10 Passeios em Foz do Iguaçu

passeios em foz de iguaçu

Quando comecei a pesquisar a viagem, minha maior dúvida era quais passeios em Foz do Iguaçu priorizar, afinal são muitas atrações e tinha apenas cinco dias para curtir.

Escolher os passeios em Foz do Iguaçu não foi fácil, por isso decidi compartilhar aqui dez locais que não podem faltar no roteiro de quem visita a cidade das Sete Novas Maravilhas da Natureza.

Localizada no extremo oeste do Paraná, Foz do Iguaçu é a terceira cidade mais visitada por estrangeiros que vêm ao Brasil por motivo de lazer, segundo o Ministério do Turismo. De quatro a cinco dias é um tempo bacana para aproveitar bem o destino.

VEJA OUTRAS DICAS PARA ECONOMIZAR EM FOZ DO IGUAÇU NESTE POST AQUI

Para facilitar, organizei aqui os passeios em Foz do Iguaçu em cinco dias. Se quiser baixar o roteiro em uma planilha para levar na viagem, CLIQUE AQUI e receba gratuitamente o arquivo, com o endereço de todas as atrações, dias e horários de funcionamento e preços.

 

Roteiro dia 1 – Passeios em Foz do Iguaçu

 

1. Cataratas do Iguaçu

foz do iguaçu_cataratas-do-iguacu
As Cataratas do Iguaçu é uma das maiores quedas em volume d’água do mundo (Foto: Acervo Cataratas do Iguaçu S.A)

É claro que entre os passeios em Foz do Iguaçu, o Patrimônio Natural na Humanidade e uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, as Cataratas do Iguaçu, é o primeiro da lista.

Esta é uma das maiores em volume d’água do mundo, com 275 quedas no total!

Funciona assim: na portaria do Parque Nacional do Iguaçu, o visitante embarca em um dos ônibus que levam até o início da trilha das cataratas.

Chegando lá, você já vai dar de cara com muitos quatis. Eles são fofos, mas tenha cuidado, porque eles costumam “roubar” a comida de visitantes. Vi eles pegando o salgadinho de uma pessoa! Meus filhos até ficaram com um pouco de medo, mas é só manter uma certa distância que não tem problema.

A vista das quedas só do início da trilha já é impressionante. Mas caminhando por toda a extensão, há vários pontos de parada, com vários ângulos diferentes das cataratas. Um mais lindo que o outro.

O percurso todo tem cerca de 1.200 metros de extensão. Mas é praticamente só descida, super fácil de fazer, até mesmo com crianças. Recomendo levar protetor solar (embora a trilha seja quase toda coberta pelas árvores) e repelente.

No final desta trilha, tem um acesso para a chamada Garganta do Diabo, uma espécie de “ponte” que fica bem de frente para as cataratas. É incrível! Você acaba se molhando um pouco, mas foi até bom porque estava bem calor. Eu não achei necessário comprar capa de chuva, que aliás vendedores ambulantes tentam te empurrar logo na entrada.

O Parque Nacional do Iguaçu ainda tem outras atrações, como o famoso Macuco Safari, aquele que dá ver as cataratas de barco) e a Trilha do Poço Preto (9 quilômetros a pé, de bike ou carro elétrico até a lagoa do Poço Preto).

Cataratas do Iguaçu preço
– Brasileiros R$ 37,30 (adulto) – ingresso + transporte.
– Criança de 2 a 11 anos: entrada grátis, paga apenas R$ 10,00 pelo transporte.
– Idoso (a partir de 60 anos): entrada grátis, paga apenas R$ 10,00 pelo transporte.

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 17h.

Localização: Av das Cataratas, km 18

Dica do Passaporte Digital: se puder, prefira visitar as cataratas fora do final de semana, pois aos sábados, domingos e feriados o parque costuma ficar mais lotado.

 

2. Parque das Aves

passeios em foz do iguaçu
No Parque das Aves, é possível entrar no viveiro das araras

Depois de visitar o Parque Nacional do Iguaçu, ali quase do lado tem o imperdível Parque das Avescom mais de 150 espécies voando bem próximas do público, que pode literalmente entrar nos viveiros.

