Parque Lage RJ: onde fica e quando visitar

Parque Lage RJ: onde fica e quando visitar

Sempre via aquelas fotos lindas e instagramáveis do Parque Lage que resolvi colocar no meu roteiro quando visitei o Rio.

O Parque Lage, na verdade, é muito maior do que eu imaginava. É um parque público, com muita área verde, onde funciona também a Escola de Artes Visuais. Mas, claro, que a maior atração do local é o palacete do século 19. Vou contar mais detalhes sobre ele a seguir.

Se já quiser ver como foi a visita, assista ao vídeo do tour que fizemos por lá!

 

O que fazer no Parque Lage?

Bom, vamos partir do começo: o que fazer no Parque Lage RJ? Basicamente, é um passeio para quem gosta de parque… rs… Como fui durante a pandemia, não pude conhecer mais a fundo o lugar, pois diversas partes estavam fechadas, como as cavalariças, a capelinha, as grutas, o aquário e até o parquinho infantil.

No Parque Lage, a principal atração é o Palacete construído no século 19 como residência de nobres. Hoje, ele é palco de lindas fotos em frente à piscina com o Morro do Corcovado ao fundo, destacando o Cristo Redentor no topo.

parque-lage-rj-

Parque Lage com o Morro do Corcovado e o Cristo Redentor ao fundo (Foto: Passaporte Digital)

 

Também é possível subir no terraço do palacete. Mas, para isso, cada pessoa que quiser conhecer o espaço tem que consumir pelo menos R$ 10,00 na loja de souvenirs.

Dica da Alê: Comprei dois lápis por R$ 10,00 para ir ao terraço, mas não tem nenhuma atração por lá, somente a vista aérea do pátio do palacete. Então, sinceramente, acho que não vale a pena não!

Outra coisa muito comum para fazer no Parque Lage é tomar café da manhã ou almoçar na cafeteria do palacete. Eu, honestamente, achei as coisas do de lá um pouco caras e, como eu havia acabado de almoçar, acabei não experimentando para dizer se vale o custo-benefício.

Já a área verde do Parque Lage é bem bonita. Dá para levar coisas de piquenique ou simplesmente caminhar, embora muitas das atrações, como o parquinho infantil estivessem fechadas por conta da pandemia.

parque_lage_rj

Área verde do Parque Lage em frente ao palacete (Foto: Passaporte Digital)

 

Ah, e se você também quer fazer a famosa foto em frente à piscina do Parque Lage com o Cristo Redentor ao fundo, prepare-se para uma fila básica! Ficamos uns 10 minutos esperando, mas achei que valeu a pena!

Para programar melhor sua visita ao Parque Lage, atenção às dicas a seguir.

 

Onde é o Parque Lage?

rj-parque-lage

Parque Lage fica no bairro Jardim Botânico e tem entrada gratuita (Foto: Passaporte Digital)

O Parque Lage fica no bairro do Jardim Botânico, bem próximo ao próprio Jardim Botânico. Dá para combinar os dois passeios no mesmo dia, embora seja um pouco distante para ir a pé (nós pegamos um Uber).

Parque Lage é perto do Cristo?

Sim, é relativamente perto, sim! Fizemos inclusive no mesmo dia os dois passeios: Cristo Redentor pela manhã, Parque Lage e Jardim Botânico à tarde. Foi ótimo.

_parque_lage_rj

O Parque Lage fica próximo ao Cristo Redentor: dá para fazer no mesmo dia (Foto: Passaporte Digital)

 

Parque Lage é perto do Jardim Botânico?

Sim, como citei acima, é perto, fica no mesmo bairro, cerca de 1,5km de distância entre os locais.

 

Parque Lage é pago?

Não. O Parque Lage tem entrada gratuita.

 

Qual o horário de funcionamento do Parque Lage RJ

O Parque Lage abre todos os dias, inclusive feriados, das 9h às 17h.

Onde estacionar no Parque Lage?

O local conta com estacionamento somente para alunos e professores da Escola de Artes Visuais. Por isso, a melhor opção é ir de táxi, Uber ou transporte público.

parque_lage_rio_de_janeiro

Parque Lage foi reaberto e funciona todos os dias (Foto: Passaporte Digital)

Parque Lage RJ reabertura

O Parque Lage está funcionando durante a pandemia. O uso de mascará é obrigatório.

Toda a área verde estará acessível para visitação, com o limite de 1.000 visitantes por hora.

No entanto, as cavalariças, a capelinha, as grutas, o aquário e o parquinho infantil estão fechados. Não é preciso agendar para visitar.

 

Espero que você tenha gostado da minha dica de hoje. Acompanhe também nossas viagens pelas redes sociais e até a próxima!

Instagram | YouTube | Facebook | Pinterest

 

Mais sobre o Rio de Janeiro

Cristo Redentor: valor e melhor jeito de chegar

Cristo Redentor: valor e melhor jeito de chegar

Visitar o Cristo Redentor é passeio obrigatório em sua primeira visita ao Rio de Janeiro. Existem diversas maneiras de chegar ao cartão-postal mais famoso do Brasil, mas nós optamos pelo Trem do Corcovado, um passeio charmoso e muito legal para fazer com as crianças.

Neste post, vamos tirar todas as dúvidas sobre o Cristo Redentor: valor, como chegar, horário de funcionamento, o que fazer por lá, entre muitas outras dicas. Ah, e se tiver mais alguma dúvida, me escreva nos comentários!

O que você vai ler neste artigo:

Como está o Cristo Redentor hoje: dicas essenciais
Qual o melhor jeito de chegar ao Cristo Redentor?
Cristo Redentor: valor do ingresso
Como funciona o Trem do Corcovado?
De onde parte o Trem do Corcovado?
Quanto tempo dura o passeio no Trem do Corcovado?
Informações úteis: localização, como chegar, horário de funcionamento

 

Como está o Cristo Redentor hoje: dicas essenciais

Ah…. o Cristo Redentor, que lugar lindo! Quinze anos depois, visitei novamente o cartão-postal mais famoso do Brasil e uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo Moderno!

