Escolha uma Página
Foz do Iguaçu reabre para turistas

Foz do Iguaçu reabre para turistas

Um dos mais belos destinos do Brasil, Foz do Iguaçu (PR) reabriu para o turismo. O lindíssimo Parque das Cataratas, a Usina de Itaipu, o Marco das Três Fronteiras e outras atrações já estão recebendo viajantes com medidas de segurança e higiene.

A retomada começou no dia 10 de junho, dia do aniversário da cidade de Foz do Iguaçu, com a reabertura do Parque Nacional do Iguaçu, o famoso parque das cataratas, que estava fechado desde o dia 18 de março.

O governo criou inclusive um aplicativo chamado CovidPR, no qual o visitante baixa e responde diariamente à uma autoavaliação de saúde, que pode ser exigida na entrada dos pontos turísticos da cidade.

VEJA MAIS: 10 PASSEIOS EM FOZ DO IGUAÇU

 

Atrações reabertas em Foz do Iguaçu

 

1- Parque Nacional do Iguaçu

foz de iguaçu

Foz do Iguaçu é um destino que agrada crianças e adultos (Foto: Passaporte Digital)

Em sua reabertura, o Parque Nacional do Iguaçu atenderá os visitantes de terça-feira a domingo, das 9h às 16h. A mudança no horário tem o objetivo de ajustar o serviço de visitação turística às melhores práticas de segurança. Diariamente, o parque passará por um minucioso trabalho de sanitização de todo o circuito turístico, oferecendo ainda mais proteção aos visitantes.

Na entrada, o visitante será recepcionado por uma equipe de funcionários que vai aferir a temperatura do público. Simultaneamente, as equipes do parque orientarão todos para passar álcool gel nas mãos e os calçados no tapete sanitizante, e informarão sobre a permanência e o uso correto da máscara cobrindo o nariz e a boca, durante todo o passeio.

LEIA TAMBÉM: Parque Nacional do Iguaçu: quando ir

Os ingressos para visitar o Parque Nacional do Iguaçu serão vendidos exclusivamente on-line no site www.cataratasdoiguacu.com.br. O visitante precisará realizar a compra do ingresso e agendar o dia e o horário da visita. A compra estará sujeita à disponibilidade de vagas.

O parque irá trabalhar com 350 vagas de ingressos por hora, nesta primeira fase da reabertura. A venda on-line e a limitação de público por horário foram planejadas para manter o controle e o distanciamento entre as pessoas.

 

2- Marco das Três Fronteiras

foz do iguacu

Passaporte 3 Maravilhas dá desconto nas entradas, como na do Marco das Três Fronteiras (Foto: Passaporte Digital)

 

O Marco das Três Fronteiras está reaberto para visitação turísticas, de terça a domingo, das 15h às 21h. Fechado às segundas.

O uso de máscara é obrigatório em todo o passeio, somente liberada no momento da alimentação. Também recomenda-se manter distanciamento social entre os visitantes.

Os visitantes precisam baixar o aplicativo CovidPR no celular e responder a um questionário sobre sua situação de saúde e apresentá-lo na entrada do local.

 

3- Usina Itaipu

itaipu_foz do iguacu

Visitantes embarcam em um ônibus para conhecer o funcionamento da Usina de Itaipu (foto: Reprodução)

O Complexo Turístico Itaipu retomou a visitação turística no dia 17 de junho, depois de três meses fechado.

No local, é possível fazer os passeios panorâmicos que percorrem os pontos mais importantes da usina hidrelétrica e também a visitação ao Refúgio Biológico Bela Vista, em dois horários (manhã e tarde).

Todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus serão aplicadas, para garantir a segurança de funcionários e turistas. Entre elas, a aquisição de robôs de desinfecção de áreas do circuito, tapete sanitizante, aferição de temperatura dos turistas, higienização dos ônibus a cada nova visita e colocação de álcool em gel em diversos pontos do local, além de uso obrigatório de máscaras.

Os passeios ao Refúgio Biológico ocorrerão sempre de terça-feira a domingo, com saídas às 9h30 e 14h30. O número de vagas foi reduzido a 30%, obedecendo às recomendações das autoridades de saúde. Serão apenas 10 visitantes em cada passeio. Às segundas-feiras o espaço é fechado para manutenção técnica.

itaipu-foz do iguaçu

Passeio pela Hidrelétrica de Itaipu foi reaberto ao público

O roteiro é o mesmo de antes do fechamento do atrativo, com três horas de duração, incluindo caminhada em trilha de mata nativa e passagem pelo recinto dos animais, como a onça-pintada e a harpia. Toda a visita é guiada. Durante o percurso, o turista receberá informações detalhadas sobre a fauna e a flora locais e sobre o trabalho de Itaipu para recuperação da biodiversidade na região.

