Escolha uma Página
Parque Beto Carrero: boa opção para ir com crianças

Parque Beto Carrero: boa opção para ir com crianças

Fui ao parque Beto Carrero há quase 20 anos. Era solteira, sem filhos e o local estava ainda no início das atividades – e contava com poucas atrações. Agora, quase duas décadas depois, resolvi levar meus filhos pequenos, de 2 e 4 anos, para conhecer o maior parque de diversões da América Latina, localizado na cidade de Penha, em Santa Catarina. E me surpreendi positivamente: achei uma ótima opção para as crianças!

Além dos meus filhos bem pequenos, ainda fomos com amigos que levaram mais duas crianças um pouco maiores, de 6 e 8 anos. E posso dizer que todas elas aproveitaram bastante.

Logo na entrada, as crianças têm a altura medida e recebem uma pulseirinha com a permissão para ir em determinadas atrações, para que não precisem ficar passando pela medição em todo brinquedo.

VEJA MAIS: Os melhores shows do Beto Carrero World

parque-beto-carrero-mediçao

As crianças são medidas na entrada do parque para saber se a altura permite ir aos brinquedos (Foto: Passaporte Digital)

Crianças pequenas no parque Beto Carrero

O legal do Parque Beto Carrero é que mesmo as crianças menores de 1,20 conseguem aproveitar bem as atrações. Tem uma área logo à esquerda da entrada do parque, a Triplikland, que foi feita especialmente para os pequenos. Na verdade, mais parece um parque à moda antiga, com roda-gigante, carrinho de bate-bate, elefantinho que “voa”, pedalinho, xícara maluca, carrossel.

parque-beto-carrero-parque-tematico

Baby Elefante, que sobe e desce, é um brinquedo que agrada a crianças de várias idades (Foto: Passaporte Digital)

Além disso, tem um outro setor do parque Beto Carrero, dos Piratas, que as crianças adoraram. Lá tem vários cenários para tirar fotos divertidas, como por exemplo na boca de um tubarão, e uma casa com espelhos que deixam o corpo esquisito (mais alto, superbaixinho, magro, gordinho). Para chegar até esse ponto do parque é preciso passar por uma ponte pênsil que balança muito. Tem que se segurar para não cair!

LEIA TAMBÉM: 5 dicas essenciais para programar sua viagem ao Beto Carrero

parque-beto-carrero-tubarao

As crianças adoraram tirar fotos com o tubarão e outros cenários na área dos Piratas (Foto: Passaporte Digital)

Outros brinquedos que meus filhos pequenos adoraram foi o Raskapuska, uma espécie da antiga montanha encantada, que tinha no Playcenter. É um barquinho que você anda por dentro de um túnel e vê brinquedos e cenários com bonecas, bichos de pelúcia etc. Para os adultos é bem chatinho, mas minha filha de 4 anos amou!

A Vila de Madagascar, com os personagens do desenho, também foi outro ponto de total interesse das crianças menores, principalmente para tirar fotos com o leão Alex, com a hipopótama Gloria e os pinguins, claro!

parque-beto-carrero-madagascar

Adoramos tirar fotos com os personagens do Madagascar (Foto: Passaporte Digital)

Bichos são outra coisa que sempre atraem a atenção dos pequenos. Pois é, lá no Parque Beto Carrero tem um zoológico bem bacana, com macacos, leão, tigre, girafa, elefante e muitos outros animais. Vale a pena ir até lá para observar de perto os animais.

parque-beto-carrero-zoo

A área do zoológico é bem grande, com macacos, girafas, elefante e muitos outros animais (Foto: Passaporte Digital)

Também não deixe de levar as crianças para um passeio no teleférico. É um percurso curto, mas é bem bonito olhar o parque Beto Carrero de cima.

Crianças maiores de 1,20m no parque Beto Carrero

Para as crianças um pouco maiores, acima de 1,20, também tem atrações legais. A começar pelo Velho Oeste, acredito que seja o setor mais antigo do parque, com cenários de aldeia indígena, o chapéu e o letreiro de Beto Carrero e uma réplica do cavalo Faísca, onde as crianças podem colocar a cabeça e simular ser o próprio Beto Carrero.

parque-beto-carrero-letreiro

O letreiro com o nome de Beto Carrero é ponto obrigatório para foto (Foto: Passaporte Digital)

Para as crianças mais “aventureiras”, também tem montanha-russa. A Tigor Mountain é permitida para crianças a partir de 1,10 metro. E elas adoraram, foram duas vezes!