É realmente emocionante quando você chega aos pés daquela estátua majestosa, de 38 metros de altura, emoldurada pela beleza natural da cidade do Rio de Janeiro. É demais mesmo! Voltaria todo ano!

Inaugurado em 12 de outubro de 1931, o Cristo Redentor fica no Morro do Corcovado, a 710 metros acima do nível do mar – por isso a vista deslumbrante. De lá dá para ver o Morro do Pão de Açúcar, o Jardim Botânico, o Maracanã, a Praia de Ipanema, entre muitos outros lugares da Cidade Maravilhosa.

 

https://youtu.be/CB6YEEPU-RY

Mas para que sua visita ao Cristo Redentor seja a mais proveitosa possível, eu preciso dar algumas dicas bem importantes. Afinal, você não quer chegar lá e dar de cara com um tempo nublado ou, ainda, pagar mais caro pelo seu ingresso. Então, fique atento às diquinhas a seguir!

 

1- Chegue no primeiro horário

Pode parecer uma dica clichê, mas se você quer pegar o Cristo Redentor sem muvuca tem que ser no primeiro horário, logo que abre, às 8 horas da manhã. Fizemos isso e embarcamos no primeiro trem às 8 horas, pontualmente. Valeu a pena, pois deu tempo de tirar fotos boas. Quando era 9h20, o lugar já estava lotado.

trem-do-corcovado-cristo-redentor

Fila para embarcar no trem do Corcovado na Estação Cosme Velho, no Rio (Foto: Passaporte Digital)

 

2- Programe-se para ir em um dia de semana

Além de pagar um valor mais baixo durante a semana, pois é considerada baixa temporada (exceto feriados e meses de férias escolares), você vai encontrar um Cristo Redentor com menos turistas que aos finais de semana.

 

3- Como escolher o transporte ideal para chegar ao Cristo Redentor

trem-do-corcovado-cristo-redentor

Optamos por subir para ver o Cristo Redentor de trem (Foto: Passaporte Digital)

Dá para chegar ao Cristo de Redentor de três formas diferentes. Mas se estiver em dúvida qual é o melhor para você, sugiro:

De trem: meio mais bonito de chegar ao Cristo Redentos, ainda mais se estiver com crianças, já que o trajeto é feito em uma locomotiva centenária, em meio à mata da Floresta Nacional da Tijuca.

De van oficial: maneira mais prática, pois sai de dois pontos diferentes da cidade (Copacabana e Largo do Machado) direto para o Cristo Redentor, facilitando o transporte.

De táxi ou Uber: ideal para economizar no valor do ingresso. Você desembarca no Centro de Visitantes e paga uma tarifa menor para completar o percurso de van até a entrada ao monumento.

Dica da Alê: não recomendo ir de carro próprio, pois o centro de visitantes não tem estacionamento. Você terá de parar o carro na estrada (se tiver vaga) e ainda caminhar por 10 minutos de subida a pé.

4- Compre seu ingresso online e com antecedência

Ainda mais em tempos de pandemia, é melhor garantir seu ingresso online e com horário marcado para evitar filas, independente do meio de transporte que você escolher para subir.

cristo-redentor-horario

Compre o ingresso com antecedência, de preferência para o primeiro horário do dia (Foto: Passaporte Digital)

5- Itens indispensáveis para levar

Protetor solar, álcool gel e máscara (uso obrigatório) são itens essenciais. Outra dica é levar uma garrafa d´água. Lá em cima, tudo é mais caro né?

 

6- Local tem acessibilidade

Pessoas com mobilidade reduzida, cadeirantes e idosos podem visitar o Cristo Redentor sem preocupação. No local há elevadores e escadas rolantes.

VOLTAR AO TOPO

 

Qual o melhor jeito de chegar ao Cristo Redentor?

Agora, vou dar mais detalhes de como chegar ao Cristo Redentor, pois o meio que você escolher para chegar vai influenciar no valor do ingresso que você vai pagar.

Você pode chegar ao Cristo Redentor de trem, de van, de carro particular ou de táxi (ou carro de aplicativo).

O jeito mais divertido é pelo Trem do Corcovado, em um percurso de 20 minutos, a partir da Estação Cosme Velho, na sona sul do Rio. Veja mais detalhes do passeio nos próximos tópicos aqui neste post.

cristo redentor trem do corcovado

Subindo ao Cristo Redentor pelo trem do Corcovado: ótima opção com crianças (Foto: Passaporte Digital)

Já o serviço de van oficial é feito pela empresa Paineiras-Corcovado. Os carros partem de dois pontos diferentes do Rio: de Copacabana e do Largo do Machado. É recomendado comprar o ingresso online com antecedência.

Se quiser subir de carro próprio ou de táxi ou Uber, tem que subir por volta de 6 km pela Estrada das Paineiras até o Centro de Visitantes das Paineiras. De lá, você compra o ingresso e ainda tem um segundo trecho de van (por volta de sete minutos) até os pés do Cristo. O único inconveniente pode ser ter de chamar o táxi ou Uber na volta.

VOLTAR AO TOPO

 

Cristo Redentor: valor do ingresso

cristo-redentor

A vista para o Pão de Açúcar a partir do Cristo Redentor (Foto: Passaporte Digital)

O valor do ingresso depende de qual meio você usar para chegar até o Cristo Redentor e também do dia da semana ou época da visita. O preço inclui o custo do transporte (ida e volta) e a entrada para conhecer o monumento.

Confira os valores:

Cristo Redentor: valor Trem do Corcovado

  • Inteira: R$ 72,50 (Baixa Temporada) e R$ 89,50 (Alta Temporada*)
  • Ingresso promocional: R$ 58,00 ( para nascidos e moradores do Estado do Rio de Janeiro)
  • Idoso: R$ 27,00 (acima de 60 anos residente no Brasil)
  • Criança: R$ 54,00 (5 a 11 anos) 

Crianças até 4 anos não pagam, desde que estejam no colo do seu responsável (é necessário comprovar a idade da criança por documento).