O Ecomuseu reabriu no dia 24, e funciona das 10h às 17h. A Itaipu Iluminada tem previsão de retorno no dia 1º de julho, às 19h30. A partir desta data volta a ocorrer às sextas e aos sábados. O circuito interno na usina, Itaipu Especial, ainda não tem previsão de reinício.

 

MAIS SOBRE FOZ DO IGUAÇU:

Passeios imperdíveis em Foz do Iguaçu
Dicas essenciais para viagem a Foz do Iguaçu
Preços do Parque Nacional do Iguaçu

Espero ter ajudado você com este artigo aqui do blog! Aproveite para curtir nosso InstagramFacebook e YouTube e acompanhe nossas dicas de viagem. Até a próxima!

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
5 motivos para conhecer a Amazônia

5 motivos para conhecer a Amazônia

Um destino que está na lista de quase todo viajante é a Amazônia. Sim, a floresta mais importante do mundo tem incontáveis motivos para ser visitada. E o melhor: a maior parte dela está aqui mesmo no Brasil.

A Amazônia é o lugar perfeito para quem ama a natureza. Maior bioma brasileiro, por lá crescem 2.500 espécies de árvores e 40 mil espécies de plantas, sem contar as 1,3 mil espécies de aves e 300 mamíferos. 

A floresta amazônica é tão grande que abrange nove países (Brasil, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana Francesa e Suriname), sendo que 60% da floresta está localizada no Brasil.

Manaus, no Amazonas, é uma das principais portas de entrada para a Amazônia, mas você também pode conhecer a floresta pelos estados do Pará, Maranhão, Goiás, Mato Grosso, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima.

amazonia-manaus

Passeio de barco para conhecer o famoso Encontro das Águas do rio Negro e Solimões

 

Em Manaus, por exemplo, você pode fazer o famoso passeio de barco para ver o Encontro das Águas, quando o Rio Negro, com águas escuras, se encontra com o Solimões, de tom avermelhado. É sensacional ver que as águas não se misturam. Eu fiz este passeio em 2006, quando estive lá, e recomendo muito. Não vejo a hora de voltar, agora com a família inteira.

VEJA MAIS: O QUE FAZER EM MANAUS

Além disso, recomendo passeios de barco pelos rios, conhecer os igarapés, os manguezais, as cachoeiras, enfim, atração interessante não falta.

Veja cinco atrações imperdíveis para quem planeja conhecer a Amazônia.

 

5 motivos para conhecer a Amazônia

 

1- Ficar pertinho de uma natureza exuberante

amazonia

Na Amazônia, é comum ver animais exuberantes, como a Arara Azul (Foto: Jorge Lopes)

 

A viagem a Amazônia é o ápice do turista que é apaixonado pela natureza no seu sentido mais profundo. Os passeios incluem um tour de barco por igapós, trilhas em meio à vegetação nativa e a observação de muitas espécies de aves, peixes e mamíferos. Um destino para ficar na memória!

 

2- Ter várias cidades para conhecer

Manaus, capital do Amazonas, é a principal porta de entrada para a Amazônia. Lá o viajante tem opções culturais, ótimos hotéis e restaurantes e, claro, diversas opções de passeios pela floresta e até praias de rio. É delicioso!

amazonia-manaus

Uma das praias de rio de Manaus (Foto: Passaporte Digital)

Mas há outras cidades interessantes para conhecer. Ainda no Amazonas, Presidente Figueiredo, a 100 km da capital, é muito conhecida pelo turismo ecológico, com cavernas, corredeiras e cachoeiras.

Alter do Chão, no Pará, é outra opção interessante no município de Santarém no Pará. A vila é banhada pelas belas águas do rio Tapajós, formando deliciosas praias de água doce.

LEIA TAMBÉM: 15 melhores pontos turísticos de Belém do Pará

 

3- Fazer passeios incríveis

amazonia-floresta

Trilha pela floresta amazônica em Mato Grosso (Foto: Samuel Melim)

 

Que tal ver ao vivo uma árvore com mais de 60 metros de altura? As trilhas em meio à selva proporcionam uma experiência sensacional. Mas este é só um dos passeios incríveis para fazer na Amazônia. Tem o tour de barco pelo encontro das águas do rio Negro e Solimões, em Manaus, tem as ilhas do Parque Nacional de Anavilhanas, em Uarini (AM), os botos cor-de-rosa em Novo Airão (AM), as cachoeiras de Presidente Figueiredo (AM), entre muitos outros.

