Escolha uma Página
10 lugares legais em SP

10 lugares legais em SP

É impossível selecionar apenas 10 lugares legais em SP, mas tentei reunir aqui um mix de passeios bacanas para quem quer sentir a atmosfera da maior metrópole do Brasil, na minha opinião, claro! Aliás, se tiver alguma dica que considere essencial, ficarei muito feliz em receber seu comentário!

Com tantas opções culturais, de entretenimento, gastronomia e lazer, o destino é imperdível para estrangeiros, brasileiros de outros estados e até mesmo para os próprios moradores da cidade e arredores que, acredite, ainda não exploraram direito tudo o que a maior capital brasileira tem para oferecer.

Confira alguns dos lugares legais em SP que eu selecionei para você visitar!

Lugares legais em SP

1- Farol Santander

Um dos lugares legais em SP é o Farol Santander, com sua vista incrível da metrópole (Foto: Alexandre Carvalho)

A minha dica inicial é começar a ver a cidade de cima. Do alto do antigo prédio do Banespa, totalmente revitalizado, o Farol Santander foi reaberto no começo de 2018. Localizado ao lado do Mosteiro de São Bento, é excelente para combinar com a sua visita aos pontos turísticos mais famosos do centro de São Paulo, como Catedral da Sé. Além de um mirante com vista panorâmica, abriga exposições permanentes e temporárias. Tem que estar no roteiro de lugares legais de SP, sem dúvida!

Endereço Farol Santander: Rua João Brícola, 24.
Horário Farol Santander: De terça a sábado, das 9h às 20h, domingos e feriados, das 9h às 19h. Fechado às segundas-feiras.
Como chegar: Metrô São Bento (linha Azul).
Preço Farol Santander: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 18 (cliente Santander)

2- Mercadão de São Paulo

Na hora do almoço, vá conhecer o Mercadão de São Paulo (Foto: Passaporte Digital)

Depois de uma vista incrível de São Paulo, é hora de fazer uma boquinha! E o Mercadão de São Paulo é o lugar ideal, com seu famoso e exagerado lanche de mortadela ou com o suculento pastel de bacalhau. Também tem opções de frutas para quem não quer nada pesado! rs… O mezanino tem restaurantes bem gostosos para almoçar. Fica a dica!

Endereço Mercadão de SP: Rua da Cantareira, 306, Centro.
Horário de Funcionamento do Mercadão de SP: De segunda a sábado, das 6h às 18h, domingos e feriados, das 6h às 16h.
Como chegar: Se for de carro, tem estacionamento com zona azul no entorno. Ah, cuidado com os flanelinhas, que exigem “cobrança antecipada” para dar uma “olhada” no carro. Se for de metrô (melhor opção), descer na estação Luz ou São Bento.

VEJA MAIS SOBRE O MERCADÃO E OUTROS PONTOS TURÍSTICOS AQUI.

3- Catavento Cultural

catavento-programacao-infantil-sp

No Catavento Cultural crianças aprendem sobre astronomia e planetas de modo divertido (Foto: Divulgação)

Mesmo quem não tem criança vai amar o Catavento Cultural, um centro de ciência interativo que fica no Brás, bem próximo ao Mercadão. No total, são 250 atrações, entre elas parede de escada de 7 metros de altura, estúdio de TV, simulação de expedições ao oceano, e muitas outras. Segundo os organizadores, o Catavento é recomendado para crianças a partir de 7 anos, mas eu acho que crianças a partir de 4 anos já aproveitam bem o passeio.

Dica de ouro: chegue cedo, pois são distribuídas senhas para participar das oficinas.

Endereço do Catavento Cultural: Avenida Mercúrio, s/n – Pq Dom Pedro II, Brás
Como chegar o Catavento: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II
Horário Museu Catavento: de terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)
Preço Catavento: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (estudantes, idosos e deficientes). Grátis às terças-feiras
Estacionamento: R$ 15 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 5,00 (capacidade para 200 carros).

