Escolha uma Página
Brasileiros precisam de visto para entrar no Canadá

Brasileiros precisam de visto para entrar no Canadá

Ao contrário do que foi noticiado anteriormente, os brasileiros precisam de visto para entrar no Canadá, sim! No ano passado, chegou a ser noticiado que, a partir de março de 2016, o visto canadense seria facilitado para os brasileiros que já possuíam visto para outros países, como os Estados Unidos, bastando apenas preencher um documento pela internet. Mas o Consulado Geral do Canadá diz que este processo ainda não foi liberado para os brasileiros.

De fato, alguns estrangeiros estão isentos de visto para o Canadá e podem apenas preencher o novo requisito de entrada, conhecido como Autorização Eletrônica de Viagem (eTA). No entanto, os brasileiros ainda não se incluem neste quesito. Apenas os brasileiros com dupla-nacionalidade de um país isento de visto para viajar para o Canadá se enquadrariam nesta norma.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Toronto, no Canadá

O Canadá não confirmou a data em que os cidadãos elegíveis do Brasil poderão solicitar um eTA. Isso só acontecerá uma vez que o eTA esteja totalmente implementado para os viajantes com isenção de vistos. Até então, os cidadãos do Brasil ainda precisarão de um visto de visitante para viajar ao Canadá.

VEJA TAMBÉM: Conheça as Cataratas de Niágara, no Canadá

 

Seguro viagem internacional: quando é preciso fazer?

Seguro viagem internacional: quando é preciso fazer?

Imagina só. Estava minha família e eu em uma viagem incrível pela Califórnia, Estados Unidos, quando minha filha, de menos de um ano de idade, teve febre de quase 40 graus. O que fazer? Minha sorte é que eu tinha contratado um seguro viagem internacional, que foi uma mão na roda para agilizar o atendimento e, claro, sem dor de cabeça com relação às despesas médicas e hospitalares.

Gente, o atendimento foi incrível. Um pediatra de Santa Monica excelente nos atendeu e não poupava esforços para saber o que a minha filha tinha, a ponto de ligar no celular do meu marido (ligação internacional) para perguntar como ela estava passando. Sem contar que não tiramos do bolso um centavo sequer. Utilizamos os serviços da rede credenciada indicada pelo seguro e tudo foi coberto por ele: exames, consultas e até uma mini-internação de um dia.

seguro_viagem

Minha filha e eu no consultório credenciado pelo seguro viagem, em Santa Monica, Califórnia (foto: Passaporte Digital)

Bom, diante disso, eu sou uma das maiores defensoras de contratar um seguro ou assistência viagem nos destinos internacionais. Aliás, existe diferença entre seguro viagem e assistência viagem (clique aqui para saber qual é).

Além dos problemas de saúde, o seguro viagem internacional também inclui problemas com extravio de bagagens, despesas com medicamentos (com receita médica) e também problemas odontológicos durante o período contratado.

Seguro viagem obrigatório na Europa

Comigo, o problema aconteceu em uma viagem aos Estados Unidos, mas quem vai a Europa deve saber que os 27 países que integram o Tratado de Schengen exigem que o turista tenha uma cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médico-hospitalares. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Suécia e Suíça

Um dos seguros mais baratos que eu encontrei (e com o qual tive a experiência de usar) foi o seguro da Coris. Mas existem muitas outras opções no mercado. Essa eu usei e fui muito bem atendida.

Ah, uma coisa, quando for contratar este tipo de serviço, avalie o tipo de cobertura (valores máximos de reembolso ou cobertura) que pode variar bastante entre uma seguradora e outra.

VEJA MAIS: Seguro de carro no exterior – o que é necessário contratar?

Passo a passo: como tirar o visto americano

Passo a passo: como tirar o visto americano

Viajar para os Estados Unidos pela primeira vez pode parecer complicado por conta do visto. Muitas pessoas pagam para realizar este trabalho porque o formulário está em inglês (algumas partes têm tradução), mas é possível fazer todo o procedimento de forma simples e prática. Aqui, vamos dar o passo a passo para mostrar como tirar o visto americano. Reserve pelo menos uma hora para fazer o trabalho e siga o caminho abaixo. Vamos lá.

