Foz do Iguaçu – Dicas

foz do iguacu cataratas dicas
Antes de ir a Foz do Iguaçu, confira nossas dicas (Foto: Passaporte Digital)

Fui para Foz do Iguaçu, no Paraná, e quero compartilhar com você algumas dicas que eu vivenciei por lá e quase não encontrei em nenhum site ou blog.

Sempre que vou viajar, anoto esses detalhes para depois repassar, para que as pessoas aproveitem melhor o tempo e economizem, claro! Veja só as dicas que reuni abaixo. Ah, e se você tiver mais alguma sugestão, aproveite para escrever pra gente nos comentários!

VEJA TAMBÉM: 10 passeios em Foz do Iguaçu

 

Foz do Iguaçu – Dicas importantes

1. Alugue um carro, sim

Muitos hotéis e empresas de turismo oferecem transfers para os principais pontos turísticos de Foz do Iguaçu, mas eu recomendo mesmo é alugar um carro.

Além de ter mais flexibilidade com horários, você pode otimizar o tempo da viagem, conhecendo lugares próximos no mesmo dia. Por exemplo, você pode visitar o templo budista (que é lindo) depois do passeio à Usina de Itaipu.

No meu caso, verifiquei que meu carão de crédito cobre diversos seguros na hora de locar um carro com o cartão. Com isso, o valor da diária ficou bem mais em conta. Veja com sua operadora se você tem direito a esse benefício. Quem sabe, né?

 

2. Faça o seguro Carta Verde

foz do iguaçu dicas
Para atravessar a fronteira é preciso contratar o seguro Carta Verde (Foto: Passaporte Digital)

Se estiver em Foz do Iguaçu e for atravessar a fronteira de carro, o Seguro Carta Verde poderá ser solicitado na imigração.

A Carta Verde é o seguro obrigatório para veículos que ingressam em países do Mercosul. O objetivo é cobrir indenizações por danos causados a terceiros, de proprietários ou condutores de veículos de passeio em países do Mercosul – que não seja seu país de origem.

Se você for fazer o aluguel do veículo em Foz do Iguaçu, verifique a contratação com a seguradora no momento da locação. Se for para lá com o seu próprio carro, poderá solicitar a um corretor de seguros ou contratar lá mesmo. Vi vários lugares perto da fronteira com a Argentina oferecendo esse serviço.

 

3. Troque pesos argentinos aqui no Brasil

Se você pretende visitar as cataratas do lado argentino, vai ter que pagar a entrada do parque e o estacionamento da atração na moeda local. Por isso, a minha dica é trocar o dinheiro em sua cidade de origem e já levar a quantia que vai usar, para não ter que correr para encontrar uma casa de câmbio em plena viagem.

Para uma família de quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças não-pagantes, levamos 1.500 pesos, e foi suficiente. Pagamos 800 pesos de entrada do parque (que só aceita peso, nem cartão, nem real, nem dólar) e mais 100 pesos de estacionamento. O restante, compramos água e algumas comidinhas. Porém, dentro do parque, eles aceitam real, mas fazem a conversão da moeda no local, o que nem sempre é vantajoso.

 

4. Compre o “combo” para ter desconto em atrações

Se você for fazer três das principais atrações de Foz do Iguaçu, aconselho comprar o Passaporte 3 Maravilhas. Ele dá desconto nos ingressos das Cataratas do Iguaçu, Itaipu e Marco das Três Fronteiras.

marco das fronteiras show
Passaporte 3 Maravilhas dá desconto nas entradas, como na do Marco das Três Fronteiras (Foto: Passaporte Digital)

Por exemplo, um adulto paga R$ 89 no Passaporte para essas três atrações, além de descontos nos estacionamentos e restaurantes dos pontos turísticos. Se fosse comprar individualmente, somente os ingressos desses três locais sairiam por R$ 94,90, fora os estacionamentos e alimentação.

Para adquirir o Passaporte, é só comprar em um dos três pontos turísticos participantes (compre no primeiro que for visitar).