Escolha uma Página
5 passeios imperdíveis em Bonito, Mato Grosso do Sul

5 passeios imperdíveis em Bonito, Mato Grosso do Sul

Bonito, no Mato Grosso do Sul, é um daqueles lugares mágicos que você se pergunta por que não visitou antes. Este é realmente o destino certo para os amantes da natureza e para quem curte o turismo de aventura, especialmente o mergulho. Com grutas impressionantes, rios de águas cristalinas e cachoeiras muito limpas, não faltam atrativos para fascinar os turistas. Para ajudar, listamos cinco passeios imperdíveis em Bonito, entre eles a espetacular Gruta do Lago Azul e o delicioso Parque das Cachoeiras. Confira.

1. Visita à Gruta do Lago Azul

bonito-gruta-do-lago-azul

Impressione-se com as formações rochosas da Gruta do Lago Azul (foto: Sectur)

Diversas cavernas submersas estão espalhadas por Bonito, mas uma delas se destaca: a Gruta do Lago Azul, com mais de 80 metros de profundidade. Você vai se impressionar com as formações rochosas e cor deste lago, onde não é permitido nadar.

2. Passeio de bote no Rio Formoso
O Rio Formoso é ótimo para apreciar a fauna e a flora local e curtir as corredeiras e as pequenas cachoeiras. O local também é ideal para praticar diferentes atividades esportivas, como stand-up paddle.

3. Flutuação no rio Sucuri

Deixe-se levar pelas águas transparentes do rio Sucuri, dentro da Fazenda São Geraldo, fazendo a flutuação com snorkel. Observe de pertinho peixes como piraputangas, dourados e muitas outras espécies. Na verdade, vai parecer que você está dentro de um aquário. Prefira fazer o passeio pela manhã.

bonito-rio-sucuri

Você vai se sentir em um aquário na flutuação no rio Sucuri, em Bonito (foto: Sectur Bonito)

LEIA TAMBÉM: 10 destinos para viajar na baixa temporada

4. Descida de rapel no Abismo Anhumas
Olhando de cima não dá para imaginar a imensidão do que é a caverna Abismo Anhumas. Do início do rapel até o fundo da caverna são 72 metros (equivalente a um prédio de 26 andares) de descida vertical. Para quem tem coragem, a recompensa é encontrar um lugar encantado, um lago de águas cristalinas.

Veja o vídeo:

5. Cachoeira Boca da Onça

bonito-cachoeira-boca-onça

Boca da Onça é a maior cachoeira de Mato Grosso do Sul, com 157 metros (foto: Doriana del Sarto/Flickr)

A maior cachoeira do Mato Grosso do Sul, com 157 metros de altura, fica em uma fazenda. O acesso é feito por uma trilha de nível fácil de 4 km e 3h30 de caminhada, passando por outras dez quedas d’água.

Melhor época para ir a Bonito

Entre junho e agosto é a melhor época para fazer as flutuações. Se for em julho, ainda tem o Festival de Inverno. Nos meses de verão, os locais turísticos e hotéis ficam mais cheios.

Quanto tempo ficar?

Recomenda-se pelo menos cinco dias porque há  muitas atrações – e você não consegue ver tantas no mesmo dia, por causa das distâncias e do tempo gasto para visitá-las.

Quanto custa ir para Bonito?

Um de pacote saindo de São Paulo, com 7 noites de hospedagem, passagem aérea ida e volta, translado entre o aeroporto e o hotel e alguns passeios inclusos sai em média R$ 2 mil por pessoa, informa a Visual Turismo. 

VEJA TAMBÉM: 23 lugares para fazer turismo de aventura no Brasil


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com

Dez destinos no Brasil para viajar na baixa temporada

Quer economizar nas viagens? Então, aproveite o período de baixa temporada, entre março e junho e agosto a novembro, para viajar pelo Brasil.