PASSO 1:
Parece óbvio, mas o primeiro passo é ter um passaporte válido (com vencimento até seis meses antes da data da viagem). Caso você não saiba o processo para tirar o passaporte, CLIQUE AQUI E CONFIRA.

PASSO 2:
Acesse o site do Consulado AQUI e comece pelo preenchimento do formulário DS-160 online. Nesta página, tem um campo para selecionar o país e a cidade onde você irá comparecer pessoalmente para a entrevista (no caso de brasileiros, selecione entre Embaixada em Brasília ou Consulados em São Paulo, Recife ou Rio de Janeiro). Depois de selecionar a cidade, clique em Start an Application para começar o preenchimento do formulário.

como tirar o visto americanoDICA: Antes de iniciar o preenchimento de seu DS-160, anote o número de identificação (Application ID) de seu formulário. Isso é fundamental para que possa acessar o formulário posteriormente, caso não possa ou não consiga responder tudo de uma vez.

PASSO 3: 
Este passo é o preenchimento em si do formulário. Apesar de ser todo em inglês, hoje em dia, eles colocaram a tradução de quase todas as perguntas. Basta deixar o mouse posicionado em cima da frase para ler em português. Se algum trecho não estiver traduzido, copie e cole no Google Tradutor. Dá para quebrar um galho.

DICA: No preenchimento, não coloque acentos nas palavras, senão dá erro. Ah, e quando for colocar valores, como o de renda, por exemplo, coloque sem vírgula e sem o símbolo de reais.

PASSO 4:
Depois de preencher todo o formulário (ele é em etapas/temas que você pode salvar e completar depois), imprima o formulário de confirmação com o código de barras. Você terá de levar este papel no dia da entrevista no Consulado.

PASSO 5:
Depois de preenchido e com o número em mão, você vai precisar criar uma conta de usuário no site do departamento de visto para dar continuidade no processo. O site é este aqui.

DICA: Se você é um viajante comum, clique na opção “I have completed the U.S. Nonimmigrant Visa application (DS-160) form and I need to apply for a visa”.

visto americano_passo a passo

Se você é um viajante comum, clique na opção assinalada para concluir o processo de visto americano

PASSO 6:
Depois, você vai para uma tela para preencher o local que gostaria de retirar o passaporte ou se prefere receber pelo correio.

DICA: se a sua viagem estiver próxima e você morar perto de um dos postos do consulado, prefira retirar pessoalmente. Digo isso, porque já vi muitas pessoas desesperadas por conta de greve dos correios ou problemas na entrega por conta de erros de endereço cep etc.

PASSO 7: 
Claro que nada é de graça. Então, neste passo você terá de pagar 160 dólares por pessoa para tirar o visto. Pode escolher dinheiro ou cartão de crédito.

PASSO 8:
Depois de pagar, você vai escolher o local e a data para entregar os documentos, tirar impressões digitais e fazer a fotografia digital e outra data (posterior) para comparecer à entrevista.

PASSO 9:
Imprima o documento de agendamento porque você precisará levá-lo na data marcada.

Agora, é torcer! Boa sorte!

A verdade sobre a liberação do visto canadense

A verdade sobre a liberação do visto canadense

Nos últimos dias tenho lido várias notícias sobre a “retirada” do visto canadense para os brasileiros. Gente, eu preciso dizer a verdade a vocês: a coisa não é bem assim. Não é que o Canadá vai liberar a entrada de qualquer turista vindo do Brasil. Não! O país vai apenas reduzir a burocracia e facilitar os trâmites para quem quer visitar este maravilhoso destino.

Bom, vamos à realidade. Vai poder entrar no Canadá “sem visto de turismo” o brasileiro que:

A) Já possuir o visto americano (e este estiver na data de validade)

B) Quem já tiver algum visto canadense nos últimos 10 anos

Se este for o seu caso, você terá que preencher apenas uma autorização pela internet, o eTA (CLIQUE AQUI PARA VER O FORMULÁRIO). Além de ser muito mais simples, o turista também não precisará pagar nada. Essa liberação é gratuita!

Ah, outro ponto importante: esse sistema passa a valer somente a partir de março de 2016.