O mais legal do parque é que metade das aves que estão ali foram resgatadas de maus tratos e tráfico. Tem até arara-azul que, vira e mexe, vem pousar nos ombros dos turistas.

parque das aves
Flamingos e outras aves são destaques no Parque em Foz do Iguaçu (Foto: Passaporte Digital)

Dica do Passaporte Digital: toda segunda-feira é folga das araras. Por isso, se quiser tirar aquela famosa foto com a arara no braço, vá em outro dia.

Parque das Aves preço:
– Adulto: R$ 40 por pessoa (brasileiro)
– Criança até 8 anos: entrada grátis
– Idoso e criança de 9 a 12 anos: meia-entrada

Horário de funcionamento: diariamente, das 8h30 às 17h

Localização: Av das Cataratas, km 17,1

 

Roteiro dia 2 – Passeios em Foz do Iguaçu

 

3. Museu de Cera Dreamland

museu de cera_foz do iguaçu
O papa Francisco é uma das personalidades no museu de cera Dreamland de Foz do Iguaçu

Entre os passeios em Foz do Iguaçu, indico algumas que não estão ligadas à natureza, mas que fazem a alegria da criançada.

Um deles é o museu de cera Dreamland, que tem como atração estátuas de cera de diversas personalidades mundiais, em tamanho natural e em 16 cenários diferentes.

Logo na entrada, os visitantes dão de cara com o Bumblebee, do Transformers, e ficam de boca aberta!

Lá dentro, os visitantes podem ver de perto ídolos da música, como Michael Jackson e Madonna, astros do cinema, como Marilyn Monroe e Tom Cruise, e outras personalidades, como o Papa Francisco.

Achei legal e interessante, mas confesso que crianças muito pequenas não aproveitam o passeio.

foz do iguaçu
Bublebee também marca presença em frente ao Museu de Cera (Foto: Passaporte Digital)

Museu de Cera Preço:
– R$ 50 (adulto), crianças de 5 a 12 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia.

Dica do Passaporte Digital: se for visitar também o Vale dos Dinossauros, vale mais a pena comprar o “combo”, onde cada atração sai por R$ 40,00. Informe-se na bilheteria.

Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 18h

Localização: Avenida das Cataratas, KM 14, nº 8.100

LEIA MAIS sobre o Museu de Cera de Foz do Iguaçu

 

4. Vale dos Dinossauros

passeios em foz do iguacu dinossauros
Um das atrações no Vale dos Dinossauros (Foto: Passaporte Digital)

No mesmo local do Museu de Cera, fica também o Vale dos Dinossauros.

Ao ar livre, o lugar  reproduz 20 espécies de dinossauros, que emitem sons e fazem movimentos.

Olha, eu achei os dinossauros bem feitos, o local arrumado e organizado, mas achei caro pelo o que oferece. Não tem nada interativo e alguns locais só podemos tirar fotos se for com o fotógrafo profissional. Ah, cada foto custa R$ 30!!!!

Portanto, eu indico esse passeio somente para quem tem crianças que realmente gostem de dinossauros e se interessem por esse universo, ok?

Vale dos Dinossauros Preço:
– R$ 50 (adulto), crianças de 5 a 12 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia.

Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 18h

Localização: Avenida das Cataratas, Km 14, nº 8.100

 

5. Marco das Três Fronteiras

marco das tres fronteiras
Marco das Três Fronteiras tem shows típicos e diversão para crianças (Foto Passaporte Digital)

Este foi um dos passeios em Foz do Iguaçu que realmente me surpreenderam. Adorei! O Marco das Três Fronteiras tem um monumento com as cores do Brasil e de onde se avista os monumentos da Argentina e do Paraguai.

Organizado, limpo e superbonito, em um cenário de ruínas, o local ainda conta com espetáculos medievais e danças típicas de cada país da fronteira.

Sem contar que o Marco das Três Fronteiras tem um brinquedão para as crianças bem legal (enorme), trailers de comidinhas como tapioca e churros e também um restaurante com buffet à vontade (R$ 49,90) por pessoa.

Dica do Passaporte Digital: Como os shows acontecem a partir das 19h00, sugiro ir já no final da tarde.

Marco das Três Fronteiras Preço:
-Ingresso R$ 19,60 (adulto), crianças de 6 a 11 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia.

Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 21h30

Localização: Rua Marco das Três Fronteiras, s/n, Foz do Iguaçu

 

Roteiro dia 3 – Passeios em Foz do Iguaçu

 

6. Cataratas do Iguazu – Argentina

cataratas argentinas
Garganta do Diabo, um dos pontos mais bonitos no lado argentino (Foto: Passaporte Digital)

Olha, entrando na polêmica de qual lado das cataratas é mais bonito, digo que, na minha opinião, a parte argentina leva uma vantagem. Por isso, acho que vale muito a pena “gastar” um dia do roteiro fazendo esse passeio.

Para chegar ao Parque Nacional Iguazú é preciso atravessar a fronteira com a Argentina, mas é perto, dá uma meia hora mais ou menos. Precisa levar o RG ou documento com foto, inclusive de crianças e bebês. Se estiver de carro, precisa também da carta verde, uma espécie de seguro que você solicita na locação do veículo.

Chegando no parque argentino, existem basicamente dois circuitos (trilhas) para fazer: o inferior e o superior, onde fica a trilha que leva à Garganta do Diabo, que é a parte mais legal, na minha opinião, de onde se vê as cataratas do topo. Prepare-se para um delicioso banho!

Ao entrar no Parque Nacional Iguazú você deve ir até a estação central, de onde saem os trenzinhos que levam para o início das trilhas às cataratas.

O trecho da Garganta do Diabo tem aproximadamente 1.100 metros de extensão (2.200 metros ida e volta), atravessando todo o rio Paraná em cima de uma ponte, acessível até mesmo para cadeirantes ou para quem quer levar carrinho de bebê.

Ao chegar lá, tem-se a visão mais incrível da viagem, na minha opinião, com um volume de água impressionante. O mais legal é que você vê as quedas por cima, no topo. É muita água!!! ASSISTA AO VÍDEO.

Como eu estava com crianças, acabei não fazendo as demais trilhas, que mostram outros ângulos das quedas do lado argentino. O circuito inferior tem três partes, em um total de 1.700 metros de extensão, parte delas em contato com a mata.

O circuito superior tem quase o mesmo tamanho do inferior, 1.750 metros. Na segunda etapa dele, é possível ter a melhor visão panorâmica do parque, inclusive de parte do lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz. Se tiver fôlego e preparo físico, indico encarar a aventura.

Caso queira voltar no dia seguinte, o parque oferece um desconto de 50% no ingresso do segundo dia.

Ah, ainda tem o Sendero Macuco, o equivalente ao passeio de barco do lado brasileiro.

Cataratas do Iguazú – Argentina Preço:
-Ingresso 400 pesos (adulto), crianças de 6 a 12 anos 100 pesos. Grátis para crianças até 5 anos.
Estacionamento: 100 pesos

Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 18h (entrada até 16h30)

Localização: Avenida Victoria Aguirre 66, Puerto Iguazú, Misiones – Argentina

 

7. Duty Free Puerto Iguazú

duty free
Quem não resiste a umas comprinhas, pode visitar o Duty Free em Puerto Iguazu (Foto: Passaporte Digital)

No retorno das cataratas do lado argentino, a sugestão é fazer uma parada no Duty Free de Puerto Iguazú, logo na saída da imigração.

Ah, se você for só visitar o Duty Free não precisa passar na imigração, pois fica antes da entrada de apresentação de documentos.

Tem de tudo: eletrônicos, perfumes, brinquedos, roupas. Os preços? Sinceramente, não vi muita vantagem não, pelo menos em boa parte dos produtos. Mas se você gosta de compras, acho que vale conhecer e pesquisar se vale a pena encher as sacolas.

Localização: Ruta Nac. Nº12 Km 1645, Argentina

 

Roteiro dia 4 – Passeios em Foz do Iguaçu

 

8. Usina Hidrelétrica de Itaipu

itaipu_foz do iguacu
Visitantes embarcam em um ônibus para conhecer o funcionamento da Usina de Itaipu (foto: Reprodução)

Olha, entre os passeios em Foz do Iguaçu eu confesso que Itaipu era o que menos me atraía. Mas me enganei.

Aprendi bastante em minha visita por lá, e ainda me impressionei com o tamanho da estrutura de uma hidrelétrica, fora a organização e a limpeza.

