Escolha uma Página
Feriados 2019: Programe-se para viajar

Feriados 2019: Programe-se para viajar

Quer saber quais serão os feriados 2019? Para quem ama viajar, como eu, antes mesmo de terminar o ano, a gente já vai olhar o calendário do ano seguinte para saber quando dá para programar aquela viagem legal, não é mesmo?

Se você é dos meus, preparei um calendário com os feriados 2019, mostrando as possíveis emendas com finais de semana e até algumas sugestões de roteiro para onde ir.

Os feriados de 2019 não vão ser tão bons quanto os de 2018, quando a gente teve muuuuitas emendas maravilhosas! Mas vai dar para aproveitar sim!

Baixe aqui o seu calendário de feriados 2019

feriados 2019

 

Veja algumas dicas do que fazer e para onde ir de acordo com os feriados de 2019.

JANEIRO

genipabu_natal

As dunas apaixonantes da praia de Genipabu, na grande Natal (foto: Otavio Nogueira Flickr)

Dá para emendar o ano novo, que cai na terça-feira. A dica que eu dou é aproveitar para ir para o Nordeste. Sugiro Natal e suas praias exuberantes. Não deixe de conhecer a Praia de Ponta Negra e Genipabu.

FEVEREIRO

Quem é de São Paulo, pode curtir o feriado de três dias com o aniversário da cidade. Tem mercado municipal, museus, Avenida Paulista e o maior zoológico da América Latina.

VEJA TAMBÉM: Onde se hospedar em São Paulo

MARÇO

carnaval montevideu

Carnaval de Montevidéu, no Uruguai, tem muita dança, teatro e shows

O Carnaval chegou e você precisa viajar! Se você tiver como emendar os quatro (quem sabe cinco) dias de folia. Sugiro ir para Punta Cana, na República Dominicana. Outro destino que indico, um pouco mais perto, é Montevidéu, no Uruguai, que aliás tem um carnaval famoso!

ABRIL

rio de janeiro

Rio de Janeiro tem opções para todos os gostos

Na Sexta-Feira Santa, a dica é ir para o Rio de Janeiro para curtir três dias incríveis. Se preferir algo com cunho mais religioso, a sugestão é a querida Belém, no Pará, com passeios deliciosos! Ah, este mês tem também o feriado de Tiradentes, mas cai no domingo! 🙁

MAIO

Infelizmente, não vai dar para viajar no Dia do Trabalho, que cai em uma quarta-feira. Mas se você tiver o dia de folga e for de São Paulo ou interior, sugiro conhecer o Parque Maeda, em Itu, que é delicioso, especialmente se estiver com crianças!

JUNHO

skycostanera_santiago

A belíssima vista de Santiago a partir do Sky Costanera, em Santiago (foto: Divulgação)

Entre os feriados 2019, o de Corpus Christi é um dos melhores, pois dá para emendar 4 dias, já que cai em uma quinta-feira. Assim, dá para dar uma fugida até para Santiago, no Chile. Eu já fui e posso dizer que é maravilhoso! Confira nossas dicas neste post.

LEIA TAMBÉM: Onde ficar em Santiago

JULHO

Lencois Maranhenses

Travessia entre Barreirinhas e o povoado de Atins, Lençóis Maranhenses (Foto: Fred Schinke)

Se você é de São Paulo e vai poder emendar 4 dias no feriado de 9 de Julho, um destino nacional que indico é o paraíso de Lençóis Maranhenses, com suas lagoas maravilhosas e passeios que deixam a gente renovados. Uma viagem que tem que fazer!

AGOSTO, SETEMBRO, OUTUBRO 🙁

Depois de passar agosto sem feriado, setembro e outubro tem feriados que caem de sábado (Independência e Nossa Senhora Aparecida). Nessas datas, procure um passeio bem legal por sua cidade ou mesmo um bate-volta para o interior ou litoral!

LEIA MAIS: Praias bonitas e baratas para conhecer

NOVEMBRO

As belezas de Balneário Camboriú encantam os visitantes (Foto: Divulgação)

O primeiro feriado de novembro, Finados, cai no sábado também. Mas aí vem a Proclamação da República (15/11), em uma sexta, e Consciência Negra (20/11), em uma terça. Se conseguir emendar as duas datas, vai ficar quase uma semana de folga. Se você curte praia, minhas dica é Balneário Camboriú, com aquela esticadinha até Penha, para conhecer o Beto Carrero World, com o imperdível show dos Velozes e Furiosos.