* Todos os sábados, domingos e feriados são considerados alta temporada, além de período de férias escolares.

Para comprar, clique no site oficial do Trem do Corcovado.

 

Cristo Redentor: valor Van Paineiras

Os preços da van variam de acordo com a época e local de embarque do passageiro. Antes, eles tinham uma saída também da Barra da Tijuca, mas essa opção não está disponível neste momento:

Van com embarque em Copacabana

Ponto de embarque: Praça do Lido (em frente ao Posto 2 da Praia de Copacabana) – metrô mais próximo Cardeal Arcoverde
Saídas: diariamente (exceto às terças), das 8h às 14h

  • Inteira: R$ 68,50 (Baixa Temporada) e R$ 85,50 (Alta Temporada*)
  • Ingresso promocional: R$ 50,80 adulto, R$ 45,50 criança e R$ 37,00 idoso (válido apenas para nascidos e moradores do Estado do RJ)
  • Idoso: R$ 41,50 (acima de 60 anos)
  • Criança: R$ 50,00 (5 a 11 anos) 

Crianças até 4 anos não pagam.

* Todos os sábados, domingos e feriados são considerados alta temporada, além de período de férias escolares.

Para comprar, clique no site oficial da van Paineiras Corcovado.

Van com embarque no Largo do Machado

Ponto de embarque: em frente à Igreja Nossa Senhora da Glória (próximo à saída do metrô)
Saídas: diariamente (exceto às terças), das 8h às 14h

  • Inteira: R$ 68,50 (Baixa Temporada) e R$ 85,50 (Alta Temporada*)
  • Ingresso promocional: R$ 50,80 adulto, R$ 45,50 criança e R$ 37,00 idoso (válido apenas para nascidos e moradores do Estado do RJ)
  • Idoso: R$ 41,50 (acima de 60 anos)
  • Criança: R$ 50,00 (5 a 11 anos) 

Crianças até 4 anos não pagam.

* Todos sábados, domingos e feriados são considerados alta temporada, além de período de férias escolares.

Cristo Redentor: valor direto na bilheteria

Você pode comprar o ingresso direto pela bilheteria do Cristo Redentor, que fica no Centro de Visitantes Paineiras, localizado na Estrada das Paineiras, que sai mais barato que se optar por adicionar o transporte.

Mas atenção: não há estacionamento para carros no Centro de Visitantes. Se optar por esta modalidade de ingresso, o ideal é ir de táxi ou carro de aplicativo.

  • Inteira: R$ 35,50 (Baixa Temporada) e R$ 52,50 (Alta Temporada*)
  • Ingresso promocional: R$ 25,30 adulto, R$ 17,00 criança e R$ 8,50 idoso (válido apenas para nascidos e moradores do Estado do RJ)
  • Idoso: R$ 8,50 (acima de 60 anos)
  • Criança: R$ 17,00 (5 a 11 anos) 

Crianças até 4 anos não pagam.

* Todos os sábados, domingos e feriados são considerados alta temporada, além do período de férias escolares.

Para comprar, clique no site oficial Paineiras Corcovado.

 

VOLTAR AO TOPO

 

Como funciona o Trem do Corcovado?

trem do corcovado

Trem do Corcovado: o percurso mais bonito para subir ao Cristo Redentor (Foto: Divulgação)

Escolhemos subir de trem para conhecer o Cristo Redentor, e foi uma delícia!

O Trem do Corcovado é o passeio turístico mais antigo do Brasil, inaugurado (acredite!) em 1884, pelo Imperador Pedro II, antes mesmo do monumento existir. Foi por esta ferrovia, inclusive, que as peças para a construção do Cristo Redentor foram transportadas.

Hoje, a locomotiva a vapor daquela época deu lugar à uma locomotiva elétrica que percorre o Parque Nacional da Tijuca pela Estrada de Ferro do Corcovado, em um trajeto de 20 minutos de subida até chegar aos pés do Cristo Redentor.

Todos os anos, mais de 600 mil pessoas são levadas ao Cristo Redentor pelo Trem do Corcovado! Nós fomos e adoramos a experiência.

 Dica da Alê: para ter a melhor vista, na subida, fique do lado direito do trem.

VOLTAR AO TOPO

 

De onde parte o Trem do Corcovado?

trem-do-corcovado

O Trem do Corcovado parte da Estação do Cosme Velho (Foto: Divulgação)

 

O Trem do Corcovado parte da Estação do Cosme Velho (Rua Cosme Velho, 513), na zona sul do Rio. Para chegar até lá, fomos de Uber, bem prático.

Também dá para ir de metrô. Neste caso, descer na Estação Largo do Machado e depois pegar um ônibus para o bairro Cosme Velho (descer em frente à Igreja São Judas Tadeu).

VOLTAR AO TOPO

 

Quanto tempo dura o passeio no Trem do Corcovado?

cristo redentor-trem-do-corcovado

O trajeto até o Cristo Redentor de trem passa por dentro da Floresta da Tijuca (Foto: Divulgação)

O trajeto de trem de ida dura cerca de 20 minutos. Depois, o mesmo percurso no retorno.

Não é possível subir de trem e descer de van, nem ao contrário.

VOLTAR AO TOPO

 

Cristo Redentor: horário de funcionamento

cristo-redentor-como-chegar

A vista linda da cidade do Rio no Cristo Redentor (Foto: Passaporte Digital)

 

Horário de funcionamento do Cristo Redentor: diariamente, das 8h às 19h

Horário de embarque do trem: diariamente, das 8h às 16h (última descida entre 17h e 18h). Saídas a cada meia hora.

Horário de embarque das vans: diariamente (exceto às terças-feiras), das 8h às 14h. Se for pegar a van diretamente no Centro de Visitantes, o horário de embarque é até às 15h.

 

Espero que você tenha gostado da minha dica de hoje. Acompanhe também nossas viagens pelas redes sociais e até a próxima!

