a semana ou US$ 27 o mês. Se não quiser pagar, tem um Business Center com internet grátis no bloco B. Mesmo com essa cobrança a mais, o custo-benefício do hotel vale a pena.

Uma dica: quando for fazer a reserva, peça para o hotel separar um quarto com piso frio. Vi alguns relatos no Trip Advisor que alguns quartos com carpete tinham um pouco de cheiro de mofo.

VEJA MAIS: Conheça Clearwater, praia perto de Orlando

>>> Preços do hotel
O valor médio da diária no Celebration Suites at Old Town de um apartamento simples para até 6 pessoas é de US$ 70. Não inclui café da manhã. Eu fechei meu pacote com a BestDay, que estava mais em conta do que fechando diretamente no hotel. Fica a dica 🙂

 

MAIS SOBRE ORLANDO:
Roteiro prático dos parques de Orlando
Outlets em Orlando


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Gatorland vale a pena?

Gatorland vale a pena?

Muitas pessoas que já visitaram por uma ou mais vezes os parques temáticos Disney e Universal me perguntam o que fazer em Orlando de diferente e querem saber se o Gatorland vale a pena. Minha resposta é que se tiver um espaço no roteiro ou quiser conhecer algo novo e diferente, vá sim ao Gatorland, um parque no qual a atração principal são os jacarés!

E são centenas de jacarés e crocodilos, de diferentes espécies (tem até jacaré albino). Eles estão desde a entrada até nos pântanos do parque. Na Flórida, eles são bastante comuns e, infelizmente, às vezes são protagonistas de notícias tristes. Mas neste caso, tudo é feito com segurança para os visitantes. E é impressionante a quantidade de jacarés que você encontra pelo parque.

gatorland-vale-a-pena

Os shows com jacarés impressionam crianças e adultos (Foto: Passaporte Digital)


VEJA TAMBÉM: Roteiro prático dos parques de Orlando

Em um dos shows que acontecem em Gatorland, dois cuidadores “malucos” fazem uma competição para alimentar os animais, fazendo-os saltar para fora d´água em busca da comida, e divertem a plateia com algumas trapalhadas. Veja no vídeo abaixo.

Uma das atrações que mais me chamaram a atenção no Gatorland foi uma arena onde as pessoas podem “segurar” o jacaré com as mãos. Elas se sentam em cima do animal (devidamente amordaçado, claro) e pegam a cabeça do jacaré. Eu fiquei apavorada só de ver! A atração é paga a parte e custa US$ 10 (foto não inclusa).

Se quiser algo mais tranquilo, o trenzinho Gatorland Express leva passageiros para um passeio em torno das áreas mais afastadas, como o pântano de reprodução e a reserva de pássaros.

gatorland-vale-a-pena

Parque Gatorland tem preço mais baixo e estacionamento gratuito (Foto: Passaporte Digital)

Outra opção para ver os jacarés é a partir da Torre de Observação. Com três andares, os visitantes obtêm uma visão privilegiada não só dos jacarés, mas também de várias espécies diferentes de pássaros típicos da Flórida.

LEIA TAMBÉM: Conheça Clearwater, praia pertinho de Orlando

Gatorland vale a pena

Mas não é só isso. Dá para passar o dia todo no Gatorland – ainda mais se as temperaturas estiverem mais altas. Isso porque o parque aquático é bem gostoso, com muitas atrações para as crianças, como garças que jorram água pelos bicos e jacarés gigantes que dá para as crianças sentarem em cima.

gatorland-vale-a-pena

Na minifazendinha do Gatorland as crianças podem até alimentar ovelhas (Foto: Passaporte Digital)

Outra coisa legal do parque é a minifazenda, com diversos animais para as crianças verem de perto. Tem ovelhas, cervos, araras, patos, galinhas. Alguns você pode até alimentar. Em outro ponto, o Gatorland também exibe alguns tipos de cobras!

Confesso que inicialmente colocamos o Gatorland no roteiro porque fomos a Orlando em uma época que o dólar estava na casa dos R$ 4 e queríamos opções mais baratas para passear. E posso dizer: visitar o Gatorland vale a pena sim! As crianças adoraram o parque e se divertiram bastante.

Gatorland

Onde fica: 14501 S. Orange Blossom Trail, Orlando, FL 32837
Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h
Ingressos: US$ 26,99 (adultos) e US$ 18,99 (crianças de 3 a 12 anos)
Estacionamento: grátis

MAIS SOBRE ORLANDO:
Outlets
Seaworld

Magic Kingdom
Epcot
Disney Hollywood
Discovery Cove
Universal Island
Universal Studios
Busch Gardens

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.