 

VEJA MAIS: 5 Dicas para curtir seu passeio ao Beto Carrero

Se quiser algo mais urbano, minha sugestão é Buenos Aires, na Argentina, com suas carnes deliciosas e passeios para a Recoleta, Caminito e muitos outros bairros bacanas da cidade.

DEZEMBRO

lago negro

Pedalinho é um dos entretenimentos do Lago Negro, em Gramado (foto: Passaporte Digital)

O Natal chegou e cai de quarta-feira. Se conseguir emendar alguns dias, a sugestão é visitar Gramado, no Rio Grande do Sul, que fica especialmente linda para as festas de fim de ano.

Espero que tenha gostado das nossas dicas para os feriados 2019. Deixe nos comentários sua dica de viagem para outros viajantes!

Curta nosso FacebookInstagram e YouTube receba nossas dicas de viagem!


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Water Park Caldas Novas: diversão para todas as idades

Water Park Caldas Novas: diversão para todas as idades

O Water Park Caldas Novas foi uma das agradáveis surpresas na viagem ao paraíso das águas quentes. O parque aquático é ótimo para crianças de todas as idades, pois tem atrações até mesmo para os menores. Eu estava com quatro crianças, com idades entre 2 e 8 anos, e todas se divertiram bastante, tanto no rio lento quanto nos toboáguas e na piscina de ondas.

No caso das crianças menores, a dica é ficar na área infantil. Ali, há uma piscina beeem rasinha que tem até miniescorregadores para bebês, uma delícia, pois nem precisa colocar boia neles.

LEIA TAMBÉM: Caldas Novas de carro

Ao lado desta piscina, tem uma outra para crianças um pouquinho maiores. Minha filha de 4 anos adorou os quatro toboáguas “radicais” para a idade dela. Outra atração muito legal desta parte do parque é um balde gigante que fica no alto e vai enchendo de água até se virar sobre as pessoas, molhando todos que estão embaixo.

water-park-caldas-novas-piscinainfantil

Área infantil do Water Park Caldas Novas

Para os mais grandinhos, e até mesmo os adultos, tem toboáguas maiores, embora nenhum deles seja tão radical. Há também uma espécie de rampa que dá para escorregar com boia ou sem (este só pode ir criança acima de 5 anos).

Para mim, um dos lugares que mais gostei no Water Park Caldas Novas foi o rio lento. Você fica sendo levado por uma leve correnteza. Ótimo para relaxar. Se quiser, pode alugar uma boia gigante (R$ 14) e ficar flutuando por ali.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Caldas Novas

A piscina de ondas também chama muito a atenção. Ela fica calminha na maior parte do tempo, mas de tempos em tempos começam as ondas. É bem divertido. Essa é uma das únicas piscinas que a água não é quente – por isso mesmo achamos ótima para dar um refresco no calor.

Uma dica legal: nas redondezas ficam uns ambulantes vendendo capinhas à prova d´água para celulares. É muito bom, porque você consegue tirar umas fotos bem legais. Paguei R$ 10.

Alimentação e estrutura no Water Park Caldas Novas

water park caldas novas

Water Park Caldas Novas tem atrações para todas as idades (Foto: Divulgação)

Não é permitido levar bebidas de fora. Eu particularmente achei as coisas um pouco caras lá dentro. O crepe custa R$ 10, um x-burguer por R$ 16, cerveja a R$ 7,90, suco de latinha R$ 6,90. Uma das coisas boas é que tem almoço por quilo. Bem simples, mas acho que atende para matar a fome. Ah, tem sorvete também por quilo – esse eu não achei caro ;).

Para quem for passar o dia, tem vestiário com chuveiros que também dá para tomar um banho antes de ir embora.

O Walter Park Caldas Novas pertence ao Grupo Privé. Quem fica hospedado em um dos hotéis da rede pode entrar neste parque sem pagar entrada. Outra facilidade é usar o cartão do hotel para registrar os gastos no parque, assim nem precisa levar dinheiro ou cartão de crédito, você acerta tudo no check-out. Eu fiquei no hotel Privé Boulevard Suites, mas não recomendo. Se quiser, pode ler minha avaliação sobre o hotel no Trip Advisor.

Quem não for hóspede mas quiser passar o dia no Water Park Caldas Novas pode comprar o ingresso a parte. Veja no site aqui.