Instagram | YouTube | Facebook | Pinterest

 

 

Mais sobre o Rio

Praia Vermelha RJ e Pão de Açúcar: visite no mesmo dia

Praia Vermelha RJ e Pão de Açúcar: visite no mesmo dia

Quando estive no Rio de Janeiro, fiz um roteiro casadinho com Pão de Açúcar pela manhã e Praia Vermelha à tarde! Foi um dia delicioso! Combinação perfeita!

A Praia Vermelha fica no bairro da Urca, a 200 metros da estação onde partem os bondinhos do Pão de Açúcar. A dica aqui é ir com roupa de banho por baixo e fazer os dois passeios no mesmo dia.

Veja um pouco mais do nosso dia na Praia Vermelha no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM: Tudo sobre o Pão de Açúcar

 

O que achei da Praia Vermelha

praia vermelha

Praia Vermelha vista do alto do Bondinho do Pão de Açúcar (Foto: Passaporte Digital)

Eu adoro passar o dia na areia, relaxando, tomando sol e vendo as crianças se divertirem na água! E a Praia Vermelha me atendeu em todos os quesitos, com o bônus da vista linda para o Morro do Pão de Açúcar e o Bondinho!

Bem tranquila, a Praia Vermelha tem uma faixa de areia pequena, cerca de 200 metros, com mar calmo, ideal para fazer stand-up paddle ou nadar.

Com crianças, é necessário tomar um certo cuidado, pois apesar de não ter ondas fortes, a Praia Vermelha tem alguns “tombos” que podem ser perigosos para a criançada. Então, é melhor ficar só no raso mesmo.

praia vermelha rj

Da Praia Vermelha se tem uma vista linda do Bondinho (Foto: Passaporte Digital)

Apesar de não ter estrutura de quiosques na praia, achei bem bacana que na Praia Vermelha você pode alugar guarda-sol e cadeiras. Por R$ 20,00 você passa o dia com um guarda-sol e duas cadeiras.

Na praia também tem bastante opção de comida, até marmitex era vendido na praia (tinha feijoada, acredite!). Nós optamos por tapioca, mas também tinha milho, churros e pastel.

Quem quiser comer uma refeição mais completa, também pode ir ao Restaurante Terra Brasilis, que fica em uma das pontas da Praia Vermelha. Tem opção por quilo e a la carte.

Uma outra coisa bacana é que a Praia Vermelha fica em uma área militar, dando maior sensação de segurança.

 

Praia Vermelha + Bondinho do Pão de Açúcar no mesmo dia

 

Ao contrário do que muita gente faz, de colocar no mesmo dia a visita ao Bondinho do Pão de Açúcar com o Cristo Redentor, eu preferi passar o dia todo pelo bairro da Urca. Veja como foi nosso roteiro!

 

9 horas

bondinho pão de açucar

Vista do Morro do Pão de Açúcar, a partir do Morro da Urca (Foto: Passaporte Digital)

Saída de Copacabana até a estação do Bondinho do Pão de Açúcar, na Urca. Fomos de Uber e foi uma excelente alternativa. Em um trajeto de aproximadamente 20 minutos estávamos no local, gastando apenas R$ 13,00.

 Dica da Alê: prefira chegar até lá de táxi ou carro de aplicativo, pois o Bondinho do Pão de Açúcar não tem estacionamento, e as vagas na rua são bastante limitadas.

10 horas

O Bondinho do Pão de Açúcar abria somente às 10h, então já chegamos antes de abrir. Como havíamos comprado o ingresso online, não precisamos ficar na fila da bilheteria e ainda pagamos com 5% de desconto.

10h20

Já estávamos dentro do Bondinho do Pão de Açúcar e ficamos cerca de 1h30 no local. Veja como foi nossa visita pelo Bondinho no vídeo abaixo.

Meio-dia

Saímos do Bondinho e fomos direto para a Praia Vermelha, a dois minutos a pé dali. Era uma segunda-feira e a praia estava muito tranquila, sem muvuca.

praia-vermelha-rio-de-janeiro

Mais reservada, Praia Vermelha não costuma lotar de dia de semana (Foto: Passaporte Digital)

14h30

Bate aquela fome e fizemos uma pausa para comer alguma coisa. Fomos de tapioca no carrinho do Neil (delicioso e bem limpinho), mas tem outras opções de ambulantes no calçadão, ou restaurante na ponta da praia.

praia_vermelha_rj

Praia Vermelha com o restaurante Terra Brasilis ao fundo (Foto: Passaporte Digital)

16h00

Crianças cansadas, hora de ir embora. Aproveitamos muito o dia na Praia Vermelha! Foi só chamar o Uber e voltar pro hotel.

 Dica da Alê: se quiser curtir o por do sol na praia ou continuar o roteiro pelo bairro da Urca, a dica é seguir para o bar da Mureta da Urca, bem famoso no Rio. 

Pessoal, esse foi o nosso roteiro Praia Vermelha + Bondinho do Pão de Açúcar.

Espero que você tenha gostado da minha dica de hoje. Acompanhe também nossas viagens pelas redes sociais e até a próxima!

Instagram | YouTube | Facebook | Pinterest

Links Relacionados

Aquário Rio de Janeiro: tour completo, com dicas e preços

Aquário Rio de Janeiro: tour completo, com dicas e preços

Aquário Rio de Janeiro: taí um lugar que vale a pena conhecer!

O maior aquário marinho da América do Sul fica no Porto Maravilha, um local chamado de Boulevard Olímpico, uma área muito gostosa para passear, totalmente revitalizada. Inclusive, dá para combinar a visita ao AquaRio com outros pontos turísticos que ficam ali pertinho, como a roda-gigante RioStar e o Museu do Amanhã.