LEIA MAIS SOBRE O CANADÁ:
Toronto
Cataratas de Niágara 

Como tirar passaporte passo a passo

Como tirar passaporte passo a passo

Vai viajar pela primeira vez ao exterior e quer saber como tirar passaporte? Aprenda aqui todos os passos: onde fazer, quanto tempo demora, quais documentos levar, quanto se paga etc.

Vale lembrar que para sair do Brasil é preciso ter um passaporte, que funciona como uma identidade internacional. O órgão responsável pela emissão do documento é a Polícia Federal. Além disso, dependendo do destino para onde você for, é necessário ter também o visto, que deve ser requerido nos Consulados ou Embaixadas dos países.

1º passo: Preencher o formulário eletrônico
Primeiro, entre no site da Polícia Federal, responsável pela emissão dos passaportes no Brasil, e clique no link Requerer Passaporte. Em seguida, clique no link Emissão de Passaporte, para preencher o formulário eletrônico com seus dados. Tenha em mãos os seguintes documentos: identidade, CPF, certidão de nascimento (se for menor de 12 anos), título de eleitor, reservista (homens) e passaporte anterior (no caso de renovação).

2º passo: Escolher o local de atendimento
No final do preenchimento eletrônico, você precisará selecionar o posto da Polícia Federal para efetivamente fazer o passaporte. Importante: imprima o protocolo da solicitação ao final do processo.

3º passo: Pegar guia para pagamento da taxa
Ao final do preenchimento do formulário pela internet, o sistema vai gerar automaticamente o boleto de GRU (Guia de Recolhimento da União) para pagamento da taxa, que atualmente é de R$ 186,07 (maio de 2015).

4º passo: Comparecer a um posto da Polícia Federal
Depois do pagamento da taxa, compareça ao posto da Polícia Federal escolhido munido da documentação original exigida (veja aqui os documentos necessários), boleto de GRU pago e protocolo da solicitação. Não é necessário mais levar fotografia, que será coletada no momento do atendimento. Em algumas unidades do DPF é necessário o agendamento prévio.

5º passo: Buscar o passaporte na data
O passaporte será entregue pessoalmente a seu titular, mediante apresentação de documento de identidade e assinatura de recibo. Retire o passaporte no horário e local indicados (geralmente, leva-se até 6 dias úteis).

>>> IMPORTANTE
– Caso precise de um passaporte com urgência, clique aqui para saber o procedimento necessário.

– Em caso de dúvida, pode ligar para o telefone 194 ou enviar e-mail para [email protected]


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com

Quais os documentos necessários para viajar?

Você sabe quais são os documentos exigidos para viajar pelo Brasil e para o exterior? Para não ser pego de surpresa no aeroporto, confira na tabela abaixo um resumo prático dos documentos necessários para viajar.

documentos para viajar

Veja quais são os documentos necessários para viajar (Fonte: Gol Linhas Aéreas)

 

>>> Voos nacionais
Para viajar dentro do Brasil, basta levar um documento de identificação com foto, podendo ser RG, passaporte, carteira de habilitação ou carteira de trabalho.

Crianças menores de 12 anos devem estar acompanhadas de um parente (pais, tios ou avós) e também precisam ter RG, passaporte ou certidão nascimento. Se a viagem for com outro maior, que não se classifique como um parente de até terceiro grau, o adulto deve apresentar autorização do pai, mãe ou responsável da criança com firma reconhecida.

LEIA TAMBÉM: Qual o limite de peso da bagagem em viagens nacionais e internacionais

>>> Voos internacionais
Para voos internacionais, o cliente precisa ter o passaporte válido. Caso a viagem seja para países do Mercosul (Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela), pode-se apenas apresentar a carteira de identidade original (ou o passaporte). O mesmo vale para crianças que estejam acompanhadas dos pais.

Se a criança viajar acompanhada de terceiros maiores, o passageiro deve ter em mãos a autorização judicial ou autorização de ambos os pais, com firma reconhecida, em duas vias originais.

Se a criança for viajar desacompanhada, é preciso ter autorização do juizado de menores, documento de identificação pessoal e Protocolo de Autorização de Viagem para Menor Desacompanhado preenchido. Além disso, a criança também deve ter um documento de identificação.

VEJA MAIS: Qual o tamanho máximo para bagagem de mão

>>> Gestantes
Grávidas a partir da 27ª semana precisam apresentar atestado médico para conseguir embarcar.