Escolha uma Página
Inaugurado Museu do Vinho em Bordeaux, na França

Inaugurado Museu do Vinho em Bordeaux, na França

Se você é como eu que ama viajar e não dispensa um bom vinho, achei o destino certo para sua próxima viagem: Bordeaux, na França, que acaba de inaugurar o Museu do Vinho La Cité du Vin, o maior espaço totalmente dedicado à bebida no mundo. O empreendimento, que chama a atenção por sua arquitetura supermoderna, fica localizado às margens do rio Garonne.

E não haveria lugar melhor para instalar o museu do vinho, inaugurado no fim de maio. Localizada no sudoeste da França, Bordeaux é famosa mundialmente por suas vinícolas.

VEJA TAMBÉM: Roteiro de sete dias em Paris 

museu-do-vinho-patio-interno-bordeaux

O projeto arquitetônico ultramoderno do Museu do Vinho (Foto: Divulgação)

Além do acervo contar a história e a cultura do vinho em diferentes locais pelo mundo, o projeto arquitetônico do museu é algo grandioso (e lindo!) que custou nada mais nada menos que R$ 330 milhões. A construção ultramoderna é composta por centenas placas de alumínio e vidro modelados por diversas curvas, que corresponde ao movimento que o vinho faz enquanto está sendo colocado na taça. É m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!

Em um espaço de exposição que ocupa mais de 3.000 m², o museu do vinho La Cité du Vin conta com 20 diferentes áreas temáticas que mostram a cultura do vinho, as influências das civilizações ao longo da história, o cultivo da uva, tudo com uma proposta mais didática e interativa, para agradar enófilos e leigos. No último andar, o local tem um restaurante com uma bela vista da região. Vale a pena conhecer!

Espera-se que o museu do vinho receba cerca de 450 mil visitantes por ano. Os ingressos custam € 20 e dão direito à visitação da exposição permanente do museu e à degustação de uma taça de vinho.

Museu do Vinho La Cité du Vin 

Onde fica: 150 – 134 Quai de Bacalan, Bordeaux, França
Horário de funcionamento: diariamente, das 9h30 às 19h30
Entrada: 20 euros

VEJA TAMBÉM: Roteiro de vinho no Uruguai


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com

Museus gratuitos em Paris

Vai estar na Cidade Luz por estes dias? Pois então, anota na agenda: sábado, dia 16 de maio de 2015, haverá muitos museus gratuitos em Paris. Aproveite para se atualizar e não pagar nada!

Trata-se do Nuit Européenne des Musées, data em que diversos museus em Paris e no interior da França ficam abertos até bem tarde, com entrada liberada. A intenção é de democratizar a cultura. Também há muitos eventos especiais para o público neste dia.

Musée d'Orsay

Musée d’Orsay também terá entrada gratuita durante o evento (Foto: Sophie Boegly_Divulgação)

Entre os museus que já confirmaram a participação estão: Centre Pompidou, Musée d’Orsay, Petit Palais, Grand Palais, Musée du Quai Branly e Musée Picasso. Mais informações no site do evento.

LEIA TAMBÉM: Roteiro de 7 dias em Paris

 

Paris: roteiro de sete dias na capital da França e arredores

Paris: roteiro de sete dias na capital da França e arredores

Paris é um daqueles lugares no mundo que quem vai uma vez quer voltar sempre – e cada viagem certamente encontrará algo diferente: um café delicioso, um bistrô incrível ou um museu que ainda não tinha sido explorado devidamente. Mas se você está indo à “Cidade Luz” pela primeira vez, montei um roteiro de sete dias na capital da França e arredores que vai ajudar a aproveitar melhor o tempo por lá.