Para você planejar direitinho sua visita ao AquaRio trouxe aqui várias dicas da atração, preços e como chegar. Eu já vou adiantando que o lugar é um passeio perfeito para ir com crianças. Vamos lá!

aquario-rio-de-janeiro

Esqueleto de baleia jubarte chama a atenção logo na entrada do AquaRio (Foto: Passaporte Digital)

O que você vai ler neste post:

O que fazer no Aquário no Rio de Janeiro?
Quanto tempo leva para visitar o aquário?
Como chegar ao AquaRio Rio de Janeiro?
Qual o valor da entrada no Aquário?
Qual o horário de funcionamento do AquaRio?
Precisa reservar a visita com antecedência?
Quem tem gratuidade no aquário do Rio de Janeiro?
Como está o AquaRio na pandemia?
Onde fica o AquaRio?
O que tem por perto do AquaRio Rio de Janeiro?

 

O que fazer no Aquário no Rio de Janeiro?

aquario rio de janeiro

As crianças ficam encantadas com tantas espécies diferentes de peixes (Foto: Passaporte Digital)

Se você gosta de peixes e curte conhecer mais sobre as espécies que vivem no mar, você vai amar o passeio ao Aquário do Rio de Janeiro.

O maior aquário marinho da América do Sul tem cinco andares, mais de 5 mil animais de 350 espécies diferentes, vivendo em 28 tanques.

A atração mais esperada é, sem dúvida, o túnel de tubarões, um tanque com 3,5 milhões de água, sete metros de profundidade com um túnel em seu interior, onde vivem os temidos tubarões.

aquario-rio-de-janeiro

O túnel dos tubarões é uma das atrações mais esperadas do AquaRio (Foto: Passaporte Digital)

Outra coisa que achei muito legal durante a visita é que você observa as espécies em cada tanque e pode ler sobre elas na tela em exposição. Adorei conhecer criaturas bem diferentes, como o peixe-escorpião e o caranguejo-aranha.

Também não deixe de observar a ossada de uma baleia jubarte logo na entrada, suspensa por cabos de aço,

Quer ver mais, confira o VÍDEO do nosso tour pelo AquaRio do Rio de Janeiro.

 

VEJA TAMBÉM: Um passeio pela orla de Copacabana

 

Quanto tempo leva para visitar o aquário?

aquario_rio_de_janeiro

Mais um dos impressionantes tanques do AquaRio, são mais de 5 mil animais (Foto: Passaporte Digital)

Depende muito do seu ritmo, mas reserve no mínimo uma hora. Nós ficamos lá mais tempo, porque gostamos de ler sobre as espécies, tirar fotos, fazer vídeos, então fizemos o percurso em duas horas e meia.

 

Como chegar ao AquaRio Rio de Janeiro?

rio-de-janeiro-aquario

VLT é a melhor opção para chegar de transporte público a AquaRio (Foto: Passaporte Digital)

 

Nós fomos ao AquaRio de Uber. De Copacabana até lá, o trajeto custou algo em torno de R$ 25,00.

Quem estiver com carro próprio, tem estacionamento no local (pago a parte).

De transporte público: vá de metrô até a estação Utopia/AquaRio e depois pegue o VLT.

Dica da Alê: dá para combinar no seu roteiro com o AquaRio uma visita ao Museu do Amanhã, passando pela revitalizada região do Porto Maravilha, onde fica o lindo mural Etnias, do grafiteiro Eduardo Kobra.

 

Qual o valor da entrada no Aquário?

aquario-rio-de-janeiro

Entrada não é barata, mas fique de olho nas promoções (Foto: Passaporte Digital)

 

Confesso que o valor dos ingressos quase me fez desistir do passeio. Achei bem salgado, mas acho que vale o investimento.

Valores dos ingressos AquaRio:

    • Inteira: R$ 140
    • Promo visitantes Mercosul: R$ 110
    • Promo visitantes Brasil: R$ 100
    • Promo Santander (até 2 ingressos por cliente): R$ 84
    • Promo Rio (visitantes nascidos ou residentes no estado do Rio): R$ 70
    • Meia-entrada (crianças de 3 a 11 anos, jovens de 12 a 21, maiores de 60 anos e pessoas com deficiência): R$ 70
    • Vip expresso (entrada prioritária sem horário marcado) R$ 16VOLTAR AO TOPO

 

Qual o horário de funcionamento do AquaRio?

rio-de-janeiro-aquario-rj

O polvo e mais 350 espécies diferentes você encontra no AquaRio Rio de Janeiro (Foto: Passaporte Digital)

Confira o horário de funcionamento do AquaRio Rio de Janeiro:

  • Segunda a sexta-feira, das 09h às 17h (com última entrada às 16h e com o primeiro horário, das 9h às 10h, exclusivo para sócios)
  • Sábado, domingo e feriado: das 8h30 às 18h (com última entrada às 17h e com o horário das 8h30 às 9h exclusivo para sócios)VOLTAR AO TOPO

 

Precisa reservar a visita com antecedência?

aquario-rj

É aconselhável comprar o ingresso do AquaRio com antecedência pela internet (Foto: Passaporte Digital)

 

Em tempos de pandemia, é recomendado comprar com antecedência pela internet, com data e horário marcados. Eu mesma peguei uma promoção pelo aniversário do AquaRio e tive cerca de R$ 50,00 de desconto do que eu pagaria normalmente.

Dica da Alê: siga o AquaRio nas redes sociais para acompanhar as promoções e fazer como eu, economizar R$ 50,00.

Na bilheteria, também é possível comprar, mas pode correr o risco de o local já estar com a capacidade lotada naquele dia ou hora.

 

Quem tem gratuidade no aquário do Rio de Janeiro?

Confira algumas gratuidades do AquaRio:

  • Um acompanhante de pessoa com deficiência
  • Policiais, bombeiros, guardas municipais e inspetores penitenciários da cidade do Rio de Janeiro
  • Servidores das Forças Armadas
  • Servidores da Prefeitura do Rio de Janeiro

 

Como está o AquaRio na pandemia?

aquario-rj-pandemia

AquaRio está funcionando com medidas de higiene: máscara é obrigatória (Foto: Passaporte Digital)

O AquaRio voltou a funcionar em 15 de agosto com vários protocolos de segurança, entre eles medição de temperatura na entrada, uso obrigatório de máscara, menor capacidade de público, entrada pelo Boulevard Olímpico e saída pela via Binário do Porto.