Preços 

Adulto: R$ 80,00
Acima de 60 anos: R$ 40,00
Criança de 8 a 12 anos: R$ 40,00
Criança até 7 anos acompanhada de pagante tem entrada grátis

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 18h (fechado às quintas)

Localização: Rua do Balneário – Qd. 10 – Lt. 19 – Bairro Turista. Caldas Novas – Goiás


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Hot Beach ou Laranjais: qual o melhor parque aquático de Olímpia?

Hot Beach ou Laranjais: qual o melhor parque aquático de Olímpia?

Hot Beach ou Thermas dos Laranjais: qual o melhor parque aquático de Olímpia? Esta foi a pergunta que fiz quando estava planejando minha viagem para esta cidade quente e deliciosa, no interior de São Paulo.

Fiquei cinco dias em Olímpia e consegui visitar os dois parques. Porém, tem muita gente que vai apenas para passar  o final de semana e aí, muitas vezes, precisa escolher apenas um parque aquático para conhecer. Também tem casos de famílias que estão com o orçamento mais curto e precisam priorizar um deles.

VEJA TAMBÉM: Onde ficar em Olímpia com crianças

Sabemos que o mais famoso parque aquático de Olímpia é o Thermas dos Laranjais. Mas será que vale a pena ir também ao Hot Beach?

É sobre isso que vou falar a seguir, mostrando as vantagens e desvantagens de cada parque, na minha humilde opinião, claro.

Hot Beach ou Thermas dos Laranjais

Qual parque aquático escolher? Hot Beach ou Thermas dos Laranjais (foto) | Passaporte Digital

Antes de dizer qual parque aquático eu gostei mais em Olímpia, é preciso pontuar algumas coisas. No meu caso, eu estava com duas crianças, uma de quatro anos e outra de seis anos, em pleno mês de julho, temporada de férias.

É importante explicar isso porque minha resposta tem muito a ver com isso.

Bom, na minha opinião, casais, pais e mães com crianças menores de cinco anos tendem a curtir mais o Hot Beach (explico porque logo abaixo). Porém, crianças a partir de seis anos costumam gostar mais do Thermas dos Laranjais, embora os dois sejam muito legais, com águas termais bem quentinhas e muita diversão.

Bom, se não puder conhecer os dois parques, vamos aos motivos para escolher cada um deles, começando pelo Hot Beach.

 

Por que escolher o Hot Beach em Olímpia

1- O Hot Beach é bem mais tranquilo e vazio

Talvez por ainda ser um parque aquático novo em Olímpia, o Hot Beach é beeeem mais tranquilo que o Thermas. Isso significa que você vai aproveitar muito mais as atrações, sem muvuca e sem perder tempo nas filas.

Hot Beach

Hot Beach é bem mais tranquilo e vazio que o Thermas dos Laranjais (Foto: Passaporte Digital)

2- O Hot Beach tem mais atrações para bebês e crianças pequenas

Eu achei que as atrações para bebês e crianças até 3 anos são excelentes no Hot Beach. Tem uma área que fica perto do mini rio lento que tem “mini” toboáguas que até os bebês de um ano podem ir. Bem legal!

 Hot Beach

Mini toboáguas para crianças menores do Hot Beach (Foto: Passaporte Digital)

Tem também uma outra área específica para as crianças com gangorra, balanços, balde que cai água muito gostosa para ficar com os bebês curtindo o dia.

Isso não significa que quem curte algo mais radical não seja atendido. Tem toboágua para descer de boia e aquela famosa descida de boia no pipe (aquele em U). Como atrações intermediárias, o parque tem piscina de onda, rio lento, piscina com hidromassagem.

Hot Beach Olímpia

Área infantil é ponto forte no Hot Beach Olímpia (Foto: Passaporte Digital)

3- Você consegue pegar uma mesa para sentar sem ter que madrugar no parque

Chegamos ao Hot Beach meia hora depois que o parque abriu. E tinha ainda muita opção de mesa para sentar, em praticamente todas as áreas. Achei isso ótimo porque nem foi preciso gastar com o aluguel de armário. Pegamos uma mesa perto da área infantil e aí foi só curtir o dia.

4- Tem requinte para quem quer mais privacidade

Uma das coisas que achei legal no Hot Beach foi uma área reservada com bangalôs para famílias que querem ficar mais isoladas, com atendimento exclusivo e quase com uma piscina privativa. Claro que paga-se o preço por isso (R$ 398,00), mas inclui algumas comidinhas, frutas e drinques no pacote. Achei bem interessante.

