Escolha uma Página
11 lugares para esquiar no Chile e na Argentina

11 lugares para esquiar no Chile e na Argentina

Se você sempre teve o sonho de esquiar, comece a se preparar porque vai começar a temporada de neve no Chile e na Argentina.

Por estarem localizados na América do Sul, mais pertinho do Brasil, esquiar no Chile e na Argentina são alternativas que podem ficar mais em conta para quem sempre teve vontade de conhecer a neve e fazer esportes no gelo. Existem várias opções de estação de esqui nesses países (confira abaixo 11 delas).

Ah, e tanto faz se você é um iniciante, um quase-profissional ou que nunca tenha visto neve de perto, esquiar sempre é divertido, uma viagem perfeita para fazer no inverno, seja em casal ou em família.

A temporada de esqui na América do Sul costuma começar em junho e se estende até o fim de setembro ou começo de outubro, dependendo do local escolhido e da quantidade de neve do período.

LEIA TAMBÉM: Roteiro de 4 dias em Santiago, no Chile

Além de esquiar, os turistas podem aproveitar outras atrações, como caminhada (trekking), tubing (descida em boias) ou passeio de trenó ou, simplesmente, relaxar nas piscinas aquecidas ou spas.

Confira as principais estações para esquiar no Chile e na Argentina.

Estações para esquiar no Chile

 

1. Valle Nevado – Chile

onde-esquiar-no-chile-valle-nevado

Valle Nevado, a 60 quilômetros de Santiago, é uma das principais opções para esquiar (Foto: Divulgação)

Com média anual de sete metros de neve, o Valle Nevado é uma das maiores estações de esqui da América do Sul.

Localizada a 60 quilômetros de Santiago, conta com 34 pistas, divididas em níveis diferentes, para novatos a profissionais. O local também dispõe de instrutores bilingues, inclusive em português, para facilitar as aulas de esqui ou snowboard, além de piscina aquecida, cinema, danceteria e academia.

O Valle Nevado também se destaca por sua ótima infraestrutura hoteleira e diversidade gastronômica e de atrações, ideal jovens que desejam esquiar e aproveitar a noite.

Na temporada 2019, além das já tradicionais aulas de esqui e snowboard individuais ou em grupos, o Valle Nevado também terá caminhadas com raquetes de neve e aulas de randonnée, espécie de marcha na neve. A previsão é que a temporada aconteça de 21 de junho a 27 de setembro de 2019.

🚩 Localização: Vitacura, Chile
🗻 Altitude do ponto mais alto: 3.670 metros
⛷  Pistas: 34
✅ Ideal: para famílias, grupos de amigos e praticantes de todos os níveis

 

2. Pucón – Chile

Em uma área vulcânica, dentro do Parque Nacional Villarrica, a estação da cidade de Pucón, a 789 quilômetros ao sul de Santiago, tem uma bela vista dos lagos, montanhas e bosques da região.

Com uma boa infraestrutura, o local tem escola de esqui e snowboard, miniclube para crianças, aluguel de equipamentos e também oferece serviços de fotografia profissional.

No total, são 20 pistas para diferentes níveis de esportistas, com nove meios de elevação com capacidade para transportar mais de 6 mil esquiadores por hora. Tem também rafting, cachoeiras e trilhas para caminhadas onde é possível chegar próximo ao vulcão.

🚩 Localização: Pucón, Chile
🗻 Altitude do ponto mais alto: 2.400 metros
⛷  Pistas: 20
✅ Ideal: para praticantes de todos os níveis e turistas mais aventureiros

3. Termas de Chillán

onde-esquiar-no-chile-termasdechillan

Com 28 pistas, Termas de Chillán conta com hotéis e boa estrutura (Foto: Divulgação)

A 400 quilômetros de Santiago, no sul do Chile, Termas de Chillán conta com 32 pistas de esqui e snowboard, com ampla infraestrutura, inclusive com iluminação especial para prática noturna.

Todos os equipamentos são fornecidos no local, e há também aulas para iniciantes e espaço exclusivo para recreação com crianças. Para quem não quer esquiar, há passeios de trenó puxados por cachorros e motos de neve, além de área de paintball e piscinas de água vulcânica. Cassino, boate, spa e restaurantes típicos completam as atrações do resort.