4- Japan House São Paulo

A Japan House São Paulo é aquele passeio que você sai inspirado (Foto: Divulgação)

Um prédio de arquitetura moderna na Avenida Paulista abriga tesouros da arte, design e cultura japoneses. Assinada pelo renomado arquiteto Kengo Kuma, o mesmo que projetou o estádio dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a Japan House foi criada pelo governo do Japão e tem outras duas unidades: em Londres e em Los Angeles. Se você gota de apreciar arte, vale muito a pena conhecer (e não precisa ser um expert no assunto para curtir o passeio).

Endereço Japan House: Avenida Paulista, 52.
Horário Japan House: De terça a sábado, das 10h às 20h, domingos e feriados, das 10h às 18h. Fechado às segundas-feiras.
Como chegar: Metrô Brigadeiro (linha Verde).
Preço Japan House: Entrada gratuita

5- Masp (e outros museus)

Quem estiver na Avenida Paulista, que já uma atração a parte, além da Japan House deve visitar o Masp (Museu de Arte de São Paulo). Se conseguir, vá às terças-feiras porque a entrada é grátis. São Paulo tem mais de 100 museus e centros culturais, por isso é difícil elencar quais estão entre os lugares legais mais tops para conhecer. Se você tiver a pegada de museu, sugiro ainda incluir no seu roteiro a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som (MIS) e o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

Endereço Masp: Avenida Paulista, 52.
Funcionamento: De terça a sábado, das 10h às 20h, domingos e feriados, das 10h às 18h. Fechado às segundas-feiras.
Como chegar: Metrô Brigadeiro (linha Verde).
Entrada Masp: R$ 35 (adulto), R$ 17 (estudante, professor, idoso), grátis para crianças menores de 11 anos. Terça-feira entrada gratuita a todos.

6- Museu do Futebol

Museu_do_Futebol

Museu do Futebol é muito interativo e divertido para crianças e adultos Foto: Luis Blanco)

Outro passeio muito divertido tanto para adultos quanto para crianças é o Museu do Futebol. Instalado no Estádio do Pacaembu, conta com vários recursos tecnológicos e interativos, além de brincadeiras clássicas, como futebol de botão e amarelinha. Tem relíquias da história do esporte, como a camisa que Pelé usou na final da Copa de 1970!

Endereço Museu do Futebol: Praça Charles Miller, sem número – Pacaembu
Funcionamento Museu do Futebol: De terça a domingo, das 9h às 18h (bilheteria até às 17h). Fechado às segundas-feiras. Em dias de jogos, checar os horários de abertura do museu.
Preço Museu do Futebol: R$ 15 (inteira), R$ 7,50 (estudante, idoso), grátis para crianças menores de 6 anos. Terça-feira entrada gratuita a todos.

7- Feira de Artes da Benedito Calixto

Coloquei a praça Benedito Calixto entre os lugares legais em SP porque é um dos espaços mais famosos entre os amantes de decoração, antiguidades, discos de vinil e até móveis. A feira existe desde 1987, é hoje um ponto de referência no calendário turístico e de lazer de São Paulo. Acontece todos os sábados, no bairro de Pinheiros, com mais de 300 expositores.

Endereço: Praça Benedito Calixto, s/nº, Pinheiros
Funcionamento: aos sábados, das 9h às 19h

8- Feira da Liberdade

Feira Liberdade

Além dos artigos orientais, parte gastronômica é destaque na Feira da Liberdade (foto: Priscilla Vilariño/SPTuris)

Ainda no quesito feiras, a da Liberdade é, com certeza, um dos lugares mais legais de São Paulo. Aqui o foco é nos artigos orientais, com luminárias japonesas, bonsais, peixes e todo tipo de objeto. A Feira da Liberdade existe desde 1975 e, desde então, o principal atrativo é a culinária oriental, com barracas que vendem guioza, tempurá, takoyaki, ebiyaki, yakissoba, frango xadrez, yakimeshi, sushi, sashimi e muitas outras delícias. Gente, vai por mim, é sensacional!