Paris

Rio Sena com a Torre Eiffel ao fundo: paisagem de Paris que encanta os olhos (Foto: Passaporte Digital)

Entre as atrações, claro que não pode faltar a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a Champs Elysée, a Catedral de Notre Dame e o Museu do Louvre. Se você tem pouco tempo em Paris, priorize esses locais. Mas se tem a sorte de ter pelo menos sete dias, pode se basear nesse roteiro tranquilamente.

torre eiffel

Torre Eiffel, ícone de Paris, pode ser vista de vários ângulos (Foto: Passaporte Digital)

Para facilitar, tive a preocupação de colocar as atrações de maneira geográfica, para otimizar o tempo. Além disso, pesquisei os endereços, horários de funcionamento, como chegar e os preços de entradas e ingressos, para você ter uma ideia melhor de quanto vai gastar na viagem.

Outro ponto importante. Ao andar de transporte público, guarde o bilhete usado com você até o fim da viagem. Caso o fiscal passe e solicite o bilhete, é preciso mostrar, se não pode levar multa que varia de 30 a 50 euros. Dado o recado, agora é aproveitar o roteiro. Vamos lá?

Roteiro Primeiro Dia
Roteiro Segundo Dia
Roteiro Terceiro Dia
Roteiro Quarto Dia
Roteiro Quinto Dia
Roteiro Sexto Dia
Roteiro Sétimo Dia

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com

Roteiro de Paris: dia 1 – Torre Eiffel e rio Sena

Quando vou conhecer um lugar novo, gosto logo de ir ao principal ponto turístico (porque se eu gostar muito, posso voltar mais vezes durante a viagem). Desta forma, programei no roteiro de Paris a visita à Torre Eiffel no primeiro dia. Mas tem mais: não deixe de passar pelo jardim do Trocadéro, pelo Palais de Chaillot e fazer um passeio de barco pelo rio Sena. Aproveite!

  • DIA 1

>>> Torre Eiffel

Torre Eiffel

Visite a Torre Eiffel de dia e também à noite, quando o monumento ganha uma iluminação especial (Foto: Passaporte Digital)

Vamos começar pelo maior símbolo de Paris, a Torre Eiffel. O monumento de 324 metros de altura foi erguido em 1.889 para uma exposição temporária em comemoração ao centenário da Revolução Francesa, mas acabou ficando em definitivo, para nossa sorte. Ah, não deixe de passar pela torre também à noite, para vê-la iluminada.

– Horário de funcionamento: diariamente, das 9h30 às 23h45 (de junho a agosto, funciona das 9h às 00h45)
– Preço: de elevador até o piso superior € 15,50 (adulto), € 13,50 (jovem de 12 a 24 anos) e € 10,50 (criança de 4 a 11 anos). De elevador até o segundo piso, € 9,00 (adulto), € 7,50 (jovem de 12 a 24 anos) e € 4,50 (criança de 4 a 11 anos). De escada, € 5,00 (adulto), € 4,00 (jovem de 12 a 24 anos) e € 3 (criança de 4 a 11 anos)

– Como chegar: metrô Bir-Hakeim, Trocadéro ou Ecole Militaire. RER Champ-de-Mars.

LEIA TAMBÉM: Roteiro do segundo dia em Paris

>>> Palais de Chaillot e Jardin du Trocadéro
Saindo da Torre Eiffel, logo em frente, estão o Jardin du Trocadéro e o palácio de Chaillot, uma espécie de centro de exposições que abriga também alguns museus, como o do cinema nacional. Além de ser um jardim lindo, em estilo neoclássico com fontes e esculturas de bronze, o lugar é ótimo (mesmo) para tirar boas fotos da Torre Eiffel.

Trocadéro

Vista do jardim do Trocadéro a partir da Torre Eiffel (Foto: Passaporte Digital)

– Onde fica: 1 Place du Trocadéro
Como chegar: metrô Trocadéro

>>> Passeio de barco pelo rio Sena
Se você sempre sonhou em passear de barco pelo rio Sena, esta é a hora. Aproveite um dia bonito para apreciar a vista das pontes e a arquitetura de Paris. Pertinho da Torre Eiffel você tem opções de empresas que fazem o passeio. Se for domingo, os parisienses costumam se exercitar às margens do rio, sem contar os eventos que acontecem por lá no verão. É só chegar e aproveitar!