Bangalô do Hot Beach

Bangalô do Hot Beach, para quem quer relaxar com conforto e exclusividade (Foto: Passaporte Digital)

5- Faz você se sentir na praia

Uma das coisas mais legais no Hot Beach é a proposta do parque de fazer com que você se sinta na praia (daí como o próprio nome propõe). Tem muitas áreas do complexo que simulam praia, com areia, coqueiros e água de coco! Uma delícia, pois temos uma “praia” de água doce e quentinha, um sonho!

 

6- Banheiros e vestiários atendem bem à estrutura

Achei muito boa a quantidade de banheiros e vestiários do Hot Beach.

Em praticamente qualquer área do parque que você estivesse, você encontrava um banheiro para usar, uma mão na roda principalmente para quem vai com criança (quem é pai e mãe sabe o aperto que é correr atrás de um banheiro na emergência).

Porém, uma das coisas que cito aqui como ruins foi que o vestiário que usei no final do dia não tinha água quente! As crianças passaram muito frio na hora de tomar banho. Foi mal, hein, Hot Beach?

 

7- Tem diversidade de comidas e bebidas

Adoramos também a diversidade de comidas e bebidas do parque: tinha coxinha, petiscos, batata frita, salgadinhos, lanches, água de coco, churros, açaí, tapioca, crepe, enfim, de tudo um pouco.

Só o preço que achei meio “salgado”. Cerveja Stella Artois lata a R$ 9,50, porção de batata frita a R$ 32,90, suco de uva 330 ml a R$ 6,90. Vá preparado!

CONFIRA MAIS PASSEIOS COM CRIANÇAS AQUI

 

8- Oferece facilidade na hora de comprar

As coisas dentro do Hot Beach podem ser um tanto caras, mas o registro das compras é bem facilitado. Na hora que você chega, recebe uma pulseira magnética que cadastra todo o consumo dentro do parque. Assim, não precisa ficar andando com cartão ou dinheiro pelas piscinas, nem ficar colocando crédito para compras durante a visita.

Hot Beach

Área para crianças e conforto são os pontos fortes do Hot Beach (Foto: Passaporte Digital)

9- Tem pulseirinha de identificação para crianças

Para mim, esse foi um diferencial superimportante. Ao chegar no Hot Beach, todas as crianças recebem uma pulseirinha de identificação com nome e telefone dos pais. No caso de a criança se perder, fica muito mais simples encontrar o responsável. Isso dá uma tranquilidade e tanto!

 

Por que escolher o Thermas dos Laranjais

1- Tem atrações mais radicais

Sem dúvida, a diversidade das atrações é o que mais chama a atenção na hora de comparar o Thermas dos Laranjais com o Hot Beach. Tem uma área de piscinas bem maior, com mais de 30 brinquedos, inclusive para quem gosta de coisas mais radicais, como o pipe (descida de boia em uma plataforma em U), toboágua de 30 metros com descida a 55km/h, plataforma de surfe e rio selvagem.

hot beach ou thermas

Uma das atrações radicais do Thermas (Foto: Passaporte Digital)

 

2- Tem a primeira montanha-russa aquática do Brasil

Uma das grandes novidades do parque é a primeira montanha-russa aquática do Brasil, com 20 metros de altura e 370 metros de extensão. O trajeto tem curvas, subidas e quedas em alta velocidade e inclui ainda a passagem por túneis. Todo o percurso é feito em boias para dois passageiros que são impulsionadas pela água que corre nos “trilhos”. Altura mínima permitida: acima de 1,20m.

3- Tem piscina que não afunda

É isso mesmo! A piscina chamada de Mar de Israel, à base de sal, não deixa que a gente afunde! Você fica boiando mesmo, muito legal!

 

4- Tem comidas e bebidas mais em conta

Os preços das comidas e bebidas no Thermas são um pouco mais em conta que no Hot Beach. A cerveja era R$ 7 e a porção de batata frita, por exemplo, foi R$ 26 (no Hot foi R$ 32,90) e ainda era maior.

5- Tem até uma fazendinha

Uma pausa boa para conseguir fazer as crianças esperarem a digestão após o almoço é ir até a fazendinha. Localizada no fundo do parque, acho que tem muita gente que nem visita o lugar, mas é bem gostoso. Alguns animais, como cabras, ficam soltos pelo espaço, possibilitando que as crianças interajam diretamente com os bichos. Tem macaco, aves, vaquinha, flamingo, entre outros.