🚩 Localização: Chillán, Chile
🗻 Altitude do ponto mais alto: 3.320 metros
⛷  Pistas: 30
✅ Ideal: para famílias com crianças e praticantes de todos os níveis

 

4. El Colorado – Chile

A apenas 40 quilômetros da capital chilena, El Colorado é uma das estações mais frequentadas por turistas que vão a Santiago e querem aproveitar para esquiar pelas redondezas.

O local fica na Cordilheira dos Andes e tem um terreno esquiável de 40 quilômetros, com 22 pistas – sendo 11 delas para iniciantes, quatro para nível intermediário, três para  avançado e quatro para profissionais. Quem não sabe esquiar, pode aprender na hora, com aulas particulares individuais e também para grupos de amigos, além de contar com atividades especiais para crianças e adolescentes.

🚩 Localização: Farallones, Chile
🗻 Altitude do ponto mais alto: 3.333 metros
⛷  Pistas: 22
✅ Ideal: para grupos de amigos, famílias com crianças e turistas com pouco tempo de estadia em Santiago

 

5. La Parva – Chile

Com boa infraestrutura, La Parva também é uma opção próxima a Santiago (Foto: Divulgação)

Quem procura um lugar mais tranquilo para praticar esportes de inverno, mas que ainda esteja próximo a Santiago, a opção é a estação de La Parva, na cordilheira chilena.

A menos de 50 quilômetros da capital, o local é mais luxuoso, bom para ir em família, já que tem um espaço para entreter as crianças.

A acomodação é, na verdade, um condomínio de casas e apartamentos para alugar – não é hotel. Com neve de boa qualidade, tem 30 pistas para diferentes níveis, que se interconectam com as do Valle Nevado (se comprar um tíquete especial). O lugar é ótimo para esquiar ou fazer snowboard ou heliski.

🚩 Localização: La Parva, Chile
🗻 Altitude do ponto mais alto: 2.750 metros
⛷  Pistas: 30
✅ Ideal: para casais e famílias com crianças

6. Portillo – Chile

esquiar

Portillo é uma excelente estação para esquiar com crianças (Foto: Divulgação)

Situado às margens de Laguna Del Inca, no coração dos Andes, a cerca de 160 quilômetros de Santiago e quase na fronteira com a Argentina, a estação de esqui Portillo é uma das mais tradicionais do Chile.

As 19 pistas para esquiar ficam dentro do hotel de mesmo nome e atendem a todos os níveis de praticantes do esporte. Para as crianças, o resort tem atividades específicas na neve, além de salão de jogos e parede indoor de escalada.

A estrutura do local conta, ainda, com teleféricos, aluguel de equipamentos, instrutores para aulas particulares e máquina de fabricar neve. Às quintas-feiras, há uma competição para hóspedes que tem até cerimônia de premiação simbólica.

🚩 Localização: Portillo, Chile
🗻 Altitude do ponto mais alto: 3.310 metros
⛷  Pistas: 19
✅ Ideal: para famílias com crianças e praticantes de todos os níveis

 

Estações para esquiar na Argentina

 

7. Catedral Alta Patagônia – Bariloche – Argentina

A 22 quilômetros do centro da cidade de San Carlos de Bariloche, Catedral Alta Patagônia é considerado um dos melhores e mais modernos centros de esqui do Hemisfério Sul.

O grande diferencial é com certeza a cidade de Bariloche, repleta de refinados restaurantes, lojas de roupas e souvenirs e atrações durante todo o ano.

Na estação, são 53 pistas, onde pode-se praticar esqui, snowboard, trenó, mountain bike e tubing (descida em boias) – sendo uma ótima opção para iniciantes nas modalidades. Um moderno sistema de fabricação de neve garante os floquinhos brancos em durante toda a temporada.