Endereço: Praça da Liberdade, s/nº, Liberdade
Como chegar: Metrô Liberdade
Funcionamento: sábados, das 9h às 18h, e domingos, das 9h às 19h

9- Zoológico de São Paulo

São mais de 3.200 animais no Zoológico de São Paulo, o maior da América Latina. reserve um dia inteiro para conhecer tudo com calma. Um dos pontos mais legais do passeio é poder observar animais mais raros, como os orangotangos e os rinocerontes-brancos. Tem também: urso, dromedário, zebra, leão, onça, elefante, girafa, jacaré, além de espécies nativas da Mata Atlântica como bugios, bichos-preguiça, tatu e tucanos. Uma dica: durante a semana costuma ser mais vazio.

Endereço Zoológico de SP: Avenida Miguel Estéfano, 4241 – Saúde – São Paulo – SP
Horário Zoológico de SP: diariamente, das 9h às 17h
Preço Zoológico de São Paulo: R$ 40 (adulto e criança acima de 12 anos), R$ 15 (criança de 6 a 12 anos e idosos) e grátis para crianças até 5 anos
Estacionamento: R$ 20 (em frente a entrada principal)
Exposição Mundo dos Dinossauros: R$ 17 (adulto e criança acima de 12 anos), R$ 22 (criança de 6 a 12 anos), R$ 7 (criança de 4 e 5 anos) e grátis para crianças até 3 anos
Zoo Safári: R$ 22 por pessoa (adulto ou criança a partir de 4 anos). Criança até 3 anos é grátis
Passeio Noturno: R$ 100, por pessoa. Crianças de 5 a 10 anos pagam R$ 70.

10- Parque do Ibirapuera

Outro cartão-postal da cidade, o Parque do Ibirapuera não pode ficar de fora de nenhum roteiro na cidade. Reserve pelo menos uma manhã ou uma tarde para curtir cada cantinho do local. Este oásis verde em meio a tantos prédios tem mais de 100 espécies de aves, jardins projetados por Burle Marx e prédios desenhados por Oscar Niemeyer, além do Mam (Museu de Arte Moderna), a Oca e o Planetário.

Endereço Parque do Ibirapuera: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, Vila Mariana. Tel.: (11) 5573-4180.
Horário de Funcionamento Parue Ibirapuera: diariamente, das 5h às 24h.
Entrada: grátis
Como chegar: não há estação de metrô tão próxima. Portanto, o melhor é ir de carro ou de ônibus (consulte a linha de transporte coletivo no site da SPTrans)

CONFIRA MAIS: Onde ficar em São Paulo

 

 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.

Ônibus de turismo em São Paulo passa por 10 atrações

Ônibus de turismo em São Paulo passa por 10 atrações

Finalmente, começa a circular o ônibus de turismo em São Paulo, que passa por dez atrações da região central da cidade, entre elas o Mercado Municipal, o Parque do Ibirapuera e o estádio do Pacaembu. É isso mesmo: aqueles ônibus de dois andares vermelhinhos que já são famosos em grandes metrópoles mundiais estão nas ruas da capital paulistana!

Os ônibus saem em três horários a partir da Estação da Luz: às 9h, às 12h40 e às 16h. O passageiro paga R$ 40 e pode usar o serviço por 24 horas, embarcando e desembarcando em um dos pontos de parada do trajeto sempre que desejar. Como ainda são poucos veículos, o turista pode baixar o aplicativo (para Iphone ou Android) que permite acompanhar em tempo real o horário em que o ônibus de turismo passará em cada um dos locais de parada. Assim você não fica plantado esperando o próximo busão passar.

Rota do ônibus de turismo em São Paulo

Rota do ônibus de turismo em São Paulo

Outra coisa legal é que os turistas têm a bordo um sistema de áudio com informações de cada ponto turístico (em português, inglês e espanhol).

