Escolha uma Página
7 motivos para visitar a Praia da Mococa em Caraguatatuba

7 motivos para visitar a Praia da Mococa em Caraguatatuba

Quer uma praia tranquila, com mar calminho e boa infraestrutura no litoral norte de São Paulo? A dica é a Praia da Mococa, em Caraguatatuba.

A 15 quilômetros do centro de Caraguá, a praia da Mococa fica entre a movimentada Praia da Cocanha e a Praia de Tabatinga, já a caminho de Ubatuba, para quem vem de São Paulo.

Com diversos quiosques, rede de vôlei, aluguel de caiaques e stand-up, a praia da Mococa é ótima para banho, lugar ideal para ir com crianças, já que o mar é beeeem calminho, quase sem ondas. E ainda tem um rio no final da praia, que é uma delícia!

praia da mococa rio

Rio da praia da Mococa, ótimo para aproveitar com as crianças (Foto: Passaporte Digital)

Veja porque eu gostei bastante de conhecer a praia da Mococa.

 

Atrações da Praia da Mococa

1- Rio “de brinde”

praia da mococa rio

Praia da Mococa ainda tem um rio “de brinde” (Foto: Passaporte Digital)

Ao final da faixa de areia, a praia da Mococa ainda tem um rio, que dá para nadar e curtir um pouco de água doce. Esta é uma ótima pedida para quem não gosta de água salgada, embora os quiosques da praia também ofereçam chuveirões para tirar o sal.

2- Areia preta

praia da mococa

As crianças adoraram a areia preta: que dizem ter propriedades boas para a saúde (Foto: Passaporte Digital)

Uma das coisas mais curiosas da praia da Mococa é a areia com tons de preto. Há quem ache estranho ou mesmo feio, mas eu achei bem interessante. Depois, fui pesquisar na internet e vi algumas informações (não sei se são de fontes confiáveis) de que se trata de uma areia monazítica, que dizem fazer bem para artrites, inflamações e dores reumáticas, por conter minerais como o Tório e o Urânio.

Por bem ou por mal, acho que dá para brincar legal com as crianças!

3- Passeio de caiaque para a ilha

A Praia da Mococa é o local mais próximo para saídas à Ilha do Tamanduá, que fica logo à frente. Esta Ilha é muito procurada para a prática de pesca esportiva e mergulho livre. Quem preferir, pode chegar até lá de caiaque, que pode ser alugado ali mesmo no local. Pesquisei em algumas barracas e custa R$ 25 para duas pessoas, período de meia hora (mas se chorar, 40 minutos)!

praia da mococa rio e mar

Parte da praia da Mococa onde o rio encontra o mar (Foto: Passaporte Digital)

4- Tem salva-vidas na praia

Quem vai a praia com crianças, dá muita importância para a segurança e a infraestrutura do local. Uma das coisas que eu mais gostei na praia da Mococa é que o local conta com salva-vidas. Pelo menos no dia em que eu estive lá, em feriado prolongado, eles estavam de plantão!

A praia é ótima para banho, mas mesmo assim tem gente que abusa né? Por isso, acho superválido tem guarda-vidas, principalmente perto da área do rio, que tem alguns pontos mais fundos.

5- Preços justos

praia da mococa cardapio

Cardápio do quiosque na praia da Mococa (Foto: Passaporte Digital)

Quando a gente fala de litoral norte de São Paulo, logo se pensa em preços altos. Porém, achei os valores cobrados na praia bastante razoáveis, tanto de comida, bebida como de acessórios. Paguei R$ 20 em uma bolsa de praia bem legal. Também tinham várias barracas de cangas e saídas de praia espalhadas na areia com preços justos.

Nos quiosques também achei que os valores estão dentro da normalidade. Fiz umas fotos do cardápio para ter uma ideia dos preços (novembro de 2018). Recomendo a porção mista, que vem com camarão, cação, lula e fritas! Deliciosa e muuuito bem servida!

6- Pode levar bebida e sentar na mesa do quiosque

praia da mococa quiosque

Quiosques da praia da Mococa ficam bem pertinho do mar (Foto: Passaporte Digital)

Uma coisa que eu vi pela primeira vez, é que os quiosques desta praia permitem que o cliente leve a própria cerveja e consuma somente a comida no local. Achei bem interessante a proposta. Então, se você quer economizar ou gosta de levar a própria cerveja para curtir um dia de sol, na praia da Mococa isso é possível.

7- Tem estacionamento quase dentro da praia

Mais uma facilidade que encontrei na praia da Mococa foi poder parar o carro quase dentro do mar… rs. O “estacionamento” fica atrás dos quiosques, com muitas vagas, bem pertinho da faixa de areia. Claro que tem a caixinha do guardador, mas isso faz parte né?

E, você, tem alguma dica legal de praia para ir com crianças? Conta aqui nos comentários!

E não se esqueça de nos seguir no Facebook e no Instagram! Até a próxima viagem!