 

4- Conhecer de perto a maior biodiversidade do mundo

amazonia

Conhecendo de perto uma castanheira, um passeio da reserva Cristalino Lodge, em Mato Grosso (Foto: Cristian-Dimitrius)

Abocanhando 49,29% do território brasileiro, a Amazônia é hoje o maior bioma do mundo, que abrange nove países (Brasil, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana Francesa e Suriname). São cerca de 40 mil espécies de plantas, 300 espécies de mamíferos, 1,3 mil espécies de aves, em 4,196.943 km² de florestas densas e abertas.

A Amazônia abriga ainda a maior bacia hidrográfica do mundo e uma imensa reserva de madeira (sendo notícia no mundo, inclusive pelo desmatamento 🙁 . O fato é conferir de perto toda essa biodiversidade é um privilégio muito grande, que precisa ser preservado por todos!

 

5- Provar uma culinária única

amazonia

Um dos pratos da culinária amazônica servido no Cristalino Lodge (Foto: Gustavo Steffen)

 

A culinária da Amazônia inclui muitos peixes de água doce, como o filhote, o pirarucu e o tambaqui, preparados das mais diferentes formas: grelhados, fritos, cozidos no vapor, em molhos ou ensopados.

Mas tem outros pratos bem típicos como a maniçoba, feita com pedaços de carne, mandioca e filhas de chicória, e o tacacá, uma sopa com jambu e tucupi comum nos estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Pará.

 

Amazônia: quando ir?

ponta negra_manaus

Vale a pena conhecer Manaus, porta de entrada para a Amazônia (foto: Bruno Zanardo)

 

Para quem pretende visitar a Amazônia, é muito importante saber que existem duas estações: a época da cheia e a época da seca. Por isso, o melhor período é aquele que atende ao que você mais quer fazer por lá.

  • Dezembro a Maio: período de chuvas, época recomendada para quem quer fazer passeios de canoa pelos igapós (conhecidos como florestas inundadas).
  • Junho a Novembro: período de seca, ideal para aproveitar as praias de rios (chamadas de fluviais), que desaparecem quando o rio está denso e cheio.

 

Onde fica a Amazônia brasileira

A floresta amazônica localiza-se no norte da América do Sul, abrange os estados do Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia, Pará e Roraima, além de menores proporções nos países: Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

💁 Dica da Alê: Como a Amazônia é bem quente, recomendo levar para sua viagem: protetor solar, capa de chuva, repelente, lenço umedecido, toalha de secagem rápida ou toalha de rosto, chapéu e um squeeze que mantenha uma água geladinha.

 

MAIS SOBRE A REGIÃO DA AMAZÔNIA:

Conheça Manaus
Conheça Belém
Passeio de balão no Acre

Espero ter ajudado você com este artigo aqui do blog! Aproveite para curtir nosso InstagramFacebook e YouTube e acompanhe nossas dicas de viagem. Até a próxima!

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
O que fazer no Centro Histórico de Porto Seguro?

O que fazer no Centro Histórico de Porto Seguro?

O que fazer no Centro Histórico de Porto Seguro?

Esta foi a pergunta que eu mesma me fiz quando estava montando meu roteiro de viagem a Porto Seguro. Será que é bacana? O que tem de legal para fazer ali? As crianças vão curtir?

Bom, pesquisei e decidi conhecer o local que reúne história, belas paisagens e muitas coisas legais (e baratas) para comprar.

O passeio começou no início da tarde e durou umas duas horas. De cara, você já se encanta com aquelas casinhas coloniais coloridas. De pensar que ali foi uma das primeiras vilas habitadas no Brasil!

Não tem como não voltar no tempo e mergulhar na história do Brasil, já que Porto Seguro é uma das cidades que fazem parte da chamada Costa do Descobrimento.

Ali estão igrejas seculares, museu, lojinhas, artesanato indígena e aquele letreiro super instagramável de Porto Seguro. Tudo isso, com uma vista linda da cidade!

centro-historico-porto-seguro-letreiro

Tem que ter a foto da família no letreiro de Porto Seguro, né? (Foto: Passaporte Digital)

 
Aqui no post conto um pouco mais sobre as principais atrações e o que fazer no Centro Histórico de Porto Seguro.
 
 

O que fazer no Centro Histórico de Porto Seguro

centro historico de porto seguro

No Centro Histórico você confere mais sobre a cultura e o artesanato indígena das tribos locais (Foto: Passaporte Digital)

Localizado a apenas 2 quilômetros do centro da cidade, o Centro Histórico de Porto Seguro é uma região tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Também conhecida como Cidade Alta, o centro histórico fica no topo de uma falésia com vista para a orla. O local abriga o Marco do Descobrimento, trazido de Portugal em 1503, a Igreja de Nossa Senhora da Pena (padroeira da cidade), o Museu de Porto Seguro, entre outras atrações.
 