Na parte do Mundo Animal, os bichos são um encantamento para todas as idades, mas confesso que as crianças ficaram fascinados com a área de serpentes. Tinha uma cobra imensa, que parecia ter acabado de almoçar (pelo tamanho de sua “barriga”). Foi bem interessante.

Na área do Madagascar, o Crazy River é bem divertido. A gente não foi por conta do frio, porque o brinquedo molha muito mesmo! Então, como a temperatura estava baixa não arriscamos.

Ah, se as crianças curtem dinossauros também vão amar a DinoMagic. É um trecho todo percorrido por um trenzinho que dá uma grande volta pelos “fundos” do parque Beto Carrero. Em uma parte do passeio, um ator interpreta o Beto Carrero e salva o nosso trem dos bandidos armados que tentavam assaltar os passageiros. Bem legal! Depois, a gente entra em um túnel e cai no parque dos dinossauros, com luzes e réplicas dos animais.

VEJA TAMBÉM: Onde ficar no Beto Carrero

Parque Beto Carrero para adultos

Se você quer aproveitar as atrações mais “adultos” do parque Beto Carrero, vá direto para a área Aventura Radical. É lá que estão as duas montanhas-russas do parque e a famosa Big Tower, aquela torre de queda vertical. Ela tem 100 metros de altura, o equivalente a um prédio de 30 andares, e despenca a uma velocidade de 120 km/hora!

parque-beto-carrero-torre

Com 100 metros de altura, só um de nós teve coragem de encarar a torre (Foto: Passaporte Digital)

Eu curti bastante a montanha-russa FireWhip, que tem os trilhos na parte de cima e muitos (mas muitos) loopings. Fomos também na StarMountain, mas eu não curti muito porque chacoalha demais!

Outro brinquedo legal para os adultos é o FreeFall, um “elevador” que despenca a 90 km/hora!

Para dar um descanso, a Vila Germânica é uma graça, ideal para uma pausa para um almoço ou um chopinho.

parque-beto-carrero-vila-germanica

A Vila Germânica é o lugar ideal para uma pausa para um chope (Foto: Passaporte Digital)

Se quiser mais detalhes para planejar o dia no parque do Beto Carrero, segue o mapa com todas as atrações (que você retira gratuitamente na entrada).

mapa-parque-beto-carrero


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Programação infantil SP e arredores

Programação infantil SP e arredores

O que fazer nas férias com a criançada? Se você estiver com tempo livre, selecionamos uma programação infantil SP e arredores que vai ajudar a organizar o período de folga com os pequenos, com opções que vão das mais tradicionais, como zoológico, às mais variadas, como aulas de culinária. Veja mais.

PROGRAMAÇÃO INFANTIL SP

1. Catavento Cultural
Este é um passeio imperdível para curtir com as crianças. No Catavento Cultural as crianças aprendem mais sobre o univeros, galáxias, sistema solar e muito mais de maneira bastante divertida. Vale a pena principalmente para crianças maiores de 5 anos.

catavento-programacao-infantil-sp

No Catavento Cultural crianças aprendem sobre astronomia e planetas de modo divertido (Foto: Divulgação)

Onde: Av Mercúrio, s/n – Pq Dom Pedro II, Brás – São Paulo
Horário de funcionamento: aberto de terça a domingo, das 9h às 16h
Preço: R$ 6 adulto e R$ 3 (criança de 4 a 12 anos, aposentados e idosos). Estacionamento R$ 10.

2. Mercadão Municipal

programacao-infantil-sp-mercado-municipal

As crianças podem experimentar os mais diversos tipos de fruta no Mercado Municipal (Foto: Divulgação)

No mesmo dia que você visitar o Catavento Cultural, aproveite para fazer uma parada no Mercadão Municipal, ali bem próximo. Este é um passeio bem bacana para comer (experimente o big lance de mortadela ou o famoso pastel de bacalhau) e degustar frutas de diferentes regiões do país. Veja mais sobre o mercadão no nosso roteiro de São Paulo.