🚩 Localização: San Carlos de Bariloche, Argentina
🗻 Altitude do ponto mais alto: 2.000 metros
⛷  Pistas: 53
✅ Ideal: para todos os níveis de praticantes, jovens e famílias

 

8. Chapelco – Argentina

esquiar Argentina

Em Cerro Chapelco, na Argentina, fica a 20 km da cidade de San Martin de Los Andes (Foto: Divulgação)

 

A 20 quilômetros do centro da cidade de San Martin de los Andes, na província de Neuquen, região da Patagônia Argentina, está Chapelco, uma das mais charmosas estações de esqui e snowboard do país.

Em uma paisagem privilegiada, em meio a montanhas e bosques, o local é cercado por uma boa rede hoteleira, restaurantes especializados na cozinha regional, casas de chá e confeitarias, além de cassino e bares para curtir a noite.

Com 22 pistas, a estação oferece aluguel de equipamentos, aulas de esqui e snowboard, motoneve e trenó com cães, um passeio ideal para a família inteira.

🚩 Localização: San Martín de Los Andes, Argentina
🗻 Altitude do ponto mais alto: 1.980 metros
⛷  Pistas: 22
✅ Ideal: para todos os níveis de praticantes e famílias

 

9. Las Leñas – Argentina

las lenas argentina esquiar

Las Leñas fica a 70 quilômetros da cidade de Malargue, na província de Mendoza, Argentina (Foto: Divulgação)

 

Localizada em um dos pontos mais altos da Cordilheira Andina, a 70 quilômetros da cidade de Malargue, na província de Mendoza, o Valle de Las Leñas conta com 29 pistas mundialmente reconhecidas pela qualidade da neve.

Ali, também é possível praticar o esqui noturno, em 2 mil metros de pistas iluminadas que funcionam aos sábados e às quartas-feiras. Para quem quer aprender truques na modalidade, o Snowpark é uma área de 1.500 metros para treinar saltos, usar lombadas e corrimão.

A estação também organiza expedições com instrutores profissionais e paramédicos, para quem quer ir um pouco além das pistas.

🚩 Localização: Mendoza, Argentina
🗻 Altitude do ponto mais alto: 3.430 metros
⛷  Pistas: 29
✅ Ideal: para todos os níveis de praticantes e famílias

 

10. Cerro Bayo – Argentina

esquiar-cerro-bayo

A linda paisagem da estação de Cerro Bayo, na Argentina (Foto: Divulgação)

 

Em meio a belos bosques e florestas, em uma área de 200 hectares, a estação de Cerro Bayo tem 22 pistas para todos os níveis, inclusive uma área de neve profunda que é um desafio para os mais experientes.

No total, são 12 quilômetros de pistas para esqui e snowboard e 12 meios de elevação, com capacidade para transportar mais de 6 mil passageiros por hora.

Em estilo “butique”, o local fica a 15 minutos da Villa La Angostura, na província de Neuquén, na Patagônia Argentina, com a melhor vista do lago Nahuel Huapi (a menos de uma hora de San Carlos de Bariloche).

🚩 Localização: Villa La Angostura, Argentina
🗻 Altitude do ponto mais alto: 1.782 metros
⛷  Pistas: 22
✅ Ideal: para todos os níveis de praticantes, especialmente os mais experientes

 

11. Cerro Castor – Argentina

cerro castor-esquiar-argentina

Em Ushuaia, a estação de esqui Cerro Castor tem pistas para diversos níveis (Foto: Divulgação)

Na cidade de Ushuaia, a estação Cerro Castor tem 25 pistas – muitas delas homologadas pela Federação Internacional de Esqui – e um snowpark com uma área total de 30 quilômetros.

Com boa qualidade de neve durante toda a temporada, sua localização permite manter temperaturas baixas e constantes durante todo o inverno.

Quem quiser aprender a esquiar ou fazer snowboard pode contar com 60 instrutores para aulas particulares em diferentes níveis. O resort oferece também passeios de trenó, motos de neve e esqui de travessia, opção para os mais aventureiros.

🚩 Localização: Ushuaia, Argentina
🗻 Altitude do ponto mais alto: 1.050 metros
⛷  Pistas: 25
✅ Ideal: para todos os níveis de praticantes

VEJA MAIS:

Buenos Aires: explorando Caminito

Chile: 4 dias em Santiago


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Onde esquiar no Chile: as melhores estações de esqui

Onde esquiar no Chile: as melhores estações de esqui

Quem vai visitar qualquer cidade chilena já se encanta em qualquer época do ano. No inverno, fica ainda melhor, pois existem várias opções bacanas para esquiar no Chile, com estações e resorts para todos os gostos.