 
💁 Dica da Alê: O Centro Histórico de Porto Seguro também é ótimo para comprar lembrancinha. Com preço justo, tem diversas lojinhas de artesanato, bonés, camisetas, licores, pimentas, cocadas, além de artigos indígenas.
 
Confere aí as principais atrações do Centro Histórico de Porto Seguro:
 
 

Marco do Descobrimento

centro-historico-porto-seguro-marco-descobrimento

Este é o Marco do Descobrimento, monumento que Portugal trouxe para demarcar nossas terras. Poderia estar melhor preservado, né? (Foto: Passaporte Digital)

 

Um dos destaques no Centro Histórico de Porto Seguro é o Marco do Descobrimento, que veio de Portugal entre 1503 e 1526 e simboliza o poder da coroa portuguesa, utilizado para demarcar suas terras. Feito em pedra de cantaria, de um lado está esculpida a cruz da Ordem de Avis e, do outro, o brasão de armas de Portugal.

A verdade é que esse monumento tão importante para a história do nosso país mereceria estar melhor preservado. Além disso, faltaram placas explicativas e mais manutenção. Apesar disso, achei importante explicar para as crianças o que significava aquele objeto.

LEIA MAIS SOBRE O PORTO SEGURO AQUI

 

Igreja Nossa Senhora da Pena

centro-historico-porto-seguro-igreja

Igreja Nossa Senhora da Pena, a mais importante do Centro Histórico de Porto Seguro (Foto: Passaporte Digital)

 

Entre as igrejas, chama atenção a de Nossa Senhora da Pena, construída em 1535 pelo donatário da capitania, Pero do Campo Tourinho.

Ali estão guardadas imagens sacras dos séculos 16 e 17, entre elas a primeira imagem de São Francisco de Assis trazida ao Brasil, além da imagem da santa padroeira da cidade, Nossa Senhora da Pena.

 

Farol de Porto Seguro

centro-historico-porto-seguro-farol

Inaugurado em 1907, o farol é uma das atrações no Centro Histórico de Porto Seguro (Foto: Passaporte Digital)

 

Um pouco mais recente que as outras construções localizadas no centro histórico de Porto Seguro, o farol foi inaugurado em 1907.

Bem em frente dele, você vai encontrar um local para amarrar sua fitinha de Nosso Senhor do Bonfim. Não se esqueça de fazer três pedidos!

 

Museu do Centro Histórico de Porto Seguro

centro-historico-porto seguro

Prédio onde funciona o Museu do Descobrimento já foi até cadeia (Foto: Passaporte Digital)

 

Outra construção histórica que chama a atenção ali é o prédio onde funciona o Museu Histórico da Cidade ou Museu do Descobrimento.

Construído no século 18, o lugar já foi Casa de Câmara e até cadeia. No dia que eu estive lá, infelizmente o local estava fechado e não consegui visitar por dentro.

 

Como chegar ao Centro Histórico de Porto Seguro

centro-historico-porto-seguro-vila

Casinhas coloniais do Centro Histórico: uma das primeiras vilas do Brasil (Foto: Passaporte Digital)

 

📍 Localização: Acesso pela Estrada do Aeroporto até o Trevo do Cabral. Tem placas indicando o local, muito fácil de chegar.

Estacionamento: gratuito (embora tenha guardadores que praticamente exigem uma caixinha)

 

MAIS SOBRE PORTO SEGURO:

Vale a pena alugar um carro em Porto Seguro?
Onde ficar em Porto Seguro
Um dia no parque aquático de Arraial D´Ajuda

Espero ter ajudado você com este artigo aqui do blog! Aproveite para curtir nosso InstagramFacebook e YouTube e acompanhe nossas dicas de viagem. Até a próxima!

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Tudo sobre a Praia Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália

Tudo sobre a Praia Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália

A Praia Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália, foi uma das melhores surpresas em minha viagem a Porto Seguro (BA). Com mar calmíssimo, tem até rede dentro da água e até pedalinho! Uma delícia!

As águas calmas da praia Coroa Vermelha são excelentes para banho, com ótima infraestrutura de barracas. É aquele tipo de praia que dá vontade de ir todos os dias, sabe? Ainda veio com o bônus daquelas redes em pleno mar! Eu simplesmente A-M-E-I!

Apesar de estar localizada na cidade de Santa Cruz Cabrália, a praia Coroa Vermelha é praticamente uma continuação da orla de Porto Seguro, muito fácil de chegar e estacionar.

A partir da praia de Taperapuan, a mais famosa de Porto Seguro, é só seguir a orla sentido Santa Cruz Cabrália para chegar à deliciosa Praia Coroa Vermelha. Dá uma olhada no vídeo e confira porque eu coloquei este lugar entre as atrações mais bacanas do meu roteiro!