 

Onde fica o AquaRio?

Endereço: Praça Muhammad Ali, sem número

 

O que tem por perto do AquaRio Rio de Janeiro?

 

O mais legal do passeio ao AquaRio é que tem muitas coisas legais para aproveitar ali na região do Porto Maravilha, o famoso Boulevard Olímpico, que foi totalmente revitalizado.

 

Primeira parada: parquinho ao lado do AquaRio

aquario-rio

Na saída do AquaRio tem um parquinho público para as crianças (Foto: Passaporte Digital)

Se estiver com crianças, com certeza elas vão querer parar no parquinho público ao lado do AquaRio. Ideal para crianças a partir dos 5 anos, o local tem trepa-trepa e balanço. Meus filhos amaram e não queriam ir embora!

 

Segunda parada: Roda-gigante RioStar

riostar-rio-de-janeiro

A RioStar também fica do ladinho do AquaRio e pode ser feito no mesmo dia do roteiro (Foto: Passaporte Digital)

Bem do ladinho do AquaRio tem a RioStar, uma roda-gigante de 88 metros de altura. Se quiser saber mais sobre esse passeio, VEJA ESSA MATÉRIA AQUI.

 

Terceira parada: Mural do Kobra

porto-maravilha-mural-kobra

No Porto Maravilha, uma das atrações é o mural Etnias, de Eduardo Kobra (Foto: Passaporte Digital)

Caminhando pelo Porto Maravilha sentido Museu do Amanhã, você vai se deparar com o lindo mural do artista Eduardo Kobra, chamado Etnias.

 

Quarta parada: Museu do Amanhã

museu-do-amanha

O belíssimo Museu do Amanhã, que fica próximo ao AquaRio, pode ser visitado no mesmo dia (Foto: Passaporte Digital)

O Museu do Amanhã é parada obrigatória para quem vai ao Rio, e dá para ir caminhando (uns 15 minutos) a partir do Aquario Rio de Janeiro. A arquitetura do museu é impressionante de linda. Vale a visita mesmo que não for conhecer a exposição.

Espero que você tenha gostado da minha dica de hoje. Acompanhe também nossas viagens pelas redes sociais e até a próxima!

Instagram | YouTube | Facebook | Pinterest

 

Bondinho do Pão de Açúcar: como é e quanto custa

Bondinho do Pão de Açúcar: como é e quanto custa

Visitar o Bondinho do Pão de Açúcar é quase uma unanimidade: tem que ter no roteiro, pelo menos na primeira visita ao Rio de Janeiro!

Eu fui pela segunda vez neste que é um dos pontos turísticos mais famosos do mundo. Foi a estreia das crianças, que amaram o passeio e se divertiram demais!

A vista lá de cima é realmente impressionante! A Cidade Maravilhosa fica mais linda ainda vista do alto! São quase 400 metros acima do nível do mar, de onde se vê o Cristo Redentor, a Baía de Guanabara, a Ponte Rio-Niterói, a Enseada de Botafogo e diversos outros lugares lindos do Rio.

bondinho pão de açucar

Vista do Morro do Pão de Açúcar, a partir do Morro da Urca (Foto: Passaporte Digital)

 

Quer programar sua visita ao Bondinho do Pão de Açúcar? Quer saber qual o melhor dia e horário para conhecer, quais os preços, como chegar? Então fica ligado neste post!


O que você vai ler neste post:

Como funciona o bondinho?

bondinho-pao-de-acucar

A Praça dos Bondes fica no Morro da Urca, primeira parada do bondinho (Foto: Passaporte Digital)

O Bondinho do Pão de Açúcar na verdade é um teleférico que conecta dois morros diferentes. A partir da estação Praia Vermelha, na Urca, a primeira parada é no Morro da Urca, a 220 metros acima do nível do mar, um trajeto de 538 metros.

Dica da Alê: compre o ingresso pela internet, assim você fura uma das filas para a compra do bilhete e ainda tem desconto de 5%.

Já no Morro da Urca, o visitante dá de cara com a Praça dos Bondes, que exibe duas gerações anteriores do Bondinho: o primeiro teleférico que funcionou por lá, inaugurado em 1912 (daí o nome bondinho, porque o teleférico parecia, de fato, um bonde), e também o penúltimo modelo, que operou de 1972 até 2008. É ali que estão também as estátuas de bronze do idealizador do Bondinho, Augusto Ferreira Ramos e Cristóvão Leite de Castro.

bondinho_pao--de-acucar-morro-da-urca

Vista do Cristo Redentor (ao fundo) a partir do Morro da Urca (Foto: Passaporte Digital)

Na primeira parada, a vista já é incrível (mas vai ficar melhor ainda no Pão de Açúcar). Dá para ficar um tempão ali, olhando a paisagem e admirando a Cidade Maravilhosa. Neste local, também tem lanchonetes e lojinhas.

A partir do Morro da Urca, o ingresso inclui um segundo teleférico, que vai até o Morro do Pão de Açúcar. São três minutos de trajeto para chegar ao ponto mais alto, a 396 metros acima do nível do mar. De lá, você consegue avistar o outro lado da cidade, uma paisagem de tirar o fôlego.

Confira mais da nossa visita ao Bondinho do Pão de Açúcar no vídeo abaixo!

Quanto custa o Bondinho do Pão de Açúcar?

bondinho-pão-de-açúcar

Ingresso adulto ao Bondinho do Pão de Açúcar custa R$ 114 (Foto: Passaporte Digital)

Infelizmente, visitar o Bondinho do Pão de Açúcar não é barato para nós, brasileiros.