6- Dá boia de braço para crianças

Uma das coisas que gostei no parque foi o fato de dar boias para as crianças de até seis anos. Embora meus filhos saibam nadar, acho que isso dá uma tranquilidade maior para os pais e mães. Algumas piscinas também pedem que os pequenos coloquem as boias antes de entrar.

7- É o parque aquático mais visitado do Brasil

O Thermas dos Laranjais é o parque mais visitado do Brasil, segundo Ranking Internacional 2016 AECOM. Ocupando cerca de 300 mil metros quadrados, o complexo tem fonte mineral naturalmente aquecida pelas rochas submersas a mais de mil metros, oriundas do Aquífero Guarani. Vale a pena visitar.

Thermas dos Laranjais

Thermas dos Laranjais é o parque aquático mais visitado do Brasil (Foto: Passaporte Digital)

 

E, afinal, qual é o melhor parque aquático de Olímpia?

Bom, agora que já contei pra vocês um pouco do que cada parque oferece de melhor, vou contar qual foi o meu preferido. Embora tenha gostado dos dois, acho que o Thermas dos Laranjais sai na frente, principalmente pela grande diversidade de atrações – e olha que eu não curto coisas radicais!

Porém, para quem procura tranquilidade e para quem tem bebês e crianças de até quatro anos, acho que o Hot Beach pode ser uma alternativa melhor. Meu marido, por exemplo, gostou mais do Hot Beach, mas foi voto vencido (meus filhos de quatro e seis anos também votaram no Thermas).

Enfim, se tiver tempo no roteiro, acho que é bacana visitar os dois parques, afinal eles são a única atração de Olímpia!

Então, para você se programar melhor, seguem também os preços, endereços e horários de funcionamento de cada parque!

 

Toboáguas

Toboáguas do Thermas dos Laranjais (Foto: Passaporte Digital)

Hot Beach preços

>>> Alta temporada (valores de portaria ou internet)

Inteira: R$ 90,00
Meia Entrada (crianças de 7 a 12 anos e idosos a partir de 60 anos): R$ 45,00
Crianças de 1 a 6 anos: grátis

>>>Baixa temporada (valores de portaria)

Inteira: R$ 70,00
Meia Entrada (crianças de 7 a 12 anos e idosos a partir de 60 anos): R$ 35,00
Crianças de 1 a 6 anos: grátis

* Valores consultados em julho de 2018 (sujeitos a alteração). Vide também se o seu hotel oferece preço especial para hóspedes

Hot Beach parque aquático

Hot Beach: ideal para crianças menores! (Foto: Passaporte Digital)

Thermas de Laranjais preços

>>> Alta temporada (valores de portaria ou internet)

Segunda à sexta:
Inteira: R$ 80,00
Meia Entrada (crianças de 7 a 12 anos e idosos a partir de 60 anos): R$ 40,00
Crianças de 1 a 6 anos: R$ 10,00

Sábado e domingo:
Inteira: R$ 100,00
Meia Entrada (crianças de 7 a 12 anos e idosos a partir de 60 anos): R$ 50,00
Crianças de 1 a 6 anos: R$ 10,00

>>>Baixa temporada (valores de portaria ou internet)

Segunda à sexta:
Inteira: R$ 60,00
Meia Entrada (crianças de 7 a 12 anos e idosos a partir de 60 anos): R$ 30,00
Crianças de 1 a 6 anos: R$ 10,00

Sábado e domingo:
Inteira: R$ 60,00
Meia Entrada (crianças de 7 a 12 anos e idosos a partir de 60 anos): R$ 30,00
Crianças de 1 a 6 anos: R$ 10,00

* Valores consultados em julho de 2018 (sujeitos a alteração). Vide também se o seu hotel oferece preço especial para hóspedes

 

Toboáguas com boia no Hot Beach

Toboáguas com boia no Hot Beach (Foto: Passaporte Digital)

Hot Beach horário de funcionamento

De terça a domingo, das 9h às 18h

Fechado na segunda-feira para manutenção (exceto em feriados).

Endereço: Av. Governador Adhemar Pereira de Barros, nº 1700 Distrito Industrial – Olímpia

Estacionamento gratuito

 

Thermas dos Laranjais horário de funcionamento

Diariamente, das 9h às 20h

Endereço: Av do Folclore, 1543

Estacionamento gratuito


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Que tal nadar com tubarões no Discovery Cove, em Orlando?