Imagine descer uma montanha coberta de neve, a mais de 3 mil metros de altura e sob um frio congelante, tudo isso cercado de paisagens magníficas? Maravilhoso, né? Mas você deve estar se perguntando se esquiar no Chile é uma opção possível para o bolso!

Neste post, vamos mostrar o que cada estação de esqui no Chile tem de melhor e também vamos dar uma ideia de preço, quando abre e quando se encerra a temporada, enfim, tudo completinho para que você possa se planejar com antecedência e ter ótimas férias de inverno.

VEJA TAMBÉM: ROTEIRO DE 4 DIAS EM SANTIAGO

O primeiro ponto que você precisa analisar para poder esquiar no Chile de forma prática e viável é considerar a localização do resort. Algumas estações ficam relativamente próximas a Santiago, como é o caso de Valle Nevado, uma das mais famosas da América do Sul. Outras ficam um pouco mais distantes da capital chilena, como é o caso de Termas de Chillán.

Confira as principais opções.

Onde esquiar no Chile

1. Valle Nevado

onde-esquiar-no-chile-valle-nevado

Onde esquiar no Chile: Valle Nevado, a 60 quilômetros de Santiago, é uma das principais opções (Foto: Divulgação)

A apenas 60 quilômetros de Santiago, o Valle Nevado possui 45 pistas para esqui e snowboard, de diferentes níveis, além de teleféricos, lojas, bares, restaurantes e três hotéis.

Máquinas de neve artificial garantem a temporada, mesmo que não haja volume suficiente de neve natural. Outra vantagem é que possui instrutores que falam português e equipamentos de esqui e de snowboard para locação.

Quando começa a temporada no Valle Nevado: meados de junho a final de setembro

 

Portillo

onde-esquiar-no-chile-portillo

Hóspede de Portillo admira a paisagem na piscina aquecida (Foto: Divulgação)


A tradicional estação de esqui Portillo, nos Andes chilenos, fica a duas horas de Santiago. A estação é supertranquila, sem muita agitação, e também ótima para ir com crianças. A Laguna del Inca é um dos principais cartões-postais da estação de esqui de Portillo. Hóspedes podem admirar a paisagem desde uma área com piscinas aquecidas.

La Parva
Na Cordilheira, a estação de La Parva também é uma opção próxima à capital, Santiago. Na verdade, trata-se de uma espécie de condomínio de casas e apartamentos para alugar, junto a uma infraestrutura para esquiar. No local, os hóspedes contam com 30 pistas. Dá para praticar snowboard e heli-esqui também.

onde-esquiar-no-chile-laparva

Com boa infraestrutura, La Parva também é uma opção próxima a Santiago (Foto: Divulgação)

El Colorado
El Colorado é a estação de esqui mais próxima de Santiago, a apenas 39 quilômetros. situado na Cordilheira dos Andes. O local conta com 22 pistas: 11 para iniciantes, 4 intermédias, 3 avançadas e 4 para profissionais. A pista mais longa tem 4,3 kms e todas contam com equipamentos mecanizados. A infraestrutura tem ainda dois teleféricos duplos, três teleféricos triplos e dois para crianças.

Termas de Chillán

onde-esquiar-no-chile-termasdechillan

Com 28 pistas, Termas de Chillán conta com hotéis e boa estrutura (Foto: Divulgação)

O centro de esqui Termas de Chillán possui uma excelente qualidade de neve, além de estar rodeado por floresta nativa e hotéis com serviços de spa, piscinas de águas termais, restaurantes, e campo de golfe. Com 28 pistas de esqui, inclusive com instrutores, também é possível fazer mergulhos em águas naturais vulcânicas, com temperaturas variando entre 27°C e 65°C.