O ingresso custa R$ 120,00 (adulto) e R$ 60,00 (criança e idoso). Comprando pela internet, tem 5% de desconto. O ingresso Bondinho dá direito a subir nos dois teleféricos (Morro da Urca e Morro do Pão de Açúcar). COMPRE NO SITE OFICIAL AQUI.

Veja aqui os tipos de bilhetes e respectivos preços dos ingressos:

>>> BILHETE BONDINHO

  • R$ 120,00 (inteira), na bilheteria | R$ 114,00 (inteira), na internet
  • R$ 60,00 (meia), na bilheteria | R$ 57,00 (meia), na internet

Meia entrada no Bondinho do Pão de Açúcar é válida para:

  • Crianças de 6 a 12 anos
  • Jovens de 13 a 21 anos
  • Jovens entre 15 e 29 anos inscritos no Cadastro Único de programas do governo federal
  • Estudantes (inclusive de graduação, pós-graduação, mestrados e doutorados com comprovação)
  • Maior de 60 anos
  • PCD e um acompanhante
  • Professores e profissionais de ensino da rede pública municipal do Rio de Janeiro

INGRESSO GRATUITO – Crianças de até 5 anos – Escaladores com apresentação da credencial

 

>>> INGRESSO ESPECIAL CARIOCA MARAVILHA

R$ 57,00 Válido para: – Moradores do Rio de Janeiro e Grande Rio, tendo de apresentar comprovante de residência no nome dos visitantes

>>> BILHETE ACESSO RÁPIDO

R$ 209,00 (entrada imediata sem fila e acesso ao lounge VIP)

 

 

Como fazer o passeio de graça?

bondinho-pao-de-acucar-praia-vermelha

A partir de uma trilha de fácil acesso na Praia Vermelha (foto) dá para chegar ao Morro da Urca de graça (Foto: Passaporte Digital)

Sim, você pode chegar ao Morro da Urca, a primeira parada do Bondinho, de graça, sem pagar um centavo!

Existe uma trilha chamada Pista Claudio Coutinho, que começa no canto esquerdo da Praia Vermelha e vai até o Morro da Urca. São 1,25 km de caminhada, em uma pista asfaltada e segura. O trajeto dura, em média, 40 minutos.

Eu optei por ir de bondinho, pois queria mostrar a experiência completa para as crianças, mas para quem está com orçamento mais apertado, acho que é superválido.

Ah, quem sobe a pé e quiser voltar de bondinho, tem que pagar.

 

Vale a pena visitar o Bondinho do Pão de Açúcar?

bondinho_pao_de_acucar

Na primeira parada do passeio, no Morro da Urca, conferi o bondinho antigo, de 1912 (Foto: Passaporte Digital)

Siiiimmm, vale muito! Apesar do alto custo do ingresso, acho que vale pelo menos uma vez conhecer esse ponto turístico fantástico!

Há quem diga que ir ao Corcovado, ver o Cristo Redentor, já basta para ver o Rio de cima. Mas achei que as paisagens são diferentes. Então, na sua primeira visita ao Rio de Janeiro, vale incluir os dois passeios!

 

Qual o melhor horário para ir ao Pão de Açúcar

bondinho-pão-de-açucar

Vista a partir do Morro do Pão de Açúcar pela manhã: lugar incrível (Foto: Passaporte Digital)

Essa pergunta depende um pouco do seu perfil de visitante. Seja de manhã ou à tarde, o importante é ir em um dia de céu aberto, para você ter a melhor experiência.

Eu preferi ir ao Bondinho do Pão de Açúcar pela manhã. Saindo dali, fomos até a Praia Vermelha, do lado, e aproveitamos a tarde por lá.

Dica da Alê: vá com traje de banho por baixo e aproveite o dia na praia. Foi uma ótima opção para facilitar o nosso roteiro.

VEJA O ROTEIRO DO RIO COMPLETO AQUI.

Tem que prefira ir mais para o fim da tarde, para sair de lá e passear pela Mureta da Urca, próxima do local, onde há bares. Então, os dois horários são bons, vai depender do que você quer fazer antes e depois.

 

Quanto tempo leva a visita?

bondinho-pao-de-acucar-rio

Fomos em uma segunda-feira; visita leva por volta de duas horas (Foto: Passaporte Digital)

Chegamos às 10h da manhã e saímos ao 12h30, fazendo o passeio de forma tranquila, apreciando a vista.

Importante: fomos em uma segunda-feira, dia mais tranquilo. Evite os finais de semana.

 

Como chegar ao Pão de Açúcar?

bondinho-pao-de-acucar-rj

Vista da Praia Vermelha na descida do Bondinho (Foto: Passaporte Digital)

Nós fomos à estação Praia Vermelha, de onde partem os bondinhos, de Uber. De Copacabana até lá, o trajeto custou R$ 13,00. Não recomendo ir de carro próprio, pois o local não tem estacionamento, e as vagas na rua são bastante limitadas.

Mas também dá para chegar de transporte público:

Metrô: Estação Botafogo + ônibus SP513 Urca

Ônibus: 107 – Central x Urca e 4 minutos de caminhada

Localização:

Av. Pasteur, 520 – Urca – Rio de Janeiro

 

 

Bondinho do Pão de Açúcar na pandemia

bondinho-rj

Com a pandemia, confira com antecedência horário de funcionamento do Bondinho antes de ir (Foto: Passaporte Digital)

Reaberto após a pandemia, o lugar está tomando todas as medidas de higiene: aferição de temperatura na entrada, uso obrigatório de máscara, desinfecção automática das cabines do teleférico antes de cada uso, enfim, dá para visitar um dos pontos turísticos mais famosos do mundo com segurança.

Ah, por conta da pandemia, quando nós fomos, o horário de funcionamento estava reduzido de quinta a segunda, além de ter a capacidade reduzida de 65 para 42 passageiros. Por isso, é preciso se programar com antecedência e confirmar no site oficial o horário e dias de funcionamento durante a sua visita.

Espero que você tenha gostado da minha dica de hoje. Acompanhe também nossas viagens pelas redes sociais e até a próxima!

