Escolha uma Página
Water Park Caldas Novas: diversão para todas as idades

Water Park Caldas Novas: diversão para todas as idades

O Water Park Caldas Novas foi uma das agradáveis surpresas na viagem ao paraíso das águas quentes. O parque aquático é ótimo para crianças de todas as idades, pois tem atrações até mesmo para os menores. Eu estava com quatro crianças, com idades entre 2 e 8 anos, e todas se divertiram bastante, tanto no rio lento quanto nos toboáguas e na piscina de ondas.

No caso das crianças menores, a dica é ficar na área infantil. Ali, há uma piscina beeem rasinha que tem até miniescorregadores para bebês, uma delícia, pois nem precisa colocar boia neles.

LEIA TAMBÉM: Caldas Novas de carro

Ao lado desta piscina, tem uma outra para crianças um pouquinho maiores. Minha filha de 4 anos adorou os quatro toboáguas “radicais” para a idade dela. Outra atração muito legal desta parte do parque é um balde gigante que fica no alto e vai enchendo de água até se virar sobre as pessoas, molhando todos que estão embaixo.

water-park-caldas-novas-piscinainfantil

Área infantil do Water Park Caldas Novas

Para os mais grandinhos, e até mesmo os adultos, tem toboáguas maiores, embora nenhum deles seja tão radical. Há também uma espécie de rampa que dá para escorregar com boia ou sem (este só pode ir criança acima de 5 anos).

Para mim, um dos lugares que mais gostei no Water Park Caldas Novas foi o rio lento. Você fica sendo levado por uma leve correnteza. Ótimo para relaxar. Se quiser, pode alugar uma boia gigante (R$ 14) e ficar flutuando por ali.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Caldas Novas

A piscina de ondas também chama muito a atenção. Ela fica calminha na maior parte do tempo, mas de tempos em tempos começam as ondas. É bem divertido. Essa é uma das únicas piscinas que a água não é quente – por isso mesmo achamos ótima para dar um refresco no calor.

Uma dica legal: nas redondezas ficam uns ambulantes vendendo capinhas à prova d´água para celulares. É muito bom, porque você consegue tirar umas fotos bem legais. Paguei R$ 10.

Alimentação e estrutura no Water Park Caldas Novas

water park caldas novas

Water Park Caldas Novas tem atrações para todas as idades (Foto: Divulgação)

Não é permitido levar bebidas de fora. Eu particularmente achei as coisas um pouco caras lá dentro. O crepe custa R$ 10, um x-burguer por R$ 16, cerveja a R$ 7,90, suco de latinha R$ 6,90. Uma das coisas boas é que tem almoço por quilo. Bem simples, mas acho que atende para matar a fome. Ah, tem sorvete também por quilo – esse eu não achei caro ;).

Para quem for passar o dia, tem vestiário com chuveiros que também dá para tomar um banho antes de ir embora.

O Walter Park Caldas Novas pertence ao Grupo Privé. Quem fica hospedado em um dos hotéis da rede pode entrar neste parque sem pagar entrada. Outra facilidade é usar o cartão do hotel para registrar os gastos no parque, assim nem precisa levar dinheiro ou cartão de crédito, você acerta tudo no check-out. Eu fiquei no hotel Privé Boulevard Suites, mas não recomendo. Se quiser, pode ler minha avaliação sobre o hotel no Trip Advisor.

Quem não for hóspede mas quiser passar o dia no Water Park Caldas Novas pode comprar o ingresso a parte. Veja no site aqui.

Preços 

Adulto: R$ 80,00
Acima de 60 anos: R$ 40,00
Criança de 8 a 12 anos: R$ 40,00
Criança até 7 anos acompanhada de pagante tem entrada grátis

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 18h (fechado às quintas)

Localização: Rua do Balneário – Qd. 10 – Lt. 19 – Bairro Turista. Caldas Novas – Goiás


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Caldas Novas de carro, a partir de São Paulo

Caldas Novas de carro, a partir de São Paulo

Ir para Caldas Novas de carro, a partir de São Paulo, é uma viagem e tanto! Encaramos esta aventura de 758 quilômetros de viagem com duas crianças a bordo, de 4 e 2 anos, e posso dizer que não foi difícil não. Como paramos duas vezes, para tomar café da manhã e almoçar, o trajeto que geralmente leva 9 horas foi de 12 horas no total! Mas valeu a pena!

Apesar das longas horas de viagem, ir para Caldas Novas de carro não é ruim. As estradas são boas, quase todas duplicadas, tranquilo para dirigir (veja o itinerário abaixo). Claro que fomos guiados pelo Waze, mas é bem fácil o caminho mesmo sem GPS.

LEIA MAIS: O QUE FAZER EM CALDAS NOVAS

caldas-novas-de-carro

O que pesa um pouco no bolso são os pedágios (muitos por sinal!). Fomos em dezembro de 2016 e gastamos R$ 198 com pedágios, ida e volta.

De combustível, foram quase dois tanques de gasolina, num total de aproximadamente R$ 300.

Ainda assim, a economia foi grande com relação ao avião. Não conseguimos nenhuma promoção e os custos com as passagens aéreas para dois adultos e duas crianças estava em torno de R$ 2000.

Aliás, Caldas Novas tem um aeroporto que recebe alguns voos geralmente de excursões, geralmente duas vezes por semana apenas. Também daria para pegar um voo para Goiânia ou Brasília e fazer um trecho de carro, mas não ia compensar pagar a passagem aérea mais o aluguel do carro.

Então, resolvemos encarar a viagem para se deliciar nas inúmeras piscinas de águas quentes do destino.

VEJA MAIS: Tudo sobre o Water Park em Caldas Novas

Como chegar em Caldas Novas de carro 

Bom, então vamos ao caminho para chegar ao paraíso das águas quentes. Saindo de São Paulo, você vai passar pela Rodovia dos Bandeirantes, Anhanguera, BR-050, MG-223, MG-413 e, finalmente, a GO-139 até a chegada a Caldas Novas.

Como disse, as estradas são muito boas para chegar até lá. Somente o trecho final, a GO-139, que é pista única (uma que vai e outra que vem)e, portanto, um caminho que exige um pouco mais de atenção. Por isso, na hora de programar a viagem, procure percorrer este trecho de estrada durante o dia.

caldas-novas-de-carro-restaurante

Almoçamos no restaurante Porteira da Serra, com comida típica mineira (Foto: Passaporte Digital)

No nosso caso, saímos de São Paulo às 4 da manhã. Paramos para tomar café da manhã na estrada e seguimos viagem até Araguari (MG), quase na divisa com Goiás, onde paramos em um restaurante típico mineiro chamado Porteira da Serra, na própria BR-050. Aliás, indico o local! Comida caseira e gostosa, no fogão a lenha. Pagamos R$ 35,90 por adulto. Criança de 5 a 12 anos paga R$ 19,90, come à vontade, com sobremesa.

Por favor, antes da viagem, não deixe de fazer a manutenção preventiva do veículo. Isso reduz o risco de começar a viagem com o pé esquerdo.

VEJA MAIS: Os 10 melhores parques aquáticos do Brasil 


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.