Nos meses menos concorridos do ano é possível economizar no preço de hotéis, passagens aéreas, alimentação e outros serviços turísticos, com descontos que chegam a 50%. Só para se ter ideia, um pacote de viagem com aéreo, hospedagem e refeições incluídas, em hotel cinco estrelas em Porto de Galinhas (PE), pode sair quase R$ 2 mil reais a menos que na alta temporada. Sem contar que os aeroportos estão mais tranquilos.

LEIA TAMBÉM: Três países em conta para visitar

Confira, dez destinos que se destacam na baixa temporada:

1. Porto de Galinhas (PE)

Porto de Galinhas faz tempo bom o ano todo (Foto: David Campbell)

Porto de Galinhas faz tempo bom o ano todo (Foto: David Campbell)

Conhecer de perto as piscinas naturais de Porto de Galinhas é uma delícia em qualquer época do ano – melhor ainda pagando menos. Clique aqui e saiba mais.

2. Maceió (AL)

maceio

Maceió: um dos destinos mais procurados do Nordeste

Como o clima é gostoso o ano inteiro, aproveite para ir nos meses mais em conta: de março a junho e de agosto a novembro. Veja mais sobre Maceió aqui. 

3. Florianópolis (SC)

florianopolis joaquina

Florianópolis fica mais barata entre março e junho (Foto: Rodrigo Soldon)

De março a junho, aproveite para aproveitar as praias de Santa Catarina, em especial Florianópolis. A Serra Catarinense, que é próxima ao litoral, também é muito convidativa neste período, especialmente para os adeptos do turismo de aventura.

LEIA TAMBÉM: Praias brasileiras bonitas e baratas para ficar

4. Ouro Preto (MG)

ouro preto_minas gerais

Ouro Preto e cidades históricas mineiras são boas pedidas entre abril e setembro (Foto: Zaida Machado)

A partir de abril até setembro, as chuvas diminuem em Minas Gerais, sendo uma boa oportunidade para visitar Ouro Preto e outras cidades do roteiro Minas Colonial, como Tiradentes, São João del-Rei e Mariana. 

5. Pantanal (MS e MT)

pantanal_MTUR

Pantanal: a melhor época para ir é de abril a setembro (foto: Ministério do Turismo)

Programe sua viagem ao Pantanal de abril a setembro, quando as águas começam a baixar, aumentando a visibilidade dos animais e vegetação local. Leia mais sobre o Pantanal aqui.

6. Lençóis Maranhenses (MA)

lencois maranhenses

Lençóis Maranhenses fica mais exuberante de maio a setembro (Foto: EBC)

Após a estação chuvosa, de maio a setembro, as lagoas de Lençóis Maranhenses ficam cheias e exuberantes. O Parque de Lençois está inserido nos municípios de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.

7. Fernando de Noronha (PE)

baia do sancho_fernando de noronha

Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, foi eleita a melhor praia do mundo pelo site TripAdvisor

Fora os descontos que chegam a 30%, ir a Fernando de Noronha de abril a junho proporciona trilhas, mergulhos e passeios de barco.

VEJA MAIS: As 10 melhores praias do Brasil

8. Bonito (MS)

bonito

Em Bonito, o foco é o turismo sustentável (foto: MTur_Ichiro Guerra)

A baixa temporada em Bonito vai de março a junho. Aproveite para fazer passeios incríveis e ainda economizar na hospedagem e preço das atrações, apesar de ser um período um pouco chuvoso.

9. Foz do Iguaçu (PR)

foz do iguaçu_flickr RS

Cataratas do Iguaçu são excelente opção fora da alta temporada (Foto: RS)

Tirando os feriados, março a junho são bons meses para visitar as belas Cataratas de Foz do Iguaçu e suas demais atrações, como a Trilha do Poço Preto e a Ilha dos Papagaios.