Que tal nadar com tubarões no Discovery Cove, em Orlando?

Quase todo mundo tem o sonho de nadar com golfinhos, não é mesmo? Agora, se você tiver um pouco mais de coragem, que tal aprofundar a experiência e mergulhar com tubarões? Pois essa é a novidade do parque Discovery Cove em Orlando.

A experiência de nado com tubarões que está disponível no Discovery Cove em Orlando coloca os visitantes cara a cara com cinco espécies dos predadores, mas não se preocupe: é seguro – pelo menos é o que eles garantem!

A sessão é dividida em duas partes e começa quando os visitantes se encontram com a equipe de instrutores e entram na água. Nesse momento, os monitores ensinam sobre a anatomia dos tubarões e as ameaças que os bichos enfrentam na natureza. Na sequência, todos são convidados a juntarem-se aos tubarões na parte mais profunda do habitat e embarcarem em uma incrível experiência de mergulho.

LEIA MAIS SOBRE O PARQUE DISCOVERY COVE AQUI

Segundo os administradores do Discovery Cove em Orlando, a ideia é educar sobre os mitos dos tubarões e inspirar os visitantes a aprenderem mais sobre a espécie. Como um dos principais predadores, os tubarões têm um papel essencial na manutenção do equilíbrio dos ecossistemas do oceano em todo o mundo, controlando as populações de peixes. Infelizmente, muitas espécies são ameaçadas pela pesca excessiva e caçadas pela sua barbatana, atividades responsáveis pelo desequilíbrio na natureza.

discovery cove orlando tubarao

A experiência de nadar com tubarões custa US$ 85 no Discovery Cove, em Orlando (Foto: Divulgação)

VEJA TAMBÉM: Volcano Bay, o novo parque da Universal, em Orlando

A experiência de nadar com tubarões está disponível no Discovery Cove em Orlando para os visitantes a partir de 10 anos. O custo é de US$ 85 por pessoa. Por cada pacote comprado, o SeaWorld doará 5% da receita ao Guy Harvey Ocean Foundation (GHOF) para apoiar a conservação e pesquisa de tubarões.

Além da experiência de nadar com tubarões, o Discovery Cove em Orlando lançou ainda outra experiência para alimentar arraias, uma oportunidade única que acontece em uma visita muito especial ao The Grand Reef. Guiada por uma equipe do aquário do parque, os visitantes de mais de 6 anos de idade poderão interagir e aprender tudo sobre as espécies de arraias, enquanto alimentam estas criaturas incríveis.

discovery cove orlando arraias

Além de nadar com tubarões, visitantes podem alimentar arraias (Foto: Divulgação)

 

Preços Discovery Cove Orlando

Preço: ingressos a partir de US$ 169 (com refeição inclusa)
Atração para nadar com tubarões: US$ 85 por pessoa
Atração para alimentar arraias: US$ 50 por pessoa
Localização: 6000 Discovery Cove Way Orlando, FL 32821
Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 17h

O número diário de visitantes no parque é controlado. Por isso, é necessário comprar o ingresso com antecedência.

VEJA TAMBÉM: Outlets de Orlando


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Parque Beto Carrero: boa opção para ir com crianças

Parque Beto Carrero: boa opção para ir com crianças

Fui ao parque Beto Carrero há quase 20 anos. Era solteira, sem filhos e o local estava ainda no início das atividades – e contava com poucas atrações. Agora, quase duas décadas depois, resolvi levar meus filhos pequenos, de 2 e 4 anos, para conhecer o maior parque de diversões da América Latina, localizado na cidade de Penha, em Santa Catarina. E me surpreendi positivamente: achei uma ótima opção para as crianças!

Além dos meus filhos bem pequenos, ainda fomos com amigos que levaram mais duas crianças um pouco maiores, de 6 e 8 anos. E posso dizer que todas elas aproveitaram bastante.

Logo na entrada, as crianças têm a altura medida e recebem uma pulseirinha com a permissão para ir em determinadas atrações, para que não precisem ficar passando pela medição em todo brinquedo.

