O que fazer em Manaus

Tesouro do Brasil, Manaus é uma cidade que merece ser explorada por nós, brasileiros. E não é só porque ela é a porta de entrada para a Amazônia. O destino tem muitos atrativos bacanas, com paisagens lindas, opções culturais, muita história e boa gastronomia. Neste texto, vamos dar dicas de o que fazer em Manaus.

ponta negra_manaus
Vale a pena conhecer Manaus, porta de entrada para a Amazônia (foto: Bruno Zanardo)

A primeira delas é ficar pelo menos quatro dias por lá, para aproveitar com calma as atrações de Manaus e também dos arredores. Se puder, hospede-se em um hotel de selva, que é bem bacana. Também não deixe de provar as delícias da culinária local, especialmente os peixes típicos da região, como tucunaré, pirarucu e tambaqui.

Veja 5 dicas de o que fazer em Manaus.

1- Visitar o Teatro Amazonas

teatro amazonas_manaus
Teatro Amazonas, de 1896, tem visitas guiadas e espetáculos teatrais

Símbolo do chamado Ciclo da Borracha, o Teatro Amazonas, de 1896, chama a atenção pela arquitetura. Se quiser conhecê-lo também por dentro, há visitas guiadas de segunda a sábado, das 9h às 17h. Ali também acontecem espetáculos teatrais, de música e dança (informe-se na data da sua visita).
Onde fica: Av. Eduardo Ribeiro, 659 – Centro, Manaus. Tel.: (92) 3622-1880
Entrada: R$ 20

2- Navegar pelo “Encontro das Águas”

encontro das aguas_manaus
O famoso “encontro das águas” dos rios Negro e Solimões atrai turistas do mundo todo (foto: Rodolpho Emanuel)

Ver o famoso “encontro das águas” do escuro rio Negro com o barrento rio Solimões é, sem dúvida, uma atração imperdível. Para ver esta maravilha da natureza é preciso contratar um passeio de barco pelas agências de turismo ou empresas da região. Geralmente, as embarcações partem da Marina do Davi.

LEIA TAMBÉM: Passeio de balão pela Amazônia

3- Passar o dia na Praia de Ponta Negra

praia ponta negra_manaus
Em Manaus, a praia é de água doce, do rio Negro (foto: Andre Passamani)

A “praia” de Ponta Negra, formada pela água doce do rio Negro, é uma delícia para passar o dia. Dá para nadar, tomar banho de sol ou simplesmente relaxar. Nas proximidades há restaurantes e lojas bacanas para comer ou fazer umas comprinhas.
Onde fica: a 20 quilômetros do centro de Manaus

4- Ver animais no Bosque da Ciência

bosque da ciencia_manaus
O Bosque da Ciência traz araras, jacarés, peixes-boi e muitos outros animais (foto: Gisele Porcaro)

Sob coordenação do INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, o Bosque da Ciência é uma área de aproximadamente 13 hectares, localizado no perímetro urbano de Manaus. No local, os visitantes podem ver de perto animais como peixe-boi, ariranhas e jacarés, além de fazer trilhas suspensas.
Onde fica: Rua Otávio Cabral, s/nº – Manaus
Horário de funcionamento: de terça à sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 16h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h30.
Entrada: R$ 5 (grátis para crianças até 10 anos e idosos a partir de 60 anos)

5- Fazer compras na Central de Artesanato Branco e Silva

artesanato_manaus
Artesanato indígena é destaque na Central de Artesanato Branco e Silva, em Manaus (foto: Amanda Vieira)

Na hora das compras, o que mais se destaca em Manaus são as peças de artesanato indígena, feitas com materiais como palha de tucumã e de tucum, fibra, tela de juta e cipó titica. Um lugar certeiro para comprar estes objetos é o da Central de Artesanato Branco e Silva.
Onde fica: Avenida Ypiranga Monteiro, 1999
Horário de funcionamento: de terça à sexta-feira, das 9h às 18h; sábado, das 9h às 16h; e segunda, a partir do meio-dia

MAIS DESTINOS NACIONAIS:
Pantanal
Serra Gaúcha
Rio de Janeiro

1 Trackback / Pingback

  1. Melhor época para ir a Manaus | Passaporte Digital

Deixe um comentário