CONFIRA TAMBÉM: Como pesquisar hotel pela internet

10.  Serra Gaúcha (RS)

canela_serra gaucha

Cachoeira do Caracol, em Canela, é um dos atrativos da Serra Gaúcha (Foto: Passaporte Digital)

Muita gente quer visitar a Serra Gaúcha, principalmente Gramado, no pico do inverno. No entanto, a melhor época se você quiser economizar é de fevereiro a maio e de setembro a outubro. Leia mais sobre a Serra Gaúcha aqui.

5 lugares legais para passar o feriado da Semana Santa

Para muitos religiosos, o feriado da Semana Santa é reservado para orações e jejum. Mas se você é daqueles que não perde um dia de folga a mais para viajar, aproveite essas dicas de 5 lugares bacanas para passar o feriado da Semana Santa. Veja as sugestões:

1. Porto de Galinhas (PE)

porto de galinhas

Praias e piscinas naturais são os principais atrativos em Porto de Galinhas (foto: David Campbell)

As deliciosas piscinas naturais são o que mais chamam a atenção em Porto de Galinhas, destino pernambucano localizado em Ipojuca, a 70 quilômetros de Recife. Eclético, o local agrada famílias com crianças, jovens, casais e idosos. Entre as atrações também tem passeios de jangada e águas boas para surfe. Clique aqui e saiba mais sobre Porto de Galinhas.

2. Bonito (MS)
bonitoEm Bonito, o foco é o turismo sustentável (foto: MTur_Ichiro Guerra)

Lugar ideal para curtir a natureza é Bonito (MS), um dos principais destinos de ecoturismo no Brasil. Entre as principais atividades estão mergulhos em cavernas submersas e rios cristalinos lotados de peixes e outras espécies.

LEIA TAMBÉM: Qual a melhor época para ir ao Pantanal

3. Campos do Jordão (SP)
campos do jordãoCampos do Jordão, a “Suíça Brasileira”, fica a 1700 metros de altitude (foto: Flickr_Leandro Neumann Ciuffo)

Famosa por ser destino de inverno, Campos do Jordão (SP) pode ser uma excelente opção nesta época do ano, quando hotéis e pousadas da região estão mais em conta. No destino tem fábrica de cerveja, passeio de teleférico, jardins temáticos e muita comida boa. Para saber mais sobre Campos do Jordão, clique aqui.

4. Vila Velha (ES)
vila velha_praia da costaPraia da Costa, uma das principais atrações em Vila Velha (foto: Claudio Flickr)

Pertinho da capital do Espírito Santo, Vitória, Vila Velha é um destino turístico ainda pouco explorado, mas muito bacana. Tem praias lindas, como Praia da Costa e Itapuã, além de passeios deliciosos, a exemplo do Convento da Penha (de onde se tem uma vista privilegiada) e a fábrica de chocolates da Garoto. Para saber mais sobre Vila Velha, clique aqui.

LEIA TAMBÉM: 5 motivos irresistíveis para ir a Maragogi

5. Nova Petrópolis (RS)nova petrópolisPraça das Flores é uma das principais atrações de Nova Petrópolis (Foto: Mauro Stoffel – Divulgação)

Na famosa Serra Gaúcha, Nova Petrópolis é uma graça de cidade: pequena, aconchegante e charmosa. O melhor é que você pode ficar em um lugar tranquilo, mas bem pertinho da agitada Gramado, a apenas 35 quilômetros. Daí dá para aproveitar o melhor dos dois destinos. Clique aqui e saiba mais sobre Nova Petrópolis.

LEIA TAMBÉM: O que fazer na Serra Gaúcha

Feriado sem folia: 6 lugares tranquilos para passar o carnaval

Você adora feriado, mas detesta tumulto, música alta e muvuca? Então, selecionamos seis lugares tranquilos para passar o carnaval bem longe do agito. Tem opções de praia, interior e montanha, para curtir os dias de folga com muito sossego e descanso. Veja as sugestões:

1. Costa dos Corais (AL)

Barra Santo Antônio alagoas

Barra de Santo Antônio, um dos municípios da chamada Costa dos Corais, em Alagoas

Que tal passar o feriado em uma piscina natural, fazendo mergulho ou descansando em praias paradisíacas? Então, a pedida é escolher a Costa dos Corais, com 130 quilômetros de praias no litoral alagoano e opções para surfar ou para nadar. A região abrange os municípios de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio, Paripueira e Passo de Camaragibe.