 

Como é a Praia de Coroa Vermelha

Uma das coisas que eu mais curti na Praia Coroa Vermelha foi o fato de ter águas bastante tranquilas, boas para banho, principalmente porque estava com duas crianças que amam nadar.

Quase sem ondas, o mar mais se parece uma piscina natural. Deliciosa demais!

praia de coroa vermelha

As águas da Praia Coroa Vermelha são tão calmas que mais se parecem uma piscina (Foto: Passaporte Digital)

Gostamos tanto que fomos dois dias nesta praia, e o mais surpreendente é que encontramos cenários completamente diferentes. Em um deles, a maré estava mais alta, mas ainda assim com águas calminhas. Aproveitamos para relaxar nas redes que ficam a alguns metros da faixa de areia, dentro da água! É uma delícia!

No outro dia, a maré estava baixa e encontramos uma paisagem bem diferente, o que nos permitiu andar sobre o banco de areia uns 25 metros para dentro do mar até os corais! Foi linda a experiência.

praia coroa vermelha

Praia Coroa Vermelha tem até pedalinho (Foto: Passaporte Digital)

Só para se ter ideia de como o mar é calmo na praia de Coroa Vermelha, tem até aluguel de pedalinho dentro do mar! Isso eu nunca tinha visto!

Quem preferir, também tem locação de caiaque e stand-up para curtir o mar delicioso da Coroa Vermelha.

 

Em qual barraca ficar na praia de Coroa Vermelha

praia coroa vermelha bahia

Na Cabana dos Corais, os clientes têm espaço kids e estacionamento (Foto: Passaporte Digital)

Em toda a extensão da Praia de Coroa Vermelha você vai encontrar barracas com boa estrutura, umas mais simples e outras mais bacanas.

Escolhemos a Cabana dos Corais, que oferece estacionamento gratuito para clientes, boa comida e espaço kids também sem custo para os frequentadores. Nos dois dias que eu fui e fiquei lá tinha também música ao vivo, com um som de MPB delicioso!

LEIA MAIS SOBRE O PORTO SEGURO AQUI

💁 Dica da Alê: a moqueca da Cabana dos Corrais é uma delícia e serve dois adultos e duas crianças 😉

 

Praia de Coroa Vermelha: marco da história do Brasil

Além de ser linda, a praia de Coroa Vermelha ainda tem um valor histórico: foi ali que chegou a frota de Pedro Álvares Cabral ao Brasil, em 22 de abril de 1500. Foi nesta região que aconteceu também a primeira missa em solo brasileiro.

 

 

Como chegar a Praia de Coroa Vermelha

📍 Localização: Acesso pela BR-367, em direção a Santa Cruz Cabrália

 

MAIS SOBRE PORTO SEGURO:

Vale a pena alugar um carro em Porto Seguro?
Onde ficar em Porto Seguro
Um dia no parque aquático de Arraial D´Ajuda

Espero ter ajudado você com este artigo aqui do blog! Aproveite para curtir nosso InstagramFacebook e YouTube e acompanhe nossas dicas de viagem. Até a próxima!

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Aluguel de carros em Porto Seguro: vale a pena?

Aluguel de carros em Porto Seguro: vale a pena?

Será que vale a pena fazer o aluguel de carro em Porto Seguro?

No começo, assim que comprei a viagem, pensei que não era necessário. Mas depois, quando fiz a pesquisa do roteiro, dos lugares bacanas que têm ao redor, vi que valeria a pena sim fazer o aluguel de carro em Porto Seguro.

E confesso que isso fez toda a diferença na minha viagem, ainda mais porque eu estava com duas crianças. E tudo fica muito mais prático, não é mesmo?

É claro que Porto Seguro tem muitas praias legais, que ficam perto da maioria dos hotéis. Mas vamos combinar que as melhores praias ficam, de fato, em Arraial D´Ajuda, Trancoso e Caraíva, que são acessíveis de carro (dá entre uma e duas horas a partir de Porto Seguro).

praia-da-pitinga-como-chegar

Estacionamento da Praia da Pitinga fica quase na areia (Foto: Passaporte Digital)

 

Santa Cruz Cabrália, ali coladinho em Porto Seguro, também é uma excelente opção de praias. Eu amei a Praia da Coroa Vermelha. E quando você está de carro, tudo fica bem mais fácil.

Enfim, vale a pena fazer o aluguel de carro para poder explorar tudo em Porto Seguro e arredores com mais conforto e autonomia. Se couber no orçamento, recomendo!