VEJA MAIS: Os melhores shows do Beto Carrero World

parque-beto-carrero-mediçao

As crianças são medidas na entrada do parque para saber se a altura permite ir aos brinquedos (Foto: Passaporte Digital)

Crianças pequenas no parque Beto Carrero

O legal do Parque Beto Carrero é que mesmo as crianças menores de 1,20 conseguem aproveitar bem as atrações. Tem uma área logo à esquerda da entrada do parque, a Triplikland, que foi feita especialmente para os pequenos. Na verdade, mais parece um parque à moda antiga, com roda-gigante, carrinho de bate-bate, elefantinho que “voa”, pedalinho, xícara maluca, carrossel.

parque-beto-carrero-parque-tematico

Baby Elefante, que sobe e desce, é um brinquedo que agrada a crianças de várias idades (Foto: Passaporte Digital)

Além disso, tem um outro setor do parque Beto Carrero, dos Piratas, que as crianças adoraram. Lá tem vários cenários para tirar fotos divertidas, como por exemplo na boca de um tubarão, e uma casa com espelhos que deixam o corpo esquisito (mais alto, superbaixinho, magro, gordinho). Para chegar até esse ponto do parque é preciso passar por uma ponte pênsil que balança muito. Tem que se segurar para não cair!

LEIA TAMBÉM: 5 dicas essenciais para programar sua viagem ao Beto Carrero

parque-beto-carrero-tubarao

As crianças adoraram tirar fotos com o tubarão e outros cenários na área dos Piratas (Foto: Passaporte Digital)

Outros brinquedos que meus filhos pequenos adoraram foi o Raskapuska, uma espécie da antiga montanha encantada, que tinha no Playcenter. É um barquinho que você anda por dentro de um túnel e vê brinquedos e cenários com bonecas, bichos de pelúcia etc. Para os adultos é bem chatinho, mas minha filha de 4 anos amou!

A Vila de Madagascar, com os personagens do desenho, também foi outro ponto de total interesse das crianças menores, principalmente para tirar fotos com o leão Alex, com a hipopótama Gloria e os pinguins, claro!

parque-beto-carrero-madagascar

Adoramos tirar fotos com os personagens do Madagascar (Foto: Passaporte Digital)

Bichos são outra coisa que sempre atraem a atenção dos pequenos. Pois é, lá no Parque Beto Carrero tem um zoológico bem bacana, com macacos, leão, tigre, girafa, elefante e muitos outros animais. Vale a pena ir até lá para observar de perto os animais.

parque-beto-carrero-zoo

A área do zoológico é bem grande, com macacos, girafas, elefante e muitos outros animais (Foto: Passaporte Digital)

Também não deixe de levar as crianças para um passeio no teleférico. É um percurso curto, mas é bem bonito olhar o parque Beto Carrero de cima.

Crianças maiores de 1,20m no parque Beto Carrero

Para as crianças um pouco maiores, acima de 1,20, também tem atrações legais. A começar pelo Velho Oeste, acredito que seja o setor mais antigo do parque, com cenários de aldeia indígena, o chapéu e o letreiro de Beto Carrero e uma réplica do cavalo Faísca, onde as crianças podem colocar a cabeça e simular ser o próprio Beto Carrero.

parque-beto-carrero-letreiro

O letreiro com o nome de Beto Carrero é ponto obrigatório para foto (Foto: Passaporte Digital)

Para as crianças mais “aventureiras”, também tem montanha-russa. A Tigor Mountain é permitida para crianças a partir de 1,10 metro. E elas adoraram, foram duas vezes!

Na parte do Mundo Animal, os bichos são um encantamento para todas as idades, mas confesso que as crianças ficaram fascinados com a área de serpentes. Tinha uma cobra imensa, que parecia ter acabado de almoçar (pelo tamanho de sua “barriga”). Foi bem interessante.

Na área do Madagascar, o Crazy River é bem divertido. A gente não foi por conta do frio, porque o brinquedo molha muito mesmo! Então, como a temperatura estava baixa não arriscamos.

Ah, se as crianças curtem dinossauros também vão amar a DinoMagic. É um trecho todo percorrido por um trenzinho que dá uma grande volta pelos “fundos” do parque Beto Carrero. Em uma parte do passeio, um ator interpreta o Beto Carrero e salva o nosso trem dos bandidos armados que tentavam assaltar os passageiros. Bem legal! Depois, a gente entra em um túnel e cai no parque dos dinossauros, com luzes e réplicas dos animais.