A capacidade é de 60 lugares e o bilhete pode ser comprado na hora, dentro do ônibus.

Por onde passa o ônibus de turismo em São Paulo:

  • Estação da Luz
  • Mercado Municipal
  • Praça da República
  • Pacaembu
  • Avenida Paulista
  • Parque do Ibirapuera
  • Centro Cultural
  • Liberdade
  • Pateo do Collegio
  • Teatro Municipal

Serviço | Ônibus de Turismo em São Paulo

Horários de partida (a partir da Estação da Luz):
– De segunda a sábado: Às 9h, 12h40 e 16h da parada 1 – Luz. É possível iniciar o passeio embarcando em qualquer ponto de parada do circuito.

– Aos domingos: saídas às 10h, 13h40 e 17h da parada 1 – Luz. Rota alternativa aos domingos. Não passa pela Avenida Paulista.

Preço:
R$ 40 por pessoa (uso livre por 24 horas)
Venda somente dentro do ônibus. Pagamento em dinheiro, cartões de crédito e débito.

Informações:
Tel.: 0800-116566

Dicas de hotel em São Paulo

São Paulo recebe mais de 13 milhões de turistas por ano. Seja em busca de lazer, para compras ou a trabalho mesmo, a metrópole tem de tudo para agradar até os visitantes mais exigentes. E para ajudar na escolha de onde ficar, selecionamos dez opções de hospedagem na cidade, com diárias a partir de R$ 169. Veja as dicas de hotel em São Paulo, ordenadas por preço*.

1. Go Inn Jaguaré

Go Inn Jaguaré hotel são paulo

Hotel Go Inn Jaguaré é simples e confortável

– Localização: Jaguaré
– Categoria: Econômica
– O que o hotel tem de bom: restaurante, ar condicionado em todos os apartamentos
– Preço médio da diária: a partir de R$ 169 + taxas, com café da manhã

Mais informações, clique aqui

 

 

2. Comfort Ibirapuera
– Localização: Moema
– Categoria: Midclass
– O que o hotel tem de bom: restaurante, piscina e academia
– Preço médio da diária: a partir de R$ 192 + taxas, com café da manhã

Mais informações, clique aqui

LEIA TAMBÉM: Roteiro prático do que fazer em São Paulo

3. Quality Suites Long Stay Vila Olímpia
– Localização: Vila Olímpia
– Categoria: Superior
– O que o hotel tem de bom: restaurante de cozinha italiana, piscina semiolímpica, academia, sauna seca e quadra
– Preço médio da diária: a partir de R$ 199 + taxas, com café da manhã

Mais informações, clique aqui

4. Quality Suites Long Stay Bela Cintra
– Localização: Consolação
– Categoria: Superior
– O que o hotel tem de bom: restaurante, academia, sauna e piscina semiolímpica
– Preço médio da diária: a partir de R$ 229 + taxas, com café da manhã

Mais informações, clique aqui

5. Tryp Jesuino Arruda

hotel tryp são paulo

Jacuzzi no terraço do Tryp do Itaim, em São Paulo

– Localização: Itaim Bibi
– Categoria: Superior
– O que o hotel tem de bom: restaurante, jacuzzi no terraço, sauna seca e academia
– Preço médio da diária: a partir de R$ 249 + taxas, com café da manhã aos finais de semana

Mais informações, clique aqui

6. Comfort Suites Oscar Freire
– Localização: Pinheiros
– Categoria: Superior
– O que o hotel tem de bom: restaurante, sauna seca, piscina semiolímpica e academia
– Preço médio da diária: a partir de R$ 249 + taxas, com café da manhã

Mais informações, clique aqui

7. Hilton São Paulo Morumbi

hilton hotel são paulo

Hilton oferece suítes confortáveis no Morumbi

– Localização: Brooklin Novo
– Categoria: Luxo
– O que o hotel tem de bom: piscina, spa, restaurante, academia, piscina aquecida e área de eventos
– Preço médio da diária: a partir de R$ 255 + taxas (USD 99), com café da manhã