LEIA MAIS SOBRE A PRAIA DA PITINGA AQUI

 

Como se locomover de carro em Porto Seguro e arredores

aluguel-de-carros-porto-seguro

Percurso para atravessar a balsa de carro para Arraial D´Ajuda costuma ter filas longas (Foto: Passaporte Digital)

 

Para se locomover por Porto Seguro e arredores há basicamente quatro alternativas: carro alugado, uber/táxi, transfer de empresas de turismo e transporte público. O que vale mais a pena? Isso depende do estilo de cada viajante e do bolso, claro!

Não existe certo ou errado, mas sim o ideal para cada um. Como no meu caso eu estava com crianças e queria mais comodidade, optei pelo aluguel de carro em Porto Seguro. Por isso, não conheci a fundo as demais alternativas de locomoção e vou concentrar minhas dicas na locação de veículo, ok?

No geral, Porto Seguro e arredores têm boas estradas de asfalto e bem sinalizadas, facilitando quem quer fazer o roteiro de carro. O trânsito é bom, porém fica mais lento na avenida Beira-Mar.

Se for de carro para os vilarejos de Trancoso, Arraial D’Ajuda e Santo André, considere no roteiro o tempo de percurso de ida e volta. Apesar de serem próximos, os locais demandam tempo de deslocamento considerável, pois é comum ter que pegar balsas e estradas de terra.

 

É fácil estacionar em Porto Seguro?

aluguel carro porto seguro

Barraca dos Corais, na Praia da Coroa Vermelha, tem estacionamento gratuito para clientes (Foto: Passaporte Digital)

Em Porto Seguro, achei bem fácil a questão de estacionamento nas praias. Nas mais movimentadas, há vagas na própria orla ou nas entradas das barracas, com vagas exclusivas para os clientes. 

Estivemos duas vezes na Praia da Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália, e estacionamos o carro nas vagas de cliente de graça na barraca de praia. Quem preferir, tem vagas disponíveis na rua também. Bem fácil.

Se for ao Centro Histórico de Porto Seguro, também há vagas grátis para estacionar, mas guardadores sempre “pedem” aquela caixinha.

Já na Passarela do Álcool, foi implantado há pouco tempo o sistema de parquímetro. Compramos o tíquete de duas horas de permanência (R$8,00) com atendentes na rua. 

 

Custo do aluguel de carro em Porto Seguro

Bom, quando a gente fala de aluguel de carro, em Porto Seguro ou qualquer outro lugar, logo vem à cabeça os custos.

Nessa viagem a Porto Seguro, fizemos a locação do carro com um mês de antecedência. Optamos pela Unidas, que tinha o menor valor para sete diárias. Pagamos em janeiro de 2020 o total de R$ 620,00.

💁 Dica da Alê: Ao fazer o aluguel do carro, verifique com sua operadora de cartão ou banco se você tem algum benefício com relação aos seguros. No nosso caso, o nosso cartão já segurava contra roubo e colisões. Por isso, não precisamos contratar esses seguros, o que deixou nosso aluguel de carro mais econômico.

Especificamente quanto ao aluguel de carro em Porto Seguro posso dizer que valeu muito a pena em termos financeiros, pois se fosse pegar táxi ou mesmo Uber em todos os lugares que visitamos nos sete dias que estivemos no destino, ou mesmo tivéssemos contratando os passeios com empresas de turismo locais, teríamos investido bem mais dinheiro.

 

Onde pegar e devolver o carro locado

aluguel-de-carro-porto-seguro

Na saída do desembarque do aeroporto estão os guichês para aluguel dos carros (Foto: Passaporte Digital)

 

Ao sair do portão desembarque, já tem os guichês das locadoras de carro. É só chegar e mostrar a reserva. Eles te levam com um van para o local de retirada, bem perto do aeroporto. 

Para devolver o veículo, é só ir no mesmo local de retirada e fazer o trâmite. É bem rápido.

💁 Dica da Alê: Escolha um carro com ar-condicionado. O calor é muito forte na Bahia, e alugar um carro sem ar certamente vai ser uma economia “burra”.

 

Cuidados no aluguel de carro em Porto Seguro

Além dos cuidados básicos que se tem quando está com qualquer veículo, em Porto Seguro recomendo ter atenção com a questão da limpeza do veículo.

Isso porque na hora de devolver o carro, se tiver excesso de areia e sujeira, as locadoras costumam cobrar uma taxa extra de higienização.

Outro ponto a ficar esperto é na hora da inspeção para pegar o veículo. Observe se não há riscos e amassados para identificar ao assinar a locação e evitar surpresas desagradáveis no retorno.

