Cinco atrações imperdíveis em Toronto, no Canadá

Um dos destinos preferidos de intercambistas no Canadá, Toronto é uma metrópole que tem de tudo um pouco. Eu sou suspeita para falar da cidade, pois tenho um carinho especial por ela, já que esta foi a minha primeira viagem internacional, em 2003. Bom, sentimentos a parte, vamos às cinco atrações que considero imperdíveis para quem estiver por lá, seja por conta dos estudos, a trabalho ou a passeio.

>>> CNTower

cn tower
CN Tower, com mais de 500 metros de altura, é atração imperdível em Toronto (Foto: Divulgação)

Não dá para passar por Toronto sem conhecer a CNTower, com seus 553 metros de altura. Ela se destaca na paisagem de diversos pontos, mas dentro dela o mais legal é o chão de vidro – ou Glass Floor – de onde há mais de 400 metros do chão, você consegue visualizar carros e pessoas aos seus pés.

Onde fica: 301 Front Street West
Como chegar: metrô Union Station
Horário de funcionamento: de domingo à quinta, das 9h às 22h, e de sexta a sábado, das 9h às 22h30
Preço: a partir de CAD$ 28,80 (adulto), CAD$ 21,60 (idoso com mais de 65 anos e criança de 4 a 12 anos).

VEJA TAMBÉM: Conheça as Cataratas de Niágara, pertinho de Toronto

>>> Yonge Street e Dundas Square

Dundas Square
Dundas Square é uma espécie de “Times Square” de Toronto (Foto: Passaporte Digital)

Esta é considerada a rua mais longa do mundo, com 1.896 quilômetros. Ali, tem de tudo um pouco: restaurantes, lojas bacanas e populares (eu adorava a Dollarama, uma espécie de R$ 1,99 de lá), barzinhos, lavanderias, enfim, tudo o que o turista precisa. É ali que está também a Dundas Square, uma espécie de “mini” Times Square, onde acontecem shows e eventos.

Como chegar: metrô Dundas

>>> Casa Loma

casa loma
Casa Loma era uma residência com 98 cômodos que hoje abriga um museu (Foto: iStock)

Eu particularmente achei a Casa Loma bem bacana. Trata-se de uma antigo castelo em estilo gótico, com impressionantes 98 cômodos, construído no século passado e que pertenceu a um empresário canadense chamado Henry Pellat. Hoje, funciona como um museu, com mobílias e obras de arte originais, além de um belo jardim.

Onde fica: 1 Austin Terrace
Como chegar: metrô Dupont
Horário de Funcionamento: diariamente, das 9h30 às 17h
Preço: a partir de CAD$ 24 (adulto), CAD$ 18 (maior de 60 anos e estudante de 14 a 17 anos), CAD$ 14 (criança de 4 a 13 anos).

LEIA MAIS: Toronto inaugura trem que liga aeroporto ao centro

>>> High Park

High Park
High Park, em Toronto, é uma mistura de parque e zoológico (Foto: Divulgação)

Apesar de ficar um pouco mais afastado do centro, eu achei o High Park o parque mais bonito de Toronto, com deliciosos jardins – um deles tem inclusive aquela folha que é símbolo do país desenhada no chão (rende boas fotos). No local, também funciona um zoológico, com aves e animais de médio porte, pista de patinação e trilha para caminhada e corrida.

Onde fica: 1873 Bloor Street West
Como chegar: metrô High Park
Horário de funcionamento: diariamente, 24 horas
Preço: entrada gratuita

>>> Royal Ontario Museum

Royal Ontario Museum
O Royal Ontario Museum tem uma galeria bem bacana dedicada aos dinossauros (Foto: Divulgação)

Eu adorei a galeria dedicada aos dinossauros neste que é considerado o maior museu do Canadá, o Royal Ontario Museum. Para quem gosta de arqueologia é um prato cheio, com múmias do Egito e fósseis do período jurássico.

Onde fica: 100 Queen’s Park
Como chegar: metrô St. George
Horário de funcionamento: de segunda à quinta e aos sábados e domingos, das 10h às 17h30, às sextas-feiras, das 10h às 21h30
Preço: CAD$ 16 (adulto), CAD$ 14,50 (maior de 65 anos e estudante de 15 a 17 anos), CAD$ 13 (criança de 4 a 14 anos). Entrada grátis às quartas-feiras, das 16h30 às 17h30 

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Os 10 maiores pontos turísticos pelo mundo - Passaporte Digital
  2. Novo trem liga aeroporto de Toronto ao centro | Passaporte Digital

Deixe um comentário