Mais informações, clique aqui

8. Tryp Higienópolis
Localização: Higienópolis
Categoria: Superior Business
O que o hotel tem de bom: piscinas, academia, sauna seca, restaurante, room service e lavanderia
Preço médio da diária: R$ 289,00, com café da manhã aos finais de semana

Mais informações, clique aqui

9. Clarion Faria Lima
– Localização: Itaim Bibi
– Categoria: Luxo
– O que o hotel tem de bom: restaurante, piscina, hidromassagem, academia e sauna
– Preço médio da diária: a partir de R$ 299 + taxas, com café da manhã

Mais informações, clique aqui

10. Meliá Jardim Europa

hotel Melia_SP_JardimEuropa

Para quem pode, todo o luxo do Meliá Jardim Europa

– Localização: Itaim Bibi
– Categoria: Luxo
– O que o hotel tem de bom: piscina, restaurante, bar, business center, jacuzzi no terraço, sauna, quadra de tênis e salas de eventos
– Preço médio da diária: a partir de R$ 299 + taxas (aos finais de semana)

Mais informações, clique aqui

* Preços consultados em janeiro de 2015. Consulte antes com a empresa para verificar possíveis alterações.

 

São Paulo tem feiras de artesanato

Feira Liberdade

Além dos artigos orientais, parte gastronômica é destaque na Feira da Liberdade (foto: Priscilla Vilariño/SPTuris)

Que São Paulo tem de tudo e mais um pouco todo mundo já sabe. E uma destas inúmeras coisas superlegais da cidade são as feiras de artesanato que acontecem em vários pontos paulistanos. Confira os locais mais famosos para quem curte arte e artesanato.

>>> Feira da Benedito Calixto
Artigos para decoração, antiguidades, discos de vinil, louças e até móveis são encontrados nesta que é uma das mais badaladas feiras da cidade.
Dia: aos sábados, das 9h às 19h
Local: Praça Benedito Calixto, s/nº, Pinheiros

VEJA TAMBÉM: Dicas de hotel em São Paulo

>>> Feira da Liberdade
Aqui o foco é nos artigos orientais, com luminárias japonesas, bonsais, peixes e todo tipo de objeto. Destaque para a culinária.
Dia: sábados e domingos, das 9h às 17h
Local: Praça da Liberdade, s/nº, Liberdade (metrô Liberdade)

Leia também: Roteiro básico de São Paulo

>>> Feira da Praça da República

Feira República_Caio Pimenta_SPTuris

Feira da República tem pinturas, bonecas e artesanato em geral (Foto: Caio Pimenta/SPTuris)

Além de encontrar pinturas, desenhos, bonecas, bijuterias e artesanato, também dá para comer churrasco, doces e empanadas chilenas.
Dia: sábados e domingos, das 9h às 17h
Local: Praça da República (acesso pela avenida Ipiranga), Centro (metrô República)

>>> Feira de Antiguidades do Masp
É aquela que acontece no vão livre do Masp. Tem quadros, esculturas, luminárias e muitos objetos antigos para decorar a casa.
Dia: aos domingos, das 10h às 17h
Local: Avenida Paulista, 1578, Centro (metrô Trianon/Masp)

>>> Feira de Artes da Praça Gentil Falcão
Nela os expositores oferecem objetos de arte plástica, artesanato em geral e muitos outros produtos, sem falar dos doces sírios e dos chocolates.
Dia: às terças, das 9h às 16h
Local: Avenida Luis Carlos Berrini, altura do nº 1000, Brooklin

Veja mais sobre outras capitais:
Curitiba
Vitória
Maceió

Passeios em São Paulo: roteiros de arte, história e diversão

Passeios em São Paulo: roteiros de arte, história e diversão

Quem quiser conhecer São Paulo de forma mais detalhada, existem roteiros temáticos para observar a arquitetura do centro histórico ou outro específico somente para aqueles que curtem arte ou outro para quem deseja apenas se divertir. Os guias organizados por tema foram montados pelo portal de Turismo Oficial da cidade. Para ver o material (no formato PDF), clique nos menus abaixo.