Instagram | YouTube | Facebook | Pinterest

 

 

O que tem no Forte de Copacabana?

O que tem no Forte de Copacabana?

Muita gente com viagem para o Rio de Janeiro se pergunta se vale a pena visitar o Forte de Copacabana. Afinal, o que tem de interessante para fazer por lá? Precisa pagar pra entrar?

Localizado no posto 6 da praia de Copacabana, o lugar que já foi uma fortificação hoje funciona como Museu do Exército Brasileiro. Fomos conferir o que tem de legal para fazer no Forte de Copacabana durante nossa viagem ao Rio e contamos tudo pra você.

Veja só o que você vai ler neste post:

Principais atrações do Forte de Copacabana

forte-de-copacabana

Entrada para o Forte de Copacabana custa R$ 6 (Foto: Passaporte Digital)

O Forte de Copacabana é um daqueles lugares que eu diria para incluir no roteiro ao Rio de Janeiro.

Com mais de 100 anos de existência, o Forte foi construído entre 1908 e 1914, e servia para proteger a cidade de invasores. Hoje, funciona como o Museu Histórico do Exército, tem lojinha e cafeterias, além, é claro, de uma vista maravilhosa da Praia de Copacabana.

Veja mais no vídeo:

https://youtu.be/BfXI7C7KXnA

 

 

Opções para tomar café da manhã no Forte

forte-de-copacabana

O Forte de Copacabana tem duas opções de cafeterias: 18 do Forte e Confeitaria Colombo (Foto: Passaporte Digital)

 

Ao entrar no local, você já passeia por um calçadão com dois cafés: uma filial da famosa Confeitaria Colombo e o Café 18 do Forte. Em ambos, a grande atração é o café estilo colonial, que vem um montão de coisas!

No Café 18 do Forte, por exemplo, o café completo para duas pessoas custa R$ 99 e vem com seleção de pães quentinhos com manteiga, ricota fresca, frios, ovos mexidos, bacon, iogurte, bolo e bolinhos de chuva com doce de leite e geleia, mais duas bebidas quentes. Se preferir, tem opções avulsas também. O café expresso custa R$ 7,00 e o waffle simples sai por R$ 24,00. Eles também servem almoço. O prato do dia custa R$ 59,00.

forte-de-copacabana

Vista da praia de Copacabana a partir do Forte (Foto: Passaporte Digital)

Os preços são bem parecidos na filial da Confeitaria Colombo, que fica ao lado do Café 18 do Forte. Aliás, se quiser saber mais sobre nossa visita à Confeitaria Colombo no Centro do Rio, LEIA AQUI.

Como a nossa ida ao Forte de Copacabana foi em um fim de tarde, acabamos não provando nenhuma das duas opções. Então, não posso dar minha opinião sobre o custo-benefício das cafeterias. Se você foi e curtiu, me escreva aqui nos comentários!

 

Vale a pena visitar o museu?

forte-de-copacabana

Conhecendo um pouco mais da história do Brasil no Museu do Exército Brasileiro, no Forte de Copacabana (Foto: Passaporte Digital)

O Museu Histórico do Exército fica dentro do Forte de Copacabana e mostra um pouco mais da história do Brasil Colônia e dos presidentes militares.

O salão Colônia-Império abrange o período de 1500 a 1889 e retrata cenas da chegada dos portugueses ao Brasil até a queda da Monarquia e a Proclamação da República. Já no salão República, os visitantes podem ver como foi a atuação do Exército Brasileiro até 1945.

Também é possível entender como foi a construção do local. Só para se ter ideia, as paredes externas do Forte de Copacabana que ficam voltadas ao mar têm mais de 12 metros de espessura. Também há dois canhões no local que poderiam atingir alvos a 23 quilômetros de distância.

Dica da Alê: A visita ao museu é inclusa no valor da entrada e acho que vale conhecer se você curte história ou é curioso sobre os fatos que aconteceram aqui no nosso Brasilzão. É bem simples, mas eu aprendi algumas coisas que achei interessante. Então, pra mim, valeu sim a visita.

 

História do Forte de Copacabana

forte-de-copacabana

Canhões do Forte de Copacabana podem atingir um alvo a 23 quilômetros (Foto: Passaporte Digital)

Dá para acreditar que antes do Forte de Copacabana, ficava ali uma igrejinha dedicada à Nossa Senhora de Copacabana? Pois é! Quem teve a missão de erguer essa fortificação ali foi o Major Luís Eugênio Franco Filho, ainda em 1907.

A construção foi inaugurada somente em 1914, com a finalidade de proteger a cidade do Rio de possíveis invasores. O lugar também tinha uma usina a diesel que, na época, fornecia energia elétrica para todo o bairro.

Além disso, o Forte de Copacabana também teve outro papel muito importante na história do Brasil. Em 1922, foi palco do episódio conhecido como Levante dos 18 do Forte, e serviu de prisão para o presidente Washington Luís, deposto na Revolução de 1930. Em 1964, era local de reuniões que culminaram no golpe militar.

Preço e horário de funcionamento

 

Horário de funcionamento:
O Forte de Copacabana funciona de terça a domingo, das 10h às 18h (os cafés vão até às 19h). Fechado às segundas.

💰 Preço: 

Inteira: R$ 6,00
Meia entrada: R$ 3,00, para estudantes, professores e maiores de 60 anos.
Gratuito para menores de 6 anos, maiores de 80 anos, pessoas com deficiência e guias.

Pagamento somente dinheiro na bilheteria.
Entrada gratuita às terças e diariamente, das 18h às 19h

📍 Onde fica:

Praça Coronel Eugênio Franco, 1 – Posto 6 – Copacabana, Rio de Janeiro

 

Quer saber mais sobre o assunto? Tem alguma dúvida? Deixa aqui nos comentários que eu vou ter o maior prazer em responder.

Também te convido a curtir minhas redes sociais para não perder nenhuma dica.

Instagram  | YouTube |  Facebook | Pinterest

 

 

Links Relacionados