Roteiro de Barcelona: segundo dia na capital da Catalunha

Como você deve ter conferido no post principal, dividimos o roteiro de Barcelona em três dias, para conhecer a capital da Catalunha, na Espanha, com tranquilidade. Seguem então as dicas para o segundo dia no destino.

>>> Bairro Gótico:
estreitas vielas e casarões históricos compõem o Barri Gòtic de Barcelona, onde ficava o antigo fórum romano na cidade. Boa parte das construções fica próxima à Plaça de Sant Jaume. Aproveite para se perder entre as ruelas e se sentir no período medieval.
Como chegar: metrô Jaume I.

>>> Catedral de Barcelona

catedral de barcelona
Catedral de Barcelona fica nos arredores do Bairro Gótico (Foto: Alessandra Oggioni)

Ainda nos arredores do bairro gótico está a Catedral de Barcelona. Com fachada agulha do século 19, a igreja possui tesouros como as pinturas medievais catalãs. Vale a visita.
Como chegar: metrô Jaume I.

>>> Museu Picasso: é o mais visitado de Barcelona e traz mais de 3.800 obras do artista espanhol Pablo Picasso, como a série “As Meninas”. O museu funciona de terça a domingo, das 10h às 20h. Entrada a partir de € 6 (grátis aos domingos após às 15h e no primeiro domingo de cada mês).
Como chegar: metrô Jaume I.

>>> Parc Ciutadella

parc ciutadella
O “Arco” do Parc Ciutadella, em Barcelona (Foto: Alessandra Oggioni)

É um dos mais frequentados por moradores locais. Com 18 hectares, o parque abriga o zoológico da cidade e também uma versão catalã do “Arco do Triunfo”, construído em 1888 para uma exposição.
Como chegar: ônibus Estacio de Franca

>>> Casa Batlló

casa batllo
Casa Batlló, obra de Gaudí, foi construída em 1875 (Foto: Alessandra Oggioni)

Mais uma das grandes obras do arquiteto catalão Antoni Gaudí (1852-1926), a Casa Batló está localizada em uma das mais belas avenidas da cidade. O prédio de formas onduladas foi construído em 1875 e se destaca também pelas paredes de mosaico. Aberta para visitação diariamente, das 9h às 21h. Entrada: € 20,35.
Como chegar: metrô Passeig de Gracia (Passeig de Gràcia, 43).

>>> Casa Milà/ La Pedrera

casa milla
La Pedrera era para ser um condomínio residencial (Foto: SXC)

Ainda entre as obras de Gaudí, vale uma visita – mesmo que só do lado de fora –  à Casa Milà, também conhecida como La Pedrera. Construída para ser um condomínio de apartamentos residenciais, tem fachada ondulada e teto com chaminés, lembrando uma escultura. Funciona diariamente, das 9h às 18h30. Entrada: € 16,50.
Como chegar: metrô Diagonal (Passeig de Gràcia, 92).

>>> Sagrada Família

sagrada familia
A igreja Sagrada Família, uma das mais impressionantes obras de Gaudí

Uma das mais impressionantes igrejas da Europa, a Sagrada Família é a maior obra de Gaudí. O templo começou a ser erguido em 1882, mas o arquiteto catalão assumiu o projeto 40 anos depois. Por conta da Guerra Civil Espanhola, em 1936 a construção foi suspensa e até hoje ainda não foi finalizada. Uma escadaria ingreme dá acesso às torres. A vista vale o esforço ou o preço do elevador. Aberta diariamente, das 9h às 18h (de abril a setembro, das 9h às 20h).
Como chegar: metrô Sagrada Familia (Mallorca, 401).

Continue lendo:
Roteiro: terceiro dia em Barcelona
Roteiro: primeiro dia em Barcelona

O melhor de Barcelona

* Preços consultados em outubro de 2013.