No passeio panorâmico, a bordo de um ônibus de dois andares, é possível ter uma visão ampla da barragem de aproximadamente 8 quilômetros de extensão, passando perto do vertedouro, topo da barragem até o lago de Itaipu. O percurso completo dura aproximadamente uma hora.

itaipu
Hidrelétrica de Itaipu é uma atração diferente e bem organizada (Foto: Passaporte Digital)

Ali, aconselho fazer uma pausa para comer (tem restaurante no local, buffet à vontade por R$ 55 por pessoa) e lanchonetes, ou simplesmente tomar um sorvete. Se quiser, dá para fazer um passeio de catamarã (pago a parte).

Além da visita panorâmica, Itaipu também tem outras opções de tours. Acabei fazendo o do Refúgio Biológico, pois achei que seria o mais legal com crianças. Trata-se de um passeio guiado na reserva onde ficam animais resgatados. Tem cerca de 50 espécies, entre macacos, antas, onça, jaguatirica e pássaros diversos.

A trilha é moderada, de aproximadamente 2 km em meio à mata nativa. Por isso, aconselho levar repelente e ir de tênis, para aproveitar melhor o passeio.

Na saída, aproveitamos para conhecer o Ecomuseu, que fica ao lado. Achamos bem interativo e interessante. Ali, você conhece detalhadamente as etapas da construção, tem maquetes e réplicas das turbinas em miniatura. Tem também uma parte infantil que meus filhos curtiram bastante.

Dica do Passaporte Digital: Veja antes no site de Itaipu os horários de cada tour, para não ter que ficar esperando muito no local.

ecomuseu itaipu
Ecomuseu de Itaipu é bem interativo (Foto: Passaporte Digital)

Itaipu Binacional preço
– Visita Panorâmica: R$ 38 (adulto) e R$ 19 (crianças de 6 a 11 anos e idosos a partir de 60 anos)
– Refúgio Biológico: R$ 26 (adulto) e R$ 12 (crianças de 6 a 11 anos e idosos a partir de 60 anos)

Horário de funcionamento: diariamente, das 8h30 às 17h.

Localização: Av. Tancredo Neves, 6702, Foz do Iguaçu

 

9. Templo Budista

Templo Budista
Templo Budista é um passeio tranquilo em Foz do Iguaçu (Foto: Passaporte Digital)

Mesmo que você tenha outra religião, vale a pena visitar o Templo Budista de Foz do Iguaçu. É um lugar muito bonito, ótimo para uma pausa ou meditação.

Construído em 1996, o local tem um jardim muito bonito com mais de 120 estátuas, cada uma com o seu significado. Logo na entrada, chama a atenção uma estátua de Buda de 7 metros de altura.

Entrada: gratuita

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h30 às 16h30

Localização: Rua Dr. Josivalter Vila Nova, 99 – Foz do Iguaçu

 

Roteiro dia 5 – Passeios em Foz do Iguaçu

 

10. Ciudad del Este – Paraguai

shopping paris paraguai
Shopping Paris é uma boa opção de passeio com crianças no Paraguai (Foto: Passaporte Digital)

Na paraguaia Ciudad del Este, do lado de lá da Ponte da Amizade, muita gente vai para comprar roupas, acessórios, perfumes e eletrônicos.

Ao lado da aduana paraguaia tem o Shopping Del Leste e, na avenida principal, a San Blás, há duas galerias: a Monalisa e a Alfonso I.

Se o foco não for compras e estiver com crianças, aconselho visitar o Shopping Paris, que tem o Snow Park, uma pista de gelo com diversas atrações, e o Museo Planer 3D, com pinturas que parecem estar vivas.

Shopping Paris:
Avenida Doctor Luis Maria Argaña, Ciudad del Este, Paraguai
-Estacionamento grátis

SnowPark preço:
– R$ 74 por adulto e R$ 56 criança de 4 a 12 anos
– Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 12h às 21h, finais de semana, das 12h às 23h

Museo Planet 3D:
– R$ 74 por adulto e R$ 56 criança de 4 a 12 anos
– Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 12h às 20h, finais de semana, das 10h às 21h

 

* Preços consultados em dezembro de 2017 (sujeitos a alteração)