ibirapuera

Vale a pena passar a tarde toda no Parque do Ibirapuera (foto: SXC)

Leia também:
Roteiro básico de São Paulo

>>> Baixe aqui o Roteiro pelo Centro Histórico, para conhecer: Mosteiro de São Bento, Edifício Martinelli, Centro Cultural Banco do Brasil, Pateo do Collegio, Theatro Municipal, entre outros locais.

>>> Baixe aqui o Roteiro Independência do Brasil, para conhecer: Monumento à Independência – O Grito do Ipiranga, a Casa do Grito – Segundo Brado do Ipiranga e o Parque da Independência, onde fica o Museu do Ipiranga (Museu Paulista), entre outros locais.

VEJA TAMBÉM: Dicas de hotel em São Paulo

>>> Baixe aqui o Roteiro Arte Urbana, para conhecer: Museu Aberto de Arte Urbana, Liberdade, Galeria Choque Cultural, Museu de Arte de São Paulo (Masp), Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), entre outros locais.

>>> Baixe aqui o Roteiro Cidade Criativa, para conhecer: Catavento Cultural, Museu do Futebol, Baixo Augusta, Itaú Cultural, Praça Benedito Calixto, Complexo Ohtake Cultural, entre outros locais.

Veja também:
Salvador além do Carnaval
Natal e suas praias deliciosas

Turismo em São Paulo: Mercadão, Masp, Paulista e muito mais

Turismo em São Paulo: Mercadão, Masp, Paulista e muito mais

É difícil, ou melhor, impossível reunir em um único post tudo o que São Paulo oferece de atração, seja para o turista ou mesmo para quem mora por aqui. É tanta opção cultural, gastronômica e de lazer que daria para fazer um blog só dedicado a isso.

No entanto, vou tentar reunir aqui algumas atrações bacanas para quem não conhece nada da cidade e quer aproveitar alguns dias por aqui. No roteiro, inclui o variado Mercadão, o excelente Masp, o delicioso Parque do Ibirapuera e a encantadora Avenida Paulista.

Outros roteiros em São Paulo:
Feiras de artesanato
Roteiros de arte, história e diversão

>>> Mercadão Municipal de São Paulo
Quem é que nunca ouviu falar do exagerado lanche de mortadela ou do suculento pastel de bacalhau vendidos no Mercadão. Estas são apenas duas das delícias que se pode experimentar por lá. São tantas frutas – garanto que você não conhece uma dúzia delas –, queijos, peixes, doces, enfim, é bom preparar o estômago para uma experiência gastronômica incrível.
Endereço: Rua da Cantareira, 306, Centro. Tel.: 11 3313-2244.
Funcionamento: De segunda a sábado, das 6h às 18h, domingos e feriados, das 6h às 16h.
Como chegar: Se for de carro, tem estacionamento com zona azul no entorno. Ah, cuidado com os flanelinhas, que exigem “cobrança antecipada” para dar uma “olhada” no carro. Se for de metrô (melhor opção), descer na estação Luz ou São Bento.

VEJA TAMBÉM: Dicas de hotel em São Paulo

>>> Estação da Luz
A tradicional Estação da Luz foi aberta ao público em 1.901, com estruturas trazidas da Inglaterra que copiam o Big Ben e a abadia de Westminster. Mesmo que não for andar de trem, vale dar uma entrada no complexo arquitetônico tombado pelo Patrimônio Histórico. Aproveite a oportunidade para visitar a Pinacoteca, que fica bem em frente.
Endereço: Praça da Luz, 1, Luz.
Como chegar: estação Luz do metrô ou trem.