LEIA TAMBÉM: 5 motivos irresistíveis para ir a Maragogi

2. Brumadinho (MG)

inhotim_brumadinho

Brumadinho abriga o famoso Instituto Inhotim, paraíso das artes (foto: Flickr/Claudia Regina)

A cidade mineira de Brumadinho abriga o paraíso da arte contemporânea, o famoso Instituto Inhotim, localizado a 60 quilômetros de Belo Horizonte. Com 45 hectares, cinco galerias e mais de 800 obras, o local permanecerá aberto durante todos os dias do carnaval. Não deixe de conferir também as belezas do jardim botânico. Só para lembrar, em 2014, Inhotim foi eleito por internautas um dos 25 melhores museus do mundo, à frente, por exemplo, do Louvre, em Paris. Preço: R$ 25 (terças e quintas) e R$ 40 (sextas, sábados e domingos). A partir de 3 de fevereiro, entrada gratuita às quartas-feiras.

3. Bonito (MS)

bonito

Em Bonito, o foco é o turismo sustentável (foto: MTur_Ichiro Guerra)

Para quem prefere curtir a natureza de forma intensa, a dica é ir para Bonito (MS), um dos principais destinos mundiais de ecoturismo e turismo sustentável. Entre as principais atividades estão mergulhos em cavernas submersas e rios cristalinos lotados de peixes e outras espécies. Para 2015, a prefeitura da cidade já divulgou que não fará festa de carnaval, portanto, sossego total para os visitantes que passarem por lá no feriado.

LEIA TAMBÉM: Qual a melhor época para ir ao Pantanal

4. Santo Antônio do Pinhal (SP)

santo antonio do pinhal_divulgacao

Vista do Pico do Agudo, em Santo Antônio do Pinhal (Foto: Divulgação)

Cachoeiras e montanhas são os passeios favoritos de quem vai a Santo Antônio do Pinhal, charmosa cidadezinha no interior de São Paulo, a apenas 175 quilômetros da capital. Na contramão da temporada, o destino é pura tranquilidade no verão. Aproveite porque muitos hotéis e pousadas da região fazem promoções neste período. Para saber mais sobre Santo Antônio do Pinhal, clique aqui.

5. Novo Airão (AM)

novo airao_amazonia

Interação com boto é atração em NOvo Airão, na Amazônia (foto: Flickr_Georgia Sinimbu)

Na Amazônia, a cidade de Novo Airão é uma opção bem tranquila para passar o carnaval. Com mais de 400 ilhas, lagos e igarapés, uma das principais atrações no destino é interagir com os botos, no Parque Nacional de Anavilhanas. O valor do ingresso é  R$ 15 (crianças e idosos acima de 60 anos pagam R$ 7,50). No local, os turistas podem fotografar os animais bem de pertinho, apreciar a paisagem e conhecer um pouco da vida dos mamíferos.

LEIA TAMBÉM: Faça um passeio de balão na Amazônia

6. Vila Santo André (BA)

vila de santo andre bahia

Na Vila Santo André, na Bahia, turista encontra praias quase desertas

Praias quase desertas, mar calmo e piscinas naturais formadas pelos recifes. Isso é o que oferece a pacata Vila Santo André, no distrito de Santa Cruz Cabrália, a menos de 40 km de Porto Seguro, no litoral sul da Bahia. Trata-se de um ambiente rústico, de natureza exuberante e preservada. Aproveite para tomar banho de mar e de rio, fazer caminhada, passear de barco e até andar a cavalo.

LEIA MAIS: Roteiro de praias em Porto Seguro