Preço médio do passeio de barco: € 18 (adulto) e € 5,50 (criança de 4 a 12 anos), com almoço: € 55 (adulto) e € 29 (criança de 4 a 12 anos), e com jantar: a partir de € 99 (adulto).
– Como chegar: metrô Pont de l’Alma.

VOLTAR AO ROTEIRO COMPLETO DE PARIS
IR PARA O ROTEIRO DO SEGUNDO DIA EM PARIS

* Preços consultados em junho de 2014, sujeitos a alteração

Roteiro de Paris: dia 2 – Arco do Triunfo e Museu d’Orsay

Estamos apenas no segundo dia de viagem e o roteiro de Paris promete! A começar pela famosa avenida Champs-Elysées e o seu imponente Arco do Triunfo. Para completar, uma injeção de arte nos museus d’Orsay e Invalides. Veja as dicas para aproveitar o dia na capital francesa!

  • DIA 2:

>>> Arco do Triunfo

Champs-Elysée

A avenida Champs-Elysée com o Arco do Triunfo ao fundo (Foto: Passaporte Digital)

Planejado para comemorar as vitórias militares de Napoleão, o Arco do Triunfo chama a atenção na paisagem. Ah, dá para subir no monumento também. No entanto, se tiver em contenção de despesas, deixe para ver a cidade de cima da Torre Eiffel, que vale mais a pena.

– Horário de funcionamento: Aberto todos o dias, das 10h às 22h30.
– Preço: € 9,50 (grátis para pessoas de até 18 anos).
– Como chegar: metrô Charles de Gaulle Etoile.

LEIA TAMBÉM: Roteiro do terceiro dia em Paris

>>> Champs-Elysées
A alameda mais famosa de Paris, a Champs-Elysée, é o lugar perfeito para caminhar e fazer uma pausa para o almoço, café ou jantar, já que é repleta de cafés e restaurantes superbacanas. Se estiver com disposição, ande até o fim dela, onde vai encontrar o Obelisco na Place de La Concorde.

– Como chegar: metrô Franklin D. Roosevelt, George V ou Champs Elysées Clemenceau.

>>> Museu d’Orsay

Musée d'Orsay

Exposição no Musée d’Orsay (Foto: Sophie Boegly_Divulgação)

Antiga estação ferroviária, o Museu d’Orsay é um prato cheio para conferir famosas obras de arte francesa, com trabalhos de grandes nomes do impressionismo, como Claude Monet (1840-1926), Pierre-Auguste Renoir (1841-1919), Paul Gauguin (1848-1903) e Paul Cézanne (1839-1906). Para evitar filas, compre o ingresso antecipado. Na Fnac da Champs-Elysées vende.

– Onde fica: 1 Rue de Bellechasse.
– Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h30 às 18h, e quinta até às 21h45. Fechado às segundas-feiras.
– Preço: € 12,70 (grátis para pessoas até 18 anos).
– Como chegar: metrô Solférino ou RER Musée d’Orsay.

>>> Musée de l’Armée Invalides
A fachada do Musée des Invalides com sua cúpula dourada, chama a atenção na paisagem parisiense. Encomendado por Luís XIV, em 1671, para abrigar veteranos de guerra, foi concluído em 1676. Se não quiser entrar, vale pelo menos passar na frente para ver de perto a imponência do local.

– Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h (no inverno, até às 17h).
– Preço: € 9,50 (grátis para pessoas de até 18 anos).
– Como chegar: metrô Invalides, La Tour ou Varenne. RER Invalides.