>>> Museu da Língua Portuguesa
O Museu da Língua Portuguesa é incrível, principalmente se estiver com crianças – e mesmo que você odeie o idioma. Divertido, interativo, o local serve para aprender e entreter ao mesmo tempo. Tem palavras cruzadas, história interativa da língua portuguesa, jogos sobre ciração de palavras, entre outros.
Endereço: Praça da Luz, s/nº, Centro. Tel.: 11 3322-0080.
Entrada: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia), aos sábados, a entrada é gratuita.
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h
Como chegar: estação Luz do metrô ou trem.

>>> Avenida Paulista

Avenida Paulista

Avenida Paulista, a mais famosa do Brasil tem de estar no roteiro (foto: SXC)

Cartão-postal da cidade, o centro financeiro do Brasil é passagem obrigatória. São três quilômetros de via, repleta de bancos, lojas, cinemas, livrarias, museus, restaurantes. Palco da tradicional corrida de São Silvestre, de manifestações e eventos como a Parada GLBT, dá para ficar horas e horas andando por lá e descobrindo atrações incríveis. Entre elas, não deixe de conferir a Livraria Cultura no Conjunto Nacional, o centro cultural Casa das Rosas e Itaú Cultural, a famosa Rua Augusta e o Masp (Museu de Arte de São Paulo).

Como chegar: há várias estações de metrô, como a Trianon-Masp.

>>> Masp
É na Avenida Paulista que está um dos mais importantes museus da América Latina, o Museu de Arte de São Paulo, fundado em 1.947. São mais de 8 mil obras no acervo, com trabalhos de Botticceli, Rembrandt, Monet, Van Gogh, entre outros. Certamente, o vão livre vai chamar a atenção. O vão entre as colunas do prédio (são 74 metros) foi uma exigência do doador do terreno à prefeitura. O espaço é usado para lazer, manifestações públicas e descanso de quem trabalha por ali.
Endereço: Av. Paulista, 1578, Centro. Tel.: 11 3251-5644.
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h, às quintas, até às 20h.
Entrada: R$ 15 (inteira). Às terças, entrada gratuita.
Como chegar: estação Trianon-Masp do metrô.

Leia também: Hostel de São Paulo está entre os melhores do mundo

>>> Catedral da Sé
Bem no centro da cidade, a maior igreja de São Paulo chama a atenção pela sua imponência, com torres com mais de 90 metros de altura. De estilo gótico, a Catedral da Sé começou a ser construído em 1.913, mas só foi concluído em 1.954. Dá para visitar a cripta, com tours guiados de 30 minutos. Mesmo que não seja católico, entre e aprecie também o seu interior.
Endereço: Praça da Sé, s/nº, Centro. Tel.: (11) 3107-6832.
Entrada: gratuita.Visitas guiadas, R$ 5 (crianças até 7 anos não pagam).
Funcionamento: de segunda à sexta, das 10h às 11h30 e das 13h às 17h30, aos sábados, das 10h às 11h30 e das 13h às 16h30. Aos domingos, 10h às 12h30 e das 14h às 16h30.
Como chegar: estação Sé do metrô.

>>> Parque do Ibirapuera

ibirapuera

Vale a pena passar a tarde toda no Parque do Ibirapuera (foto: SXC)

Outro cartão-postal da cidade, o Parque do Ibirapuera não pode ficar de fora de nenhum roteiro na cidade. Reserve pelo menos uma manhã ou uma tarde para curtir cada cantinho do local. Este oásis verde em meio a tantos prédios tem mais de 100 espécies de aves, jardins projetados por Burle Marx e prédios desenhados por Oscar Niemeyer, além do Mam (Museu de Arte Moderna), a Oca e o Planetário.
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, Vila Mariana. Tel.: (11) 5573-4180.
Funcionamento: diariamente, das 5h às 24h.
Entrada: grátis
Como chegar: não há estação de metrô tão próxima. Portanto, o melhor é ir de carro ou de ônibus (consulte a linha de transporte coletivo no site da SPTrans)

Veja também:
Roteiro de atrações no Rio de Janeiro
Roteiro básico de Salvador