Veja também:
Onde comer em Santiago
Onde ficar em Santiago
Conheça o parque de Torres del Paine

Patagônia Chilena tem novo centro de neve

Patagônia Chilena tem novo centro de neve

Muita gente sonha em ver neve. Se este é o seu caso, leia esta matéria até o fim para conhecer o novo centro de neve na Patagônia Chilena, o Bosque Nevado. Ainda pouco explorado por brasileiros, o local funciona de julho a setembro, com atividades esportivas típicas de inverno, como esqui, snowboard e trekking.

O Bosque Nevado fica dentro da Reserva Biológica Huilo Huilo. Trata-se de uma estação de esqui para iniciantes que pode ser utilizada tanto por crianças como por adultos. Outra atração bacana para a criançada é o tubbing, uma espécie de “tobogã de neve” de 250 metros. Na reserva, ainda tem outras atividades, como tirolesa de 90 metros de altura e 500 metros de comprimento, caiaque, rafting e mountain bike.

LEIA TAMBÉM: Férias de inverno no Chile

patagonia-chilena-neve

Passeio de moto para ver os vulcões é um dos mais bacanas para fazer na Patagônia Chilena (foto: Divulgação)

Uma das coisas mais legais para fazer por lá é a caminhada até a geleira do vulcão Mocho-Choshuenco, localizado dentro da Reserva, de onde se avistam vários outros vulcões da Patagônia Chilena. Para apreciar a paisagem, também dá para fazer um tour em moto de neve, explorando a parte superior do vulcão. Vale dizer que esse passeio proporciona uma das mais belas vistas da região.

VEJA TAMBÉM: ROTEIRO DE 4 DIAS EM SANTIAGO

Huilo Huilo é chamada de Reserva Biológica porque fica em uma área de 100 mil hectares, abrangendo diversos ecossistemas. Por lá, circulam cerca de 100 espécies de aves e 12 tipos de mamíferos, além de contar com 328 tipos de flores. O local é rodeado por vulcões inativos, bosques, lagos e neve o ano todo.

patagonia-chilena-Trekking-vulcao

Trekking para ver oc vulcões é uma das atrações do Bosque Nevado, na Patagônia Chilena (foto: Divulgação)

Para passar o dia no Bosque Nevado deverá pegar o transporte oferecido pela reserva (6000 pesos por pessoa, aproximadamente R$ 35) ou em veículo próprio 4×4. O trajeto leva 45 minutos. A entrada custa 6000 pesos para adultos (acima de 13 anos), 3000 pesos para crianças (de 7 a 12 anos). Menores de 7 anos não pagam.

Como chegar à Reserva na Patagônia Chilena

patagonia-chilena-huilohuilo

Reserva Huilo Huilo, na Patagônia Chilena, tem atrações para todas as idades (foto: Divulgação)

A Reserva Biológica Huilo Huilo fica na Patagônia Chilena, a 860 quilômetros ao sul da capital do Chile, Santiago. Para chegar, o acesso mais fácil é pelo aeroporto de Temuco, que possui uma média de 5 voos diários partindo de Santiago. A partir daí, o trajeto até a reserva pode ser feito por transfer em um percurso que dura cerca de 3 horas (190 Km).

Outra opção, para quem já está na Argentina, é pegar um transporte saindo de San Martin de Los Andes (próximo a Bariloche), cidade que fica a 86 Km de distância, onde a reserva também mantém um hotel. No caminho da Argentina até a reserva é preciso fazer a travessia pelo Lago Pirihueico, que dura aproximadamente uma hora e meia, o que torna a viagem ainda mais bela.

VEJA TAMBÉM:
O que comer em Santiago
Onde ficar em Santiago

Começa a temporada de neve nos Estados Unidos

A temporada de neve nos Estados Unidos está aberta e vai até meados de abril de 2015. Se você gosta ou tem o sonho de esquiar, agora é a hora! Além de deslizar pelas montanhas geladas, os resorts são verdadeiros centros de entretenimento, com restaurantes, shows, atrações infantis, spas, casas noturnas.

neve

Estações de esqui têm escolas para ensinar iniciantes no esporte (Foto: Larry Pierce)

Conheça cinco lugares bacanas para a prática do esporte em terras americanas.

