Escolha uma Página

Quais os documentos necessários para viajar?

Você sabe quais são os documentos exigidos para viajar pelo Brasil e para o exterior? Para não ser pego de surpresa no aeroporto, confira na tabela abaixo um resumo prático dos documentos necessários para viajar.

documentos para viajar

Veja quais são os documentos necessários para viajar (Fonte: Gol Linhas Aéreas)

 

>>> Voos nacionais
Para viajar dentro do Brasil, basta levar um documento de identificação com foto, podendo ser RG, passaporte, carteira de habilitação ou carteira de trabalho.

Crianças menores de 12 anos devem estar acompanhadas de um parente (pais, tios ou avós) e também precisam ter RG, passaporte ou certidão nascimento. Se a viagem for com outro maior, que não se classifique como um parente de até terceiro grau, o adulto deve apresentar autorização do pai, mãe ou responsável da criança com firma reconhecida.

LEIA TAMBÉM: Qual o limite de peso da bagagem em viagens nacionais e internacionais

>>> Voos internacionais
Para voos internacionais, o cliente precisa ter o passaporte válido. Caso a viagem seja para países do Mercosul (Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela), pode-se apenas apresentar a carteira de identidade original (ou o passaporte). O mesmo vale para crianças que estejam acompanhadas dos pais.

Se a criança viajar acompanhada de terceiros maiores, o passageiro deve ter em mãos a autorização judicial ou autorização de ambos os pais, com firma reconhecida, em duas vias originais.

Se a criança for viajar desacompanhada, é preciso ter autorização do juizado de menores, documento de identificação pessoal e Protocolo de Autorização de Viagem para Menor Desacompanhado preenchido. Além disso, a criança também deve ter um documento de identificação.

VEJA MAIS: Qual o tamanho máximo para bagagem de mão

>>> Gestantes
Grávidas a partir da 27ª semana precisam apresentar atestado médico para conseguir embarcar.

ESPECIAL AEROPORTO: Voos, atrasos, bagagem, excesso de peso – O que fazer?

bagagem

Acho que quase todo mundo tem dúvida quando vai embarcar em um aeroporto. O que fazer em caso de o voo atrasar? O que posso ou não levar na bagagem? Vou ter de pagar excesso de peso da minha mala? Essas e outras dúvidas você confere nas matérias abaixo, para facilitar a sua próxima viagem!

O que fazer em caso de extravio de mala?

O que fazer se o voo atrasar ou for cancelado?

Seis dicas para garantir o melhor lugar no avião

Limite de peso da bagagem em voos nacionais e internacionais

O que fazer se o voo atrasar ou for cancelado?

Não tem nada mais desagradável do que estar superansioso para embarcar para aquela viagem de férias tão esperada e o voo atrasar ou – pior – for cancelado. Nesses casos, o que fazer? Quais são os direitos dos passageiros?

cancelamento de voo

Em caso de atraso ou cancelamento, passageiro pode exigir seus direitos (Foto: iStock)

Nos casos de atraso, cancelamento de voo e preterição de embarque (embarque não realizado por motivo de segurança operacional, troca de aeronave, overbooking etc.), o passageiro que comparecer para embarque tem direito à assistência material, que envolve comunicação (internet, telefone), alimentação e acomodação.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no caso de extravio de bagagem?

Esses direitos devem ser oferecidos pela empresa aérea, de acordo com o tempo de espera, contado a partir do momento em que houve o atraso, cancelamento ou preterição de embarque.

Veja, caso a caso, quais são seus direitos no caso de atrasos ou cancelamento do voo:

– A partir de uma hora de atraso: comunicação (internet, telefonemas etc.).
– A partir de duas horas de atraso: alimentação (voucher, lanche, bebidas etc.).
– A partir de três horas: acomodação ou hospedagem (se for o caso) e transporte do aeroporto ao local de acomodação. Se você estiver no local de seu domicílio, a empresa poderá oferecer apenas o transporte para sua residência e desta para o aeroporto.
– Atraso superior a quatro horas ou se houver cancelamento de voo: assistência material, opções de reacomodação ou reembolso.

Qual o tamanho permitido para a bagagem de mão?

Toda vez que se vai viajar pinta aquela dúvida sobre peso das malas. No caso da bagagem de mão nos voos nacionais, o tamanho permitido é de 115 centímetros (considerando a soma de altura + comprimento + largura), com peso de até 5 quilos.

Caso a sua bagagem de mão seja maior que o tamanho permitido, a companhia aérea pode exigir que a bolsa seja despachada.

bagagem de mao

Bagagem de mão deve ter até 115 cm e 5 quilos no máximo (Foto: iStock)

Ah, artigos esportivos em geral (prancha de surfe, bicicleta etc.), instrumentos musicais e outros tipos de bagagem especial deverão ser incluídos nas taxas de franquia, da mesma forma que uma bagagem comum.

LEIA TAMBÉM: Limite de peso das malas em voos nacionais e internacionais

Já bengalas, muletas, andadores, cadeiras de rodas e outros equipamentos do gênero podem ser levados na cabine de passageiros, exceto quando as dimensões inviabilizarem o transporte na cabine. Caso os equipamentos precisem ser despachados, serão enviados como “bagagem prioritária”.

Voos internacionais
No caso dos voos internacionais, valem as mesmas regras dos voos domésticos, incluindo alguns objetos que são proibidos: coisas cortantes ou perfurantes, como canivetes, tesouras de unha etc, líquidos, géis e pastas com mais de 100 ml.

Mamadeiras e alimentos infantis industrializados  são permitidos em quantidade necessária para a duração do voo e, claro, quando bebês e crianças estiverem viajando.

VEJA TAMBÉM: Limite de gastos em compras no exterior

O que fazer no caso de extravio de mala no aeroporto

É aquela dor de cabeça. Você está de férias, chega ao destino, mas a bagagem se perdeu no meio do caminho. O que fazer no caso de extravio de mala no aeroporto? A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) recomenda que o passageiro faça a reclamação na sala de desembarque mesmo, preferencialmente na hora ou em até 15 dias. Também é importante guardar o comprovante de despacho para apresentar na hora da reclamação.

bagagem

Objetos cortantes e líquidos acima de 100ml não são permitidos na bagagem de mão

Vale lembrar que a regra diz que se a bagagem for localizada em até 30 dias (nos voos domésticos) ou em até 21 dias (voos internacionais), a mala deve ser enviada pela companhia aérea para o endereço fornecido pelo passageiro. Fora deste prazo, o passageiro deverá ser indenizado pela empresa aérea.

Leia mais sobre o assunto:
10 dicas sobre malas nas viagens ao exterior
Veja qual o limite de bagagem em voos nacionais e internacionais