VEJA MAIS DICAS PARA ALUGUEL DE CARRO AQUI

 

Travessia da balsa com carro alugado

balsa-porto-seguro-arraial-dajuda

De carro, a partir de Porto Seguro, tem que enfrentar a fila da balsa para chegar a Arraial D´Ajuda (Foto: Passaporte Digital)

Se estiver em Porto Seguro e for atravessar a balsa para Arraial D´Ajuda, Trancoso e Caraíva de carro, saiba que vai ter um custo um pouco elevado para colocar no seu orçamento.

O aluguel de carro em Porto Seguro é bem vantajoso, mas neste ponto acaba encarecendo um pouco, fora o tempo de espera da fila de veículos que costuma ser bem longo.

As balsas funcionam diariamente, a partir das 6h até às 22h em um ritmo mais intenso. No dia em que fomos conhecer a Praia de Pitinga, uma segunda-feira, nosso tempo de espera foi de uma hora e meia. 

💰 Valor da balsa para Arraial: R$ 19,10 por carro (e motorista) e + R$ 5,15 por pessoa. No retorno, paga-se novamente o automóvel, mas não paga o valor por pessoa.

⏰ Horário de funcionamento da balsa: diariamente, das 6h às 22h. E de hora em hora na madrugada.

 

MAIS SOBRE PORTO SEGURO:

Conheça a Praia da Pitinga, em Arraial DAjuda
Um dia no parque aquático de Porto Seguro
Onde ficar em Porto Seguro

Espero ter ajudado você com este artigo aqui do blog! Aproveite para curtir nosso InstagramFacebook e YouTube e acompanhe nossas dicas de viagem. Até a próxima!

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Um dia no Eco Parque Arraial D´Ajuda

Um dia no Eco Parque Arraial D´Ajuda

Foi só felicidade quando contamos para as crianças que íamos curtir o dia no Eco Parque Arraial D´Ajuda. Com piscina de ondas e diversos toboáguas, o parque aquático fica localizado no distrito de Arraial D´Ajuda, em Porto Seguro (BA).

Já tinha visto as fotos e vídeos no site, mas quando chegamos lá a surpresa foi melhor ainda. De frente para o mar da linda praia Apaga Fogo, o Eco Parque Arraial D´Ajuda é legal porque tem atrações para todos os gostos e idades, para quem gosta de adrenalina ou não!

Como eu não sou muito adepta de atrações radicais, eu adorei o Tambau, um tobogã para descer em uma boia para até 4 pessoas, perfeito para ir com toda a família. Quer ver como foi? Veja o vídeo!

Já os meus filhos de 5 e 7 anos amaram a área kids, com toboáguas menores. Era um tal de sobe e desce o tempo todo! Não sei como não cansam!

A minha filha mais velha, de 7 anos, e meu marido, que adoram uma adrenalina, foram nas atrações mais radicais do parque e aprovaram! 

Também ficamos um bom tempo nas corredeiras do Rio Lento, com boias para duplas ou individuais. Uma delícia!

coparque-arraial-dajuda-parque-aquatico

Piscina de onda: principal atração do Eco Parque Arraial D´Ajuda (Foto: Passaporte Digital)

 

Atrações do Eco Parque Arraial D´Ajuda

Uma das coisas que eu mais curti no Eco Parque foi a diversidade das atrações: toboáguas de todos os níveis, tirolesa, piscina de ondas, área infantil, enfim, atende muito bem a todos os públicos. Confira em detalhes todos os brinquedos do parque!

 

Atrações radicais

ecoparque-arraial-dajuda-toboagua

Toboáguas fechados com opção de percurso rápido ou lento (Foto: Passaporte Digital)

  • Uga Uga: seis pistas de 7,5 metros de altura e 26 metros de comprimento para descer em uma espécie de tapete
  • Tonga: dois toboáguas fechados, um lento e outro muito rápido
  • Quereimbaba: dois toboáguas com queda inclinada a 17 metros de altura
  • Tirolesa: de 144 metros de extensão e 20 metros de altura (não tive coragem!)
  • Arvorismo: circuito em cima das árvores a 5 metros de altura

 

Atrações para crianças e bebês

ecoparque-arraial-dajuda-crianças

Área kids do Eco Parque tem escorregadores e toboáguas para crianças (Foto: Passaporte Digital)

  • Piscina infantil com escorregadores e brinquedos para bebês
  • Tirolesa infantil: com 45 metros de extensão e 4 metros de altura que termina na piscina infantil
  • Tambauzinho: toboágua infantil com boia
  • Playground: brinquedos em zona de areia

 

Atrações para família toda

ecoparque-arraial-dajuda-tambau

Tambau: meu brinquedo preferido, uma descida de boia da família inteira

 

  • Tupan: piscina com ondas de até um metro de altura
  • Tambau: um tobogã com boia para descer em família. Foi o meu preferido!
  • Rio Rupi: rio lento com boias individuais ou em dupla
  • Lagoa do Oribá: piscina com espaço para vôlei aquático
  • Caiaques: para uso na praia

 

Estrutura do parque aquático

eco-parque-arraial-dajuda

Eco Parque Arraial D´Ajuda tem atrações para todas as idades (Foto: Passaporte Digital)

O Eco Parque Arraial D´Ajuda não é tão grande como outros que já fui, mas achei ótimo porque não precisa andar quilômetros para ir buscar algo no armário, por exemplo.