3. Zoológico de São Paulo
É claro que quem tem criança não pode deixar de conhecer o maior zoológico da América Latina, o Zoo de São Paulo. Se já foi, vale a pena ir de novo e conhecer a exposição de dinossauros que fizeram no local. Bem bacana! Saiba mais sobre o zoológico de São Paulo neste post.

4. Cinema de graça
O Unibes Cultural vai fazer uma semana de cinema gratuita para a criançada no mês de julho, entre os dias 23 e 30, com o Festival de Clássicos Infantis. Leve os pequenos para curtir os filmes que fizeram grande sucesso na telona, como ToyStory, Ratattouille, Os Incríveis, 101 Dalmatas, Rei Leão, e A Bela e a Fera. Pela manhã, acontecem também oficinas para os pequenos! É preciso reservar seu ingresso pelo e-mail [email protected] Valide seu ingresso com 30 minutos de antecedência no local. Programação completa de julho você encontra aqui.
Onde: Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré (ao lado da estação Sumaré)
Preço: grátis

5. Cidade da Criança

passeios-sp-cidade-da-criança

Cidade da Criança tem atração para todas as idades (Foto: Divulgação)

Pertinho de São Paulo, na cidade de São Bernardo do Campo, a 20 quilômetros da capital paulista, fica a Cidade das Crianças, um parque superdivertido com atrações para crianças de todas as idades. Tem teleférico, submarino, roda-gigante, carrinho de bate-bate, splash e muitos outros. Você pode adquirir o passaporte e brincar à vontade ou comprar o bilhete para brinquedo avulso.
Onde: Rua Tasman, 301 – Centro – São Bernardo do Campo – SP
Horário de funcionamento: diariamente (em julho), das 9h às 17h

Preço: R$ 50 (passaporte adulto ou criança a partir de 2 anos) ou R$ 5 por brinquedo avulso

6. Fazendinha
Se quiser uma outra opção com bichos além do zoológico, pode curtir a Fazendinha BichoMania, que fica em Cotia, a aproximadamente 40 quilômetros da capital paulista. Lá, as crianças conhecem de perto vaquinhas, cavalos, ovelhas, avestruzes, macacos e muitos outros bichos.

fazendinha_bichomania

Fazendinha BichoMania é boa opção para levar as crianças, a 40 km de São Paulo (foto: Passaporte Digital)

Onde: Estrada dos Pires 1933, Caucaia do Alto, Cotia – SP
Preço: A entrada custa R$ 34 por pessoa (menores de 2 anos não pagam). Se quiser almoçar por lá, o preço é fixo: R$ 36 por pessoa e R$ 16 por criança (de 3 a 12 anos).

7. Dia de pescaria
Qual criança não gosta de pescar? Uma opção bacana perto de São Paulo é o Parque Maeda, em Itu, a 100 quilômetros da capital paulista. Lá tem pesqueiro, toboágua, cavalo e teleférico, entre outras atrações. Você paga um passaporte para entrar que inclui algumas atrações, almoço e duas bebidas (ou dois picolés). É bem gostoso. Veja o vídeo abaixo.

Mais sobre o Parque Maeda, clique aqui.

Onde: Rodovia SP 75 (Archimedes Lammoglia), no Km 18, Itu – SP
Preço: passaporte R$ 85 por adulto (fim de semana e feriados), R$ 65 (criança de 5 a 1o anos). Criança até 4 anos tem entrada gratuita.

8. Patinação no gelo

tarundu_patinação-no-gelo

Na parte indoor, o parque Tarundu tem pista de patinação no gelo (foto: Divulgação)

Rapel, paintball, arco e flecha, arvorismo, escalada, passeios a cavalo e até patinação no gelo. Estas são algumas das atividades do Parque Tarundu, em Campos do Jordão (SP), a 180 quilômetros de São Paulo. O local tem mais de 30 atividades, com destaque para uma tirolesa de 780 metros. Saiba mais sobre o parque neste artigo.
Onde: Av. José Antônio Manso, 1515, Campos dos Jordão – SP
Horário de funcionamento: aberto todos os dias, das 9h às 18h.
Preço: Entrada R$ 12 por convidado (crianças até 10 anos e idosos pagam R$ 6), incluso: estacionamento e trilhas

LEIA MAIS: Praia de Juquehy é ótima para ir com crianças


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com