VOLTAR AO ROTEIRO COMPLETO DE PARIS
IR PARA O TERCEIRO DIA DE ROTEIRO EM PARIS

* Preços consultados em junho de 2014, sujeitos a alteração

Roteiro de Paris: dia 3 – Notre Dame, Louvre e mais

Seguindo o roteiro de Paris, o terceiro dia reserva algumas das atrações mais famosas da capital francesa, como o Museu do Louvre e a Catedral de Notre Dame. Confira os detalhes (preços, endereços e como chegar).

  • DIA 3:

>>> Museu do Louvre

louvre

O belo (e gigante) Museu do Louvre e sua inconfundível pirâmide (Foto: Passaporte Digital)

Olha, daria para ficar um dia inteiro no Museu do Louvre e, ainda assim, não seria suficiente para conhecer tudo. Mas se você é como eu, que quer ver as principais obras, mas sem gastar tanto tempo assim, dá para ficar um período por lá e apreciar os trabalhos mais famosos, como o quadro da Monalisa. Mas chegue cedo, logo na hora que abre, porque esta obra especificamente fica repleta de gente. Pegue um mapa na entrada para se localizar melhor e não perder tempo.

monalisa

Para ver a Monalisa assim, sem ninguém por perto, é preciso chegar bem cedo ao Louvre (Foto: Passaporte Digital)

– Onde fica: Rue de Rivoli 101
– Horário de funcionamento: de segunda, quinta, sábado e domingo, das 9h às 18h (às quartas e às sextas, fechamento às 22h). Fechado às terças-feiras.
– Preço: € 12 (grátis para menor de 18 anos e todo primeiro domingo de cada mês).
– Como chegar: metrô Palais Royal ou Musée du Louvre.

LEIA TAMBÉM: Roteiro do quarto dia em Paris 

>>> Jardin des Tuileries
Saindo do Louvre, se quiser um momento de relax, vale dar uma passada pelo Jardin des Tuileries, o mais antigo de Paris, datado do século 17. O local é cheio de flores, lagos e esculturas.

– Onde fica: Place de la Concorde.
– Horário de funcionamento: diariamente, das 7h30 às 19h30 (até às 21h de abril a setembro).
– Como chegar: metrô Tuileries ou Concorde.

>>> Catedral de Notre Dame
A igreja mais famosa de Paris levou dois séculos para ser concluída, mas o resultado é de impressionar, tanto externa como internamente. Se decidir encarar a torre da Catedral de Notre Dame (após subir 387 degraus, sem elevador), é possível observar as gárgulas e ter uma linda vista da região. Quem gosta de arqueologia, pode visitar a cripta. Ah, tem audioguide em português para quem quiser alugar e saber mais sobre a história do templo.

notre dame

A Catedral de Notre Dame é uma das atrações imperdíveis de Paris (Foto: Passaporte Digital)

– Onde fica: Place du Parvis-Notre-Dame.
– Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 18h45 (até às 19h15 aos fins de semana). Celebrações aos domingos, às 8h30, 12h45 e 18h30.
– Preço: entrada gratuita para a igreja. Torre: € 8,50.
– Como chegar: metrô Cité ou Saint-Michel. RER Saint-Michel ou Notre-Dame.

>>> Conciergerie
Em estilo gótico, a mais antiga prisão da França foi concluída no século 14. Entre os ilustres prisioneiros que passaram por lá durante a Revolução Francesa estava a rainha Maria Antonieta. No local, dá para conhecer de perto as celas e as câmaras de tortura.

– Onde fica: 2 Boulevard du Palais.
– Horário de funcionamento: diariamente, das 9h30 às 18h (de outubro a março, das 9h às 17h).
– Preço: € 8,50 (entrada gratuita para menores de 18 anos e no primeiro domingo de cada mês).
– Como chegar: metrô Cité. RER Saint Michel – Notre Dame.

VOLTAR AO ROTEIRO COMPLETO DE PARIS
IR PARA O ROTEIRO DO QUARTO DIA EM PARIS

* Preços consultados em junho de 2014, sujeitos a alteração