O local conta com estacionamento cortesia, oferece locação de armários para guardar os pertences (R$ 10), aluguel de toalhas (R$ 5,00) e muitas opções de lanchonetes, desde hambúrguer a churros e sorvete.

Outro ponto positivo é que o parque é de frente (ou de costas) para o mar. Com isso, os visitantes têm acesso à praia Apaga Fogo, em Arraial D´Ajuda, e também esportes náuticos. Sem contar o visual, né?

eco-parque-arraial-dajuda

Rio lento é uma das atrações divertidas para a família toda (Foto: Passaporte Digital)

Também achei muito legal o projeto de pesquisa Coral Vivo. Tem um espaço dentro do parque que mostra um pouco mais sobre os corais e as formas de preservação. Descobrimos que coral é um animal e que o fato de pisar nele pode prejudicar o meio ambiente.

Inaugurado em 1997 e eleito pelos usuários do TripAdvisor como o 4º melhor parque aquático do mundo, os brinquedos do Eco Parque Arraial D´Ajuda são importados da empresa canadense Proslyde, considerada a maior fornecedora mundial de equipamentos destinados a parque aquático.

 

eco-parque-arraial-dajuda-bahia

Área baby do parque: atrações para todas as idades (Foto: Passaporte Digital)

 

Onde comer no Eco Parque Arraial D´Ajuda

Comer bem não é problema no Eco Parque Arraial D´Ajuda! As opções são as mais variadas possíveis: hamburguer, cachorro-quente, milho, tapioca, espetinho, crepe, pastel, entre outras.

Para quem quer comer de uma forma mais saudável, eles também tem um restaurante com comida por quilo (R$ 49,90 o quilo).

Achei os preços das comidas bem bons por se tratar de um parque aquático.

Basta colocar crédito no cartão com o valor desejado e consumir o quanto quiser.

💁 Dica da Alê: O crédito no cartão de consumo pode ser em cartões de crédito, débito ou dinheiro, mas tente colocar a quantia mais ou menos exata do que vai efetivamente consumir. Se não consumir tudo o que colocou, eles têm um limite máximo para devolução do valor, caso tenha sido pago em cartão.

 

Valor Eco Parque Arraial D´Ajuda

💰 Ingresso Eco Parque Arraial D´Ajuda:
R$ 120,00 por pessoa
R$ 90,00 criança de 1 metro a 11 anos
Gratuito para criança de até 1 metro
R$ 70,00 idoso acima de 60 anos

📅 Locação de armário: R$ 10,00 (depósito caução de R$ 40,00 que será reembolsado na devolução da chave)
📅 Locação de toalha: R$ 5,00 (depósito caução de R$ 20,00 que será reembolsado na devolução da toalha)
📅 Cartão de consumo: R$ 1,00 (o cartão é recarregável somente no dia da visita). Os créditos não consumidos comprados com cartões de débito e crédito tem devolução máxima de até R$ 20,00

LEIA MAIS SOBRE PARQUES AQUÁTICOS

 

Eco Parque Arraial D´Ajuda: Localização e horário de funcionamento

⏰ O Eco Parque Arraial D´Ajuda funciona diariamente, das 10h às 17h

💁 Dica da Alê: Se estiver hospedado em Porto Seguro e for ao Eco Parque em Arraial D´Ajuda de carro será necessário atravessar a balsa. Como em certos dias e horários o tempo de espera costuma ser bem grande, eu aconselho chegar na balsa umas 8 horas da manhã. Sério! É muita demora que quase desistimos do passeio com quase duas horas de espera!

 

balsa-porto-seguro-arraial-dajuda

De carro, a partir de Porto Seguro, tem que enfrentar a fila da balsa para chegar ao Eco Parque Arraial D´Ajuda (Foto: Passaporte Digital)

 

MAIS SOBRE PORTO SEGURO:

Conheça a Praia de Pitinga, em Arraial D´Ajuda
Vitória Régia, uma boa opção de hotel em Porto Seguro

Espero ter ajudado você com este artigo aqui do blog! Aproveite para curtir nosso InstagramFacebook e YouTube e acompanhe nossas dicas de viagem. Até a próxima!

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com