Escolha uma Página

Quem vai visitar qualquer cidade chilena já se encanta em qualquer época do ano. No inverno, fica ainda melhor, pois existem várias opções bacanas para esquiar no Chile, com estações e resorts para todos os gostos.

Imagine descer uma montanha coberta de neve, a mais de 3 mil metros de altura e sob um frio congelante, tudo isso cercado de paisagens magníficas? Maravilhoso, né? Mas você deve estar se perguntando se esquiar no Chile é uma opção possível para o bolso!

Neste post, vamos mostrar o que cada estação de esqui no Chile tem de melhor e também vamos dar uma ideia de preço, quando abre e quando se encerra a temporada, enfim, tudo completinho para que você possa se planejar com antecedência e ter ótimas férias de inverno.

VEJA TAMBÉM: ROTEIRO DE 4 DIAS EM SANTIAGO

O primeiro ponto que você precisa analisar para poder esquiar no Chile de forma prática e viável é considerar a localização do resort. Algumas estações ficam relativamente próximas a Santiago, como é o caso de Valle Nevado, uma das mais famosas da América do Sul. Outras ficam um pouco mais distantes da capital chilena, como é o caso de Termas de Chillán.

Confira as principais opções.

Onde esquiar no Chile

1. Valle Nevado

onde-esquiar-no-chile-valle-nevado

Onde esquiar no Chile: Valle Nevado, a 60 quilômetros de Santiago, é uma das principais opções (Foto: Divulgação)

A apenas 60 quilômetros de Santiago, o Valle Nevado possui 45 pistas para esqui e snowboard, de diferentes níveis, além de teleféricos, lojas, bares, restaurantes e três hotéis.

Máquinas de neve artificial garantem a temporada, mesmo que não haja volume suficiente de neve natural. Outra vantagem é que possui instrutores que falam português e equipamentos de esqui e de snowboard para locação.

Quando começa a temporada no Valle Nevado: meados de junho a final de setembro

 

Portillo

onde-esquiar-no-chile-portillo

Hóspede de Portillo admira a paisagem na piscina aquecida (Foto: Divulgação)


A tradicional estação de esqui Portillo, nos Andes chilenos, fica a duas horas de Santiago. A estação é supertranquila, sem muita agitação, e também ótima para ir com crianças. A Laguna del Inca é um dos principais cartões-postais da estação de esqui de Portillo. Hóspedes podem admirar a paisagem desde uma área com piscinas aquecidas.

La Parva
Na Cordilheira, a estação de La Parva também é uma opção próxima à capital, Santiago. Na verdade, trata-se de uma espécie de condomínio de casas e apartamentos para alugar, junto a uma infraestrutura para esquiar. No local, os hóspedes contam com 30 pistas. Dá para praticar snowboard e heli-esqui também.

onde-esquiar-no-chile-laparva

Com boa infraestrutura, La Parva também é uma opção próxima a Santiago (Foto: Divulgação)

El Colorado
El Colorado é a estação de esqui mais próxima de Santiago, a apenas 39 quilômetros. situado na Cordilheira dos Andes. O local conta com 22 pistas: 11 para iniciantes, 4 intermédias, 3 avançadas e 4 para profissionais. A pista mais longa tem 4,3 kms e todas contam com equipamentos mecanizados. A infraestrutura tem ainda dois teleféricos duplos, três teleféricos triplos e dois para crianças.

Termas de Chillán

onde-esquiar-no-chile-termasdechillan

Com 28 pistas, Termas de Chillán conta com hotéis e boa estrutura (Foto: Divulgação)

O centro de esqui Termas de Chillán possui uma excelente qualidade de neve, além de estar rodeado por floresta nativa e hotéis com serviços de spa, piscinas de águas termais, restaurantes, e campo de golfe. Com 28 pistas de esqui, inclusive com instrutores, também é possível fazer mergulhos em águas naturais vulcânicas, com temperaturas variando entre 27°C e 65°C.

Veja também:
Onde comer em Santiago
Onde ficar em Santiago
Conheça o parque de Torres del Paine