>>> Jackson Hole Mountain Resort
Onde fica: Em Teton Village (Wyoming)
O que tem: apontado pela revista “Forbes” como o melhor resort de esqui dos Estados Unidos, o Jackson Hole Mountain tem 1.261 metros verticais de terreno sem obstáculos e mais de 10 km² de pistas de esqui e de snowboard, para todos os níveis.

>>> Aspen Snowmass

aspen

Aspen é a estação de esqui mais famosa dos EUA (foto: Divulgação)

Onde fica: em Aspen (Colorado)
O que tem: a mais famosa estação de esqui dos Estados Unidos tem 76 pistas, sendo 48% delas para nível intermediário e 52% para avançado. Com área esquiável de 675 acres, Aspen inaugurou recentemente o The Hideout, um centro de entretenimento somente para crianças.

>>> Deer Valley Resort

Deer Valley Resort

O Deer Valley Resort tem 101 pistas exclusivas para esquiadores (foto: Divulgação)

Onde fica: Em Park City (Utah)
O que tem: exclusivo para esquiadores (não aceita snowboarders), o Deer Valley Resort tem 101 pistas. Quem quiser, pode aprender o esporte lá mesmo, já que conta também com uma escola de esqui para adultos e crianças. Os equipamentos podem ser alugados no local.

>>> Canyons Resort
Onde fica: Em Park City (Utah)
O que tem: a apenas 6 quilômetros do centro histórico de Park City, o Canyons Resort tem 1618 hectares de extensão. A infraestrutura conta com 183 pistas, com destaque para o Orange Bubble Express, que tem assentos aquecidos, além de um parque para crianças de 3 a 6 anos.

>>> Park City Mountain Resort

park city

Park City tem 116 pistas: a maior delas com mais de 5 quilômetros (foto: Divulgação)

Onde fica: Em Park City (Utah)
O que tem: com ótima infraestrutura, o Park City é ideal para esquiadores e snowboarders, pois tem diversos tipos de terrenos. Tem 116 pistas, sendo a maior delas com mais de 5 quilômetros de extensão.

VEJA TAMBÉM:
Gramado ganha parque de neve
Como aproveitar o inverno no Chile

Férias de inverno no Chile

Começa no mês de julho e vai até agosto a temporada de esqui no Chile, com montanhas cobertas de neve que chegam a mais de três mil metros de altura. Entre as opções mais famosas para aproveitar as férias de inverno no Chile estão as estações de Valle Nevado e de Portillo. Confira as atrações de algumas delas.

Temporada de esqui no Chile começa em julho

Temporada de esqui no Chile começa em julho (Foto: Divulgação)

Valle Nevado
Com média anual de sete metros de neve, o Valle Nevado é uma das estações mais famosas da América do Sul. Uma das vantagens é a localização, a apenas 60 quilômetros de Santiago. O local conta com 34 pistas, de diferentes níveis, e instrutores que falam português. Neste ano a temporada começa em 27 de junho.

VEJA TAMBÉM: ROTEIRO DE 4 DIAS EM SANTIAGO

PortilloPortillo_ChilePortillo é uma das estações de esqui no Chile (Foto: Divulgação_Frank Shine)

A tradicional estação de esqui Portillo, nos Andes chilenos, fica no sopé do impressionante monte Aconcágua e à beira da belíssima Laguna Del Inca, a duas horas de Santiago. A estação é supertranquila, sem muita agitação, e também ótima para ir com crianças, já que há atividades específicas para os pequenos, como festas temáticas, show de magia e karaokê. Entre os dias 2 e 9 de agosto, outra atração – desta vez para os adultos – é a Semana do Vinho, com degustação de rótulos chilenos e visitas às vinícolas da região (sem custo extra para os hóspedes).

La Parva
Na Cordilheira, a estação de La Parva também é uma opção próxima à capital, Santiago. Na verdade, trata-se de uma espécie de condomínio de casas e apartamentos para alugar, junto a uma infraestrutura para esquiar. No local, os hóspedes contam com 30 pistas. Dá para praticar snowboard e heli-esqui também.

Veja também:
Gramado ganha parque de neve
Aproveite o inverno em Amsterdã


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com