VEJA TAMBÉM: Onde ficar no Beto Carrero

Parque Beto Carrero para adultos

Se você quer aproveitar as atrações mais “adultos” do parque Beto Carrero, vá direto para a área Aventura Radical. É lá que estão as duas montanhas-russas do parque e a famosa Big Tower, aquela torre de queda vertical. Ela tem 100 metros de altura, o equivalente a um prédio de 30 andares, e despenca a uma velocidade de 120 km/hora!

parque-beto-carrero-torre

Com 100 metros de altura, só um de nós teve coragem de encarar a torre (Foto: Passaporte Digital)

Eu curti bastante a montanha-russa FireWhip, que tem os trilhos na parte de cima e muitos (mas muitos) loopings. Fomos também na StarMountain, mas eu não curti muito porque chacoalha demais!

Outro brinquedo legal para os adultos é o FreeFall, um “elevador” que despenca a 90 km/hora!

Para dar um descanso, a Vila Germânica é uma graça, ideal para uma pausa para um almoço ou um chopinho.

parque-beto-carrero-vila-germanica

A Vila Germânica é o lugar ideal para uma pausa para um chope (Foto: Passaporte Digital)

Se quiser mais detalhes para planejar o dia no parque do Beto Carrero, segue o mapa com todas as atrações (que você retira gratuitamente na entrada).

mapa-parque-beto-carrero


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Os melhores shows do Beto Carrero

Os melhores shows do Beto Carrero

Os shows do Beto Carrero realmente são uma atração a parte, além do parque em si. Por isso, recomendamos que faça pelos menos dois dias de parque, para poder curtir os shows com mais tranquilidade e também aproveitar os brinquedos.

Se tiver com pouco tempo, listamos aqui a nossa opinião dos melhores shows do Beto Carrero, se você precisar priorizar o que ver. Fomos em praticamente todas as apresentações com crianças entre 2 e 8 anos e, claro, consideramos a opinião delas também.

VEJA TAMBÉM: Dicas para aproveitar melhor o parque do Beto Carrero

Os melhores shows do Beto Carrero

1- Velozes e Furiosos

O show que remete ao filme da Universal é realmente muito bacana, bem parecido com o que assistimos no Universal Studios, em Orlando. Trata-se de uma “perseguição” de carros, com manobras radicais com carros, motos e até um caminhão. As crianças ficaram hipnotizadas com as cantadas de pneus e os saltos dos pilotos. Muito legal mesmo, para todas as idades (meu filho de 2 anos amou)!

O show dos Velozes e Furiosos dura cerca de 40 minutos, mas é bom chegar com antecedência para garantir um bom lugar. Só acontece um show por dia, às 13h (exceto na temporada ou em alguns finais de semana que têm sessão extra).

2- Madagascar Circus Show

shows-beto-carrero-madagascar

O show com personagens do Madagascar mistura circo e musical (Foto: Passaporte Digital)

O show com os personagens do filme Madagascar é uma graça, mistura acrobacias de circo e musical. Bem animado, as crianças se divertiram e cantaram. São mais 30 artistas no elenco. O que eu mais gostei foi o show com bicicletas.

O show acontece às 14 horas. Nós tivemos que sair correndo do show dos Velozes e Furiosos e ir para esse. Se tiver dois dias de parque, programe-se para assisti-los em dias diferentes, assim não fica tão corrido!

LEIA TAMBÉM: Atrações para crianças no Beto Carrero World

3- Blum

show beto carrero-blum

O colorido Blum tem espetáculos circenses com temática de fundo do mar

O espetáculo é lindo, com efeitos de fundo do mar e números de circo, como malabares e equilibrista. Acho que é ótimo também para dar uma descansada (tanto que as crianças mais novinhas acabaram dormindo no espetáculo).

O show Blum acontece às 16 horas, diariamente.

4- Monga

É o famoso show da mulher que se transforma em gorila. Eu fui nesse show da primeira vez que fui ao parque, no fim dos anos 1990 e achei um pouco sem graça. Queria ver de novo para saber se tinha mudado, ganhado ares tecnológicos, mas as crianças ouviram os “gritos” do público do lado de fora e não quiseram entrar. Na internet, você consegue ver um pouco do show, como no vídeo aqui abaixo.

5- Excalibur

Esta é uma atração paga a parte, com direito a refeição. É a simulação de um duelo medieval, em busca da lendária espada do Rei Arthur. Acabamos não indo porque é indicado para maiores de 10 anos. Custa a partir de R$ 59 por pessoa.

Excalibur_beto-carrero

Show medieval Excalibur é pago a parte no Beto Carrero (Foto: Divulgação)

VEJA TAMBÉM: Onde ficar hospedado no Beto Carrero


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.