Praia de Boa Viagem e outras atrações bacanas em Recife

Recife está entre os dez destinos turísticos mais procurados por viajantes brasileiros, segundo o Ministério do Turismo. E não é à toa. Além da famosa praia de Boa Viagem, há inúmeras atrações culturais e históricas bacanas em Recife.

recife_praia_boa_viagem
Além da famosa praia de Boa Viagem, há muitas atrações bacanas em Recife (foto: Paula Cristina)

E nem só de praia vive a capital pernambucana, que é entrelaçada por seis rios e mais de 60 canais. Por isso, Recife é conhecida como a Veneza Brasileira.

Para explorar melhor a cidade, selecionamos 8 lugares imperdíveis na capital de Pernambuco. Ah, também não deixe de dar um pulo na vizinha Olinda (mas isso é assunto para outro post). Confira abaixo as nossas dicas.

1- Praia de Boa Viagem

recife_praia_boa_viagem
Escultura de areia na principal praia do Recife, a praia de Boa Viagem (foto: Beto Felix)

É claro que não podemos deixar de falar da Praia de Boa Viagem, o ponto turístico mais famoso de Recife. São sete quilômetros de areias claras, coqueiros e águas verdes, além de um extenso e agitado calçadão. Se for entrar no mar, fique atento aos avisos de áreas de tubarões.

LEIA TAMBÉM: As praias mais bonitas do Brasil

2- Capela Dourada

Capela Dourada_recife
Capela Dourada: repleta de pinturas sacras e muito ouro (foto: Márcio Cabral de Moura)

Repleta de pinturas sacras, a Capela Dourada – que recebe este nome por conta da quantidade de ouro – é um passeio bacana. É ali que também está a Igreja Santo Antônio, de 1606, que conta com um belo painel de azulejos portugueses.
Onde fica: Rua do Imperador, sem número
Funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h; aos sábados, abre das 8h às 11h30.

3- Recife Antigo

recife_Marco Zero
Praça do Marco Zero, um dos principais pontos do Recife Antigo (foto: iStock)

Andar pelas ruas do bairro do Recife Antigo reflete a época que os judeus perseguidos na Europa migraram para a cidade (e se estabeleceram na Rua dos Judeus), onde fica inclusive o Centro Cultural Judaico. No mesmo bairro, aproveite para conhecer a Praça do Marco Zero, a Embaixada dos Bonecos Gigantes, a Torre Malakoff, o Paço do Frevo e a Feira do Recife Antigo, que ocorre aos domingos.

LEIA TAMBÉM: Dicas sobre Praia do Forte, na Bahia

4- Casa da Cultura

recife_Casa_da_cultura
Casa da Cultura, em Recife, um antigo presídio que virou centro cultural (foto: Lais Castro Trajano)

Trata-se de um antigo presídio que virou um centro cultural, com cerca de 130 lojas que ocupam o que antes eram as celas. Ideal para comprar xilogravuras de cordel, miniaturas de barro, rendas e cestaria.
Onde fica: R. Floriano Peixoto, s/nº
Funcionamento: de segunda à sexta, das 9h às 18h, sábado, das 9h às 17h, domingo, das 9h às 14h

5- Mercado de São José

recife_mercado_sao_jose
O antigo Mercado de São José: lugar ideal para comer e comprar artesanato (foto: Uaba Costa)

Inaugurado em 1875, o Mercado de São José é o lugar ideal para comprar peças em barro, madeira, palha e fibra. Aproveite para apreciar também as delícias da culinária local, como o famoso bolo de rolo.
Onde fica: Praça Dom Vital, s/nº

LEIA TAMBÉM: Visite Porto de Galinhas, perto de Recife

6- Oficina Cerâmica Francisco Brennand

recife_brennand
Na Oficina de Brennand dá para apreciar vários trabalhos do artista pernambucano (foto: iStock)

Se você gosta de arte, vai curtir muito a visita ao ateliê do escultor pernambucano Francisco Brennand. O artista tem obras por todo o Recife, entre elas o obelisco no Marco Zero. O local, um antigo engenho colonial, exibe centenas de esculturas de Brennand.
Onde fica: Propriedade Santos Cosme e Damião, s/n – Várzea – Recife

7- Armazéns do Porto

Armazéns do Porto_Recife
Recém-inaugurado, Shopping Armazéns do Porto fia noCentro Histórico

Recém-inaugurado, o Shopping Armazéns do Porto, localizado no Centro Histórico, reúne restaurantes, bares, museus e lojas de artesanato, além de uma intensa programação cultural.
Onde fica: Av. Alfredo Lisboa, s/nº

8- Passeio pelo rio Capibaribe

recife_Canais
Passeio pelos canais mostra por que Recife é chamada de Veneza Brasileira (foto iStock)

Se você quer saber por que Recife é conhecida como Veneza Brasileira, sugiro fazer um tour de barco pelo rio Capibaribe. O passeio acontece diariamente, e é oferecido por empresas da região, como a Catamarans Tours. O tour aquático dura cerca de uma hora e percorre três ilhas do Centro de Recife (Santo Antonio, Recife Antigo e Boa Vista) e passa por diversos pontos turísticos. Saídas no Cais das Cinco Pontas, às 16h e 20h (aos finais de semana também às 11h, 14h30 e 17h30). Preço médio: R$ 40.

MAIS DESTINOS NO NORDESTE:
Maceió
Maragogi

* Preços consultados em março de 2015. Antes da viagem, recomendamos revisar os valores divulgados aqui.

1 Trackback / Pingback

  1. Festas de São João no Nordeste | Passaporte Digital

Deixe um comentário