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Curta as piscinas naturais de Taipu de Fora, na Bahia

Curta as piscinas naturais de Taipu de Fora, na Bahia

Se você quer umas férias bem relaxantes, que tal cogitar a praia de Taipu de Fora, na Península de Maraú, na Bahia? Com suas piscinas naturais, coqueiros, areia branca e cachoeiras, o local é perfeito para descansar ou levar as crianças.

Para quem gosta de mergulhar, Taipu de Fora também é um prato cheio. Durante as luas cheia e nova, quando a variação da maré é maior, as águas ficam especialmente incríveis para a prática de mergulho, tanto para o livre (flutuação) quanto para o autônomo (com cilindro). Isso porque a variação da maré faz com que os recifes de corais fiquem expostos totalmente para fora da água.

Para os iniciantes, a dica é o “batismo”, que é a introdução às técnicas e práticas do mergulho de cilindro. Um dos locais que oferecem o serviço é a Pousada Taipu de Fora (R$ 120).

peninsula marau_taipu de fora

Relaxar é a palavra-chave em Taipu de Fora, a 250 km de Salvador (foto: Divulgação/Pousada Taipu de Fora)

A Península de Maraú fica no sudeste da Bahia, na chamada Costa do Dendê, a 250 km ao sul de Salvador. O local conta com 50 quilômetros de praias, piscinas em recifes de corais, coqueirais, cachoeira, ilhas e manguezal. Além de Taipu de Fora, também não deixe de conhecer outros paraísos, como a Lagoa do Cassange, Praia do Algodões, Rio Carapitangui e Barra Grande.


Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com
Aproveite a paradisíaca praia de Jericoacoara, no Ceará

Aproveite a paradisíaca praia de Jericoacoara, no Ceará

Se você está procurando um cenário paradisíaco, de cinema mesmo, pode apostar que a praia de Jericoacoara é um deles! O destino fica a 300 quilômetros de Fortaleza e, além da praia famosa pelo incrível pôr-do-sol, tem lagoas de águas transparentes, a famosa “Pedra Furada” e muitos passeios interessantes.

Para contar tudo o que se pode – e deve – curtir por lá, quem dá as dicas é a nossa colaboradora e escritora Danielli Kolossoski, que morou em Jeri por quatro anos.

Além da praia principal de Jericoacoara, aquela que tem redes em pleno mar, outro lugar muito procurado pelos turistas é a Praia da Malhada, como os moradores chamam o cantinho direito de lá. Veja mais lugares imperdíveis em Jericoacoara.

>>> Lagoas Azul e Paraíso

jericoacoara_lagoa do paraiso

São 40 minutos para chegar à Lagoa do Paraíso e relaxar (foto: Bart van Dorp/Flickr)

Entre os passeios que não podem faltar no roteiro, Dani sugere as lagoas de águas transparentes Azul e do Paraíso, que ficam a 40 minutos de Jeri. “O ideal é ir com as D-20, carros que levam os turistas e saem diariamente na rua principal”, conta ela. O passeio custa, em média, R$ 20 por pessoa. Eles levam os turistas até um dos restaurantes pela manhã e retornam para buscá-los no final da tarde. “Restaurantes que sugiro: Alquimyst (divino) e Restaurante do Paolo (almoço divino)”.

 
>>> Pedra Furada
Existe também o passeio à Tatajuba, a antiga cidade que foi coberta pelas dunas com o passar do tempo. Por ser mais distante, o jeito é alugar um bugue com as diversas agências que tem lá (sugiro a agência Byboogie – procurar por Francisca). Esse passeio custa em média R$ 200/300 (para até 4 ou 5 pessoas) e você pode aproveitar e pedir para passar no final do dia para ver a famosa Pedra Furada. Ah, é bom lembrar que em Jericoacoara venta muuuito! Por isso que é conhecida internacionalmente e recebe tantos turistas estrangeiros para a prática do kitesurfe e windsurfe.
 
jericoacoara_tatajuba

Alugue um bugue é vá à Tatajuba, uma antiga cidade coberta pelas dunas (foto: Helder da Rocha/Flickr)

>>> Melhor época pra ir
A temporada em Jericoacoara começa a partir de julho e vai até o fim do carnaval. No primeiro semestre, é a época que eles chamam de “inverno”, pois costuma chover. A partir do segundo semestre, a temporada começa bombando: tanto de turistas, quanto de vento. De agosto a novembro, o vento é muuito mais intenso, recebendo assim muitos estrangeiros para a prática dos esportes.

 
 

Alessandra Oggioni

Alessandra Oggioni

Jornalista, mãe e apaixonada por viagens. Seu passatempo preferido é desenhar roteiros e dar pitacos na viagem dos amigos. Depois de passar por mais de 12 países e mais de 30 cidades pelo mundo, criou o blog Passaporte Digital, para reunir dicas de viagem para os melhores destinos no Brasil e no exterior.


Booking.com

5 razões para programar sua viagem a Curaçao, no Caribe

Pense em um lugar repleto de praias de areia branca, com águas deliciosas para mergulho e snorkeling e ainda culturalmente rico? Assim é Curaçao, no Caribe. Eu sei que falar de um destino bonito no Caribe é meio redundante, mas Curaçao promete surpreender.

curacao

Além das belas praias, Curaçao é um destino culturalmente rico no Caribe

Para provar o que estamos falando, aqui vão cinco razões para você programar agora a sua viagem a Curaçao, a pequena ilha “colorida” no Caribe.

1- É um Patrimônio Mundial da Unesco

willemstad curaçao

A capital Willemstad é considerada Patrimônio Mundial da Unesco

A capital de Curaçao, Willemstad, é considerada Patrimônio Mundial da Unesco. Estando por lá, não deixe de visitar o Handelskade, o famoso porto de frente para as famosas construções históricas coloridas.

2. É um dos melhores lugares do mundo para mergulho

mergulho em curacao

Curaçao é muito procurada por mergulhadores amadores e profissionais (foto: iStock)

De acordo com a revista Scuba Diving, Curaçao é o terceiro melhor lugar do mundo para mergulho. A costa oeste da ilha geralmente é mais procurada, pois alguns locais chegam a ter mais de 30 metros de visibilidade. Também há alguns cargueiros afundados, como o Superior Producer, que naufragou em 1977.

3. É um lugar de rica cultura e ótimos passeios
Punda
e Otrobanda são bairros de Willemstad onde os turistas encontram a maioria das atrações culturais. Entre elas, não deixe de conhecer a Sinagoga Judaica, o Museu Kura Hulanda, o Mercado Flutuante, o Museu Postal e o Sea Aquarium. Para comer, em Punda tem o Waterfort Arches, espaço com diversos restaurantes legais que ficam abertos especialmente à noite, com música ao vivo. Já em Otrobanda, o destaque para almoço ou jantar é o Brionplein.

4. É repleto de praias calmas e cristalinas

praia lagun_curacao

Entre as belas praias de Curaçao está Lagun, ótima para mergulho (foto: iStock)

Quase todas as praias de Curaçao estão localizadas na costa protegida, com águas calmas e de um tom de azul cristalino. Em algumas praias há uma taxa de admissão que às vezes inclui cadeira de praia. Entre as mais procuradas estão: Kenepa Grandi (acesso livre), Seaquarium Beach, Portomari e Cas Abao (acessos pagos).

5. É possível fazer um safári em pleno Caribe

curacao_safari

Visita a Curaçao pode incluir um surpreendente safári (foto: Divulgação)

A Yellow Jeep Safaris realiza sáfaris na ilha de Curaçao. O passeio explora toda a Costa Norte e inclui visita a uma caverna e também ao belo Parque Nacional de Christoffel. Mais informações no site. Preço: a partir de US$ 99.

Búzios: ótimo destino de praia no Rio de Janeiro

Muito estrangeiros já descobriram os encantos de Armação dos Búzios ou Búzios, como é conhecida a ilha fluminense – que se tornou o quinto destino mais visitados pelos gringos no Brasil, segundo pesquisa do Ministério do Turismo. A apenas 170 quilômetros da capital do Rio, a cidade é ótima escolha para quem quer passar dias tranquilos curtindo o mar. E olha que tem praia: são 23 opções, uma mais bonita que a outra.

buzios

Búzios, quinto destino mais visitados pelos gringos no Brasil

Com águas transparentes, Búzios tem praias curtas, de faixa de areia estreita, ou mais extensas, como Geribá e Tucuns, onde é possível praticar surfe, stand up paddle, vela e kitesurf.  Já para quem quer mergulhar, as praias mais indicadas são as de João Fernandes, João Fernandinho, do Forno, Azeda e Azedinha.

VEJA TAMBÉM: Curta as atrações do Rio de Janeiro

buzios_joao fernandinho

Praia de João Fernandinho, em Búzios, é boa para mergulho (foto: iStock)

Se você vai passar pouco tempo e quer visitar várias praias, dá para utilizar o serviço de táxi marítimo. São pequenas embarcações que partem da Praia do Canto e vão para as praias vizinhas, como a dos Ossos, a Azeda, a Azedinha, a de João Fernandes e a Tartaruga.

Búzios era uma vila de pescadores que ganhou projeção após ser visitada pela atriz Brigitte Bardot, nos anos 1960. A artista ganhou até uma estátua e o nome da Orla principal, a Orla Bardot.

Ah, para passear ou experimentar a culinária local, não deixe de visitar a Rua das Pedras, onde estão os principais restaurantes, bares e lojas. Para apreciar o pôr do sol indica-se o Cais do Porto, que também dispõe de restaurantes e galerias.

CONTINUE LENDO:
Dicas de restaurantes no Rio
Dicas de